Guia do Tio Nitro de como mestrar RPG Online – Parte 1 [NitroDungeon – Dicas de Mestre]

Nessa primeira parte vou abordar o que é o RPG online, que ferramentas usar, como encontrar grupos de RPG online, como agendar uma sessão e como organizar os jogadores e suas fichas de personagens.

Com base na minha experiência no 1º EVRPG (Encontro Virtual de RPG) de 2009, resolvi compartilhar algumas conclusões que tive depois de mestrar minhas aventuras  no evento. As aventuras tiveram duração de 5 horas (!!!) no sábado (D&D 4e) e de 5 horas no domingo (Novo Mundo das Trevas – Sistema Storytelling).

 

"Computador para jogar Castelo Falkenstein online!"
"Computador para jogar Castelo Falkenstein online!"

COMO SE MESTRA E SE JOGA RPG ONLINE?

RPG online nada mais é que usar as ferramentas disponíveis da Internerd para jogar e mestrar o tradicional RPG de mesa. O próprio meio utilizado muda algumas coisas, porém a essência básica do RPG online é a mesma do RPG de mesa: você tem um narrador/mestre e jogadores criando coletivamente uma história, com os jogadores interpretando os personagens principais e o narrador/mestre interpretando os personagens coadjuvantes, e todos realizando as ações dos personagens da história por meio de algumas regras, que podem envolver rolagem de dados ou não.

Ao invés do mestre e dos jogadores se encontrarem fisicamente ao redor de uma mesa, eles marcam de se encontrarem online, usando as mais diversas ferramentas, que podem ser programas específicos gratuitos como o iRPG do RPG Online, o RPG Tools entre outros, ou programas comerciais como o Fantasy Grounds. Nesses casos, tanto o mestre quanto os jogadores precisam baixar e instalar os programas para poderem jogar online. Os programas funcionam como salas de chat com muitos recursos, como rolamento de dados, fichas online e no caso do RPGTools e do Fantasy Grounds, suporte para mapas, entre outras coisas. Uma nova ferramenta brasileira e gratuita é o RPG Firecast, que pode ser baixado nesse link.Todos esses programas possuem comandos para se rolarem dados online.

O iRPG do RPG online pode ser baixado nesse link, e possui um manual nesse link. Para usar você precisa se cadastrar nesse link.

Também pode se usar sites online com chats e sistema de rolamentos de dados e de fichas, como o site brasileiro Taulukko. No caso de sites como o Taulukko, os jogadores e o mestre não precisam baixar nada, basta irem ao site e entrarem na sala da aventura de RPG que irão jogar. O Taulukko não tem suporte a mapas, mas no meu caso, eu uso o Google Docs para criar os grids e fazer a movimentação dos personagens, ideal para jogos de D&D 4e e 3.X. 

Para se jogar no Taulukko, o mestre e os jogadores devem se cadastrar nesse link. Existe um tutorial para o site nesse link, e dicas para mestrar online nesse link.

Pode-se jogar online usando serviços como o MSN, o Skype, entre outros, inclusive combinando esses sistemas de mensagens com sites e programas especializados em RPG online. Existem mestres que gostam de narrar oralmente as campanhas online usando o Skype, por exemplo.

 

COMO ENCONTRAR JOGADORES E MESTRES PARA SESSÕES DE RPG ONLINE

Se você não possui jogadores ou mestres, procure fóruns de sites RPG como o do RPG Online , ou comunidades no Orkut como a de D&D 4e ou a comunidade do RPG Online . Nesses locais você pode encontrar mestres atrás de jogadores ou anunciar o seu desejo de mestrar ou jogar RPG via internerd.

"Ela pode ser sua futura jogadora ou mestra de RPG online!"
"Ela pode ser sua futura jogadora ou mestra de RPG online!"

Sistemas mais populares tendem a ter mais mestres e jogadores dispostos a jogar online, porém usando o Orkut ou sites e blogs específicos de sistemas menos conhecidos ou jogados, você pode entrar em contato com outros jogadores e mestres. Sempre se encontra mestres e jogadores que pararam de jogar seu sistema ou ambientação favoritos por falta de pessoas interessadas. A internet ajuda muito nesse caso, pois a distância geográfica não se torna um problema. Na minha aventura de Novo Mundo das Trevas no EVRPG, por exemplo, tive um jogador que mora no Chile e que não tinha jogado RPG a mais de oito anos! Foi muito legal e pode ser uma maneira de manter o nosso querido hobby vivo e adaptado a este mundo cada vez mais conectado e digital.

