Coleção História Moderna – A Era da Revolução 1789-1848, A Era do Capital, 1848-1875, A Era do Império 1875-1914 e A Era dos Extremos 1914 – 1991 de Eric J. Hobsbawm | Uma informativa Análise Histórica e Eurocêntrica dos processos econômicos, sociais e políticos que forjaram o Mundo Comtemporâneo! | Nota 4.5 em 5 | NITROLEITURAS #dicadelivro

Como estou no meio da escrita do Steam Runnerz RPG, um século 19 alternativo pós-colonialista, onde as maiores potências mundiais são o Império Brasileiro, o Império Indiano e a União Africana, senti a necessidade de aprofundar mais na história do nosso século 18 e 19.

E nada melhor do que essa coleção maravilhosa de Erick Hobsbawn, que já estava na minha lista de leitura por vários anos! Seguem abaixo as minhas impressões de cada um desses livros!

The Age of Revolution, 1789-1848 (Modern History #1), por Eric J. Hobsbawm | 356 pgs, Vintage, 1996 (1ed. 1962) | Lido de 07/11/21 a 10/11/21 | Nota 4.0 em 5 |

The Age of Capital, 1848-1875 (Modern History #2), por Eric J. Hobsbawm | 354 pgs, Vintage, 1996 (1ed. 1975) | Lido de 11/11/21 a 16/11/21 | Nota 4.0 em 5 |

The Age of Empire, 1875-1914 (Modern History #3), por Eric J. Hobsbawm | 400 pgs, Vintage, 1996 (1ed. 1987) | Lido de 17/11/21 a 30/11/21 | Nota 4.0 em 5 |

The Age of Extremes, 1914-1991 (Modern History #4), por Eric J. Hobsbawm | 627 pgs, Vintage, 1996 (1ed. 1992) | Lido de 01/12/21 a 10/11/21 | Nota 4.0 em 5 |

SINOPSE

A história épica de quatro volumes de Eric Hobsbawm do mundo moderno, junto com The Age of Capitalism, The Age of Empire e The Age of Extremes.

RESENHA

O primeiro volume dessa coleção fantástica do Eric Hobsbawm, que, com uma linguagem acessível, faz uma análise dos grandes períodos da história contemporânea, a partir de 1789.

Hobsbawm desconstrói as hipóteses de “grande homem” da história, redirecionando o foco de sua análise histórica para os importantes processos sociológicos e materiais subjacentes. Ao invés de contar contar a história pelo ponto de vista dos estados-nação, da guerra e dos indivíduos importantes que “fizeram a diferença”, ele busca seguir os passos do dinheiro, o poder, a ciência, a tecnologia, a política, os meios de produção e a dinâmica geopolítica.

Na Era das Revoluções, ele apresenta a história em termos dos avanços na ciência e tecnologia, da industrialização, das priemiras migrações dos pobres da vida rural para a urbana e das revoltas populares subsequentes.

Ele aborda a transição traumática e conflituosa do feudalismo para o capitalismo colonialista, vendo esse período como fruto das duplas revoluções, a Revolução Francesa e a Revolução Industrial.

Hobsbawm, ao mesmo tempo que descreve os grandes fatos históricos, ele sempre os entrelaça com a história das sociedades, do campesinato rural, dos pobres urbanos, da classe trabalhadora, da classe média aspirante e da pequena nobreza endinheirada. O foco em sua obra é mostrar a interdependência dos fatos históricos com as realidades e mudanças econômicas, sociais e políticas.

O interessante da Era da Revolução é mostrar que o capitalismo, desde os seus começos, teve um contraponto, seja nos pontos de vista socialistas e até anarquistas, mais desenvolvidos no período seguinte.

Na Era do Capital , que cobre o período depois de 1848 até 1875, Hobsbawn descreve o momento histórico em que o Capitalismo conquistou o mundo, logo após o fracasso de uma onda revolucionária de tendência socialista em 1848, até as primeiras crises das economias industrializadas do mundo durante a década de 1870.

Esse é o “período de ouro” do crescimento das nações Européias industrializadas no século 19, crescimento que também foi visto na América do Norte e a algumas partes do Japão, da China e em alguns poucos locais da América do Sul. É o momento onde a ideologia liberal-iluminista da nova burguesia passou a se espalhar pelo mundo, se tornando a mais importante força cultural e econômica de meados do século 19, entre as metrópoles européias suas colônias, e nos Estados Unidos.

A Era do Capital descreve como o efeito da Revolução Industrial Inglesa e a Revolução Francesa, e o subsequente desevolvimento do Capitalismo, impactou e mudou a sociedade em todos os seus campos, seja na educação, cultura, economia, arquitetura, artes, etc; efeitos que ainda são sentidos em nossos dias.