ORGANIZANDO UMA SESSÃO DE RPG ONLINE

Os participantes primeiro tem que entrar em contato entre si, muitas vezes por email, e definir as seguintes coisas:

1. Quem irá participar, qual é o sistema utilizado e como elaborarão as fichas dos personagens.

2. Qual tipo de serviço ou programa que irão utilizar.

3. A data e a hora da sessão de RPG.


PREPARANDO OS JOGADORES PARA A SESSÃO ONLINE

Existem várias formas de se preparar para uma aventura online e que são semelhantes às das aventuras de mesa. Você pode apenas combinar de reunir os jogadores e montar as fichas na hora mesmo. Eu prefiro preparar tudo antes, para maximizar o tempo online. O ideal, para mim, é começar a sessão online com tudo pronto, com as fichas prontas, históricos, e a aventura “nos trinques”. Para isso, antes da sessão online, você poderia seguir estas sugestões:

1. Entre em contato com os jogadores por email.

O email é a melhor ferramenta para o mestre de RPGs online. Você pode enviar um pequeno texto com a ambientação que você vai usar, o clima da aventura, e os tipos de personagens que você imagina para a aventura. Principalmente para jogadores iniciantes, uma orientação do mestre ajuda muito na concepção de um personagem. Para iniciantes você pode dar exemplos de personagens de filmes, etc.

Aproveite a possibilidade de enviar imagens da ambientação que você escolheu e até imagens de personagens do seu mundo de fantasia. Elementos de mistério da trama também podem ser colocados nesse email inicial, para atiçar a curiosidade dos jogadores e inspirá-los na criação dos personagens.

2. Peça aos jogadores, por email, para criarem seus personagens.

Se os jogadores desconhecem o sistema, não tem tempo ou são iniciantes, peça apenas uma descrição genérica do personagem, sem estatísticas, apenas em termos narrativos. O mestre pode então, criar o personagem dentro da descrição do jogador. Jogadores experientes preferem criar seus personagens, nesse caso peça para eles enviarem para sua revisão e aprovação. Você também pode pedir aos jogadores que enviem imagens dos seus personagens, que podem ser encontradas na internet. Uma excelente fonte é o site Deviant  Art.

 

"Imagem do Deviant Art - Personagens de RPG - Adam Warren"
"Imagem do Deviant Art - Personagens de RPG - Adam Warren"

Eu costumo pedir um histórico genérico para meus jogadores e digo a eles que irei alterar o histórico para encaixar dentro da ambientação e da aventura que irei narrar. Assim você pode trabalhar as motivações dos personagens, o que facilita mestrar uma aventura. Personagens motivados e com fortes razões para participarem da aventura facilitam muito o trabalho do mestre.

3. Prepare um histórico do grupo de aventureiros, de como eles se conhecem, ou o que os levam a irem a um local específico, onde se iniciará a aventura.

Um dos detalhes que diferencia o RPG Online do de mesa, é que os eventos tendem a andar muito mais devagar do que o RPG “real time”, em uma média de 3x mais lento. Ou seja, o que leva uma sessão de 4 horas no de mesa, levariam cerca de três sessões online.

Se for relevante para sua aventura, você poderia criar uma narrativa mostrando como os PJs se encontraram antes da aventura ou porque estão indo para determinado local. Nesse caso você poderia enviar um pequeno texto narrando e unindo os personagens e criando as motivações para sua aventura. Você também poderia pedir aos jogadores que participem desse histórico, colocando suas idéias e sugestões. O legal é que nesse caso seria como se a sessão já tivesse começado, e você pode trabalhar e ajudar os jogadores a entenderem e a se identificarem com seus personagens.

"Outra imagem do Devinat art - Elfa Patrulheira - Kerembeyit"
"Outra imagem do Devinat art - Elfa Patrulheira - Kerembeyit"

4. Organize as Fichas de Personagem dos Jogadores

Dependendo da ferramenta, você tem várias maneiras de organizar as fichas dos personagens.

No iRPG por exemplo, você tem um área dentro da sala de chat de RPG para colocar as fichas dos jogadores, e até mesmo dos seus PdMs. Essas são fichas simples, que devem ser feitas em formato texto (.TXT) programas como Bloco de Notas ou no Word mesmo.

No Taulukko, existe uma ficha/formulário que pode ser completada online, uma genérica e algumas específicas para certos sistemas, como D&D 3.X e 3D&T , por exemplo.

No meu caso, eu uso fichas de PDF completáveis e salváveis (com o uso do Adobe Reader 9), como as que eu fiz para D&D 4e e Storytelling. Eu monto os personagens dos jogadores (os experientes me enviam os dados por email e para os iniciantes eu mesmo monto as estatísticas), completo a ficha e gero um PDF (pode se usar o PDF creator, por exemplo, que é uma espécie de impressora de PDF, você cria o PDF “imprimindo” e salvando no seu computador). Com as fichas prontas, eu envio para os jogadores via email e recomendo a eles que imprimam e as usem como uma ficha normal de jogo. Isso poupa o computador dos jogadores (no caso de jogadores com computadores com pouca RAM ou lotados de programas) e facilita na hora do jogo.

"Fichas Impressas dos Personagens para consulta durante o RPG Online!"
"Fichas Impressas dos Personagens para consulta durante o RPG Online!"

Os jogadores também poderiam preencher sozinhos suas fichas, copiando as estatísticas aprovadas pelo mestre através do email.

Para mim, o importante é que o mestre tenha acesso às fichas dos jogadores durante o jogo. Isso acelera as ações, principalmente com iniciantes, pois o mestre pode ter as fichas à mão e falar apenas o que o jogador deve rolar. Na minha experiência funcionou muito bem, tive mais controle do jogo.  Sem aquele contato físico do RPG de mesa, o acesso direto do mestre às fichas dos jogadores ajuda a dinamizar o jogo, fazendo com que o foco fique mais na ação e na interpretação do que nas regras e picuinhas.

***********************

Na próxima parte, vou abordar a parte de elaboração e adaptação de aventuras de RPG para serem mestradas online, as peculiaridades do RPG online e suas diferenças para o RPG de mesa,minhas regras para o chat, como símbolos especiais para falar interpretando o personagem e para falar diretamente com o mestre, fora do personagem e finalmente, de como usar o Google Docs para criar mapas de combate interativos para sessões de D&D 3.X e 4e!

*************************

Outros Artigos

46 comentários

  1. Muito bom!!! To conhecendo agora o site e com certeza vai ajudar na minha tentativa de voltar ao mundo do RPG, muito obrigado.

  2. Valeu pelos comments pessoal!

    @Raphael : Na segunda parte vai ter esse tutorial que vc quer! :)

  3. @Tio Nitro: Realmente, não precisar instalar nada é uma vantagem muito grande. Acho que é possivel jogar uma boa sessão usando essa ferramenta com o Skype. Mal posso esperar pra tentar jogar/mestrar minha primeira partida online.

    Sem querer pedir demais, tem como fazer um tutorial de como usar o Googledocs pra jogar online?

    Abraço e estou no aguardo.

  4. Muito bom o artigo, principalmente para aqueles que não possuem a menor experiência em RPG Online, como eu :)

    Abrçs e Bons Jogos.

  5. @Rahael: No googledocs vc tem que recriar o mapa, não dá para usar o mapa original. Mas funciona e tem a vantagem de ninguém precisar baixar e instalar nada no computador.

    @Nordestinus: O seu artigo é excelente! Cliquem no link galera! :)

  6. Tio Nitro, nota 10 esse artigo!

    Estou na expectativa de como usar o googledocs com os grids, isso vai facilitar muito para os jogadores e para o mestre. Será que tem como usar os mapas prontos de D&D miniaturas, como no Vassal?

    Abraço.

  7. @Antônio: Vou mencionar isso na segunda parte! :)

    @Alysson: Beleza! Vou dar uma testada no RPGFirecast e posto aqui no blog! :)

  8. Valeu, newton pela ajuda da divulgação da nova ferramenta de RPG Online.

    Ótimo artigo, gostei. Você me deu uma idéia boa kra. Lembra ai q vc falou ter a ficha em mãos, q usa PDF e tal? o RRPG Firecast tem como o proprio jogador (se souber um minimo de programação) a criar seus proprios modelos de fichas (Ficha de D&D, Vampiros, etc, ou algum sistema personalizado)… Mas vc falou de ter fichas em maos, veio a idéia de no proprio modelo ter a opção Imprimir. Ai imprimi a ficha =).

    Queria entrar na concorrencia dos programas de RPG online para melhorar o RPG online!!!

    Concorrencia saudável, igual AMD x Intel. Este tipo de concorrencia quem ganha é o RPG! =)

  9. E o Notwen aparece! \o/

    Tio não esqueça de ensinar aos seus jogadores para não irem ao banheiro durante o jogo com o som do computador ligado último volume.

    Eles podem achar que a terceira guerra está começando! hehehe

  10. Valeu Anand, ia botar o link na segunda parte! :)

    Valeu Edy! Na segunda parte eu vou falar do grid no googledocs, ruleia demais!

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s