A Era do Império exige que o leitor tenha já um conhecimento básico dos principais eventos do turbulento período entre 1875 a 1814, pois Hobsbawn não segue necessáriamente uma ordem cronológica. Sua abordagem é mais crítica e focada nas forças políticas, econômicas e culturais que moldam os eventos históricos.

O livro descreve a ascenção e a decadência do período do famigerado Imperalismo Europeu, onde, motivado pelo crescimento explosivo do Capitalismo, alimentado pela exploração colonial, as nações européias “dobraram a aposta” e passaram a competir entre si em busca de novas colônias para exploração e em séria competição entre si, gerando uma série de desenvolvimentos que fatalmente desencadearam a Primeira Guerra Mundial.

É um período que começa a “aceleração”, a série de mudanças histórias sucessivas, em uma velocidade que só fez aumentar no período seguinte, a Era dos Extremos.

Com a Grã-Bretanha perdendo o status de principal fabricante de manufaturados do mundo por causa do crescimento massivo de países como Alemanha, França e, em menor medida, a Rússia, acabou levando a um enorme acúmulo de armas devido ao aço e produção em massa de armamento, e a eventual conquista do território pelo qual todas as potências europeias estavam competindo.

A disputa por mercados e terras coloniais no final do século 19 e início do século 20 levou a um conflito mundial, enquanto tensões de classe e revoltas inspiradas por organizações socialistas e anarquistas aumentavam a instabilidade política, e causavam a reação de forças nacionalistas e “patrióticas”, que abraçaram com ‘entusiasmo’ e patriotismo, a ‘guerra para acabar com todas as guerras’, sem saber do tamanho da devastação que se espalharia pela Europa com a Primeira Guerra Mundial.

Foi um período também transformados nas relações sociais; das revoluções artísticas até a emancipação das mulheres no movimento sufragista inglês, inicialmente. Avanços imensos na educação, no desenvolvimento da filosofia e das ciências sociais e ciências naturais, com o Darwinismo, por exemplo.

A tragédia da Belle Époque, o final do século 19 que anunciava um alvorecer de uma utopia burguesa, serviu para criar as bases industriais para a manufatura armas e máquinas de guerra capazes de matar seres humanos em massa em escala industrial, como os vinte milhões de mortos na Primeira Guerra Mundial, mostram, na visão de Hobsbawm, as contradições e o lado sombrio do Capitalismo do final do século 19.

A coleção termina com Era dos Extremos, que continua o estilo de Hobsbawm de relatar a história contemporânea através de pontos de vistas diferentes e colocando-os juntos para se complementarem em uma sobreposição exaustiva de diferentes descrições que incorporam noções aparentemente contraditórias.

Ao tratar do “curto século 20”, Hobsbawn segue a tese de que os grandes conflitos de ideologias do século XX, o fascismo, o comunismo, o liberalismo-econômico, o populismo, a social-democracia, as forças ideológicas de direita, de centro e de esquerda, o progressivismo e o conservadorismo, o fundamentalismo religioso, entre outras, tem progressivamente perdendo o terreno, pelo menos nos países ditos desenvolvidos, à uma individualismo pervasivo e uma teocracia do mercado.

Sua visão é bem pragmática e crítica desse período, analisando os diversos aspectos desses combates ideológicos, apontando os vencedores e os perdedores da Guerra Fria, e descrevendo os processos econômicos, sociais e político por trás dos grandes eventos históricos desse período.

Hobsbawn conclui o seu livro dizendo que esse crescente individualismo e essa inabalável teocracia do mercado foram as principais forças do maior progresso material, tecnológico e científico jamais visto na história da humanidade. Porém a um custo altíssimo, evidente ns falhas e contradições nessas forças, responsáveis pela crescente inequalidade econômica, uma infinidades de problemas sociais e tensões, a progressiva destruição do meio-ambiente em nome de uma ideologia de crescimento desenfreado.

No capítulo final de A Era dos Extremos, Hobsbawn explica como o colapso dos “anos dourados”, os anos que se seguiram à 2ª Guerra Mundial que viram um crescimento econômico e uma prosperidade sem precedentes, tanto no lado capitalista quanto socialista do mundo (onde esse “boom” terminou já no final dos anos 60), que influenciou todo o restante do “curto século 20”, até o fim da União Soviética e o início de uma Nova Ordem Mundial com os EUA como a única super-potência.

A partir da década de 1970, inicia-se a “Era das Crises”, com a economia mundial nunca mais retornando para a mesma escala de crescimento dos anos 50 e 60. E no final de 1991, o ano em que ele termina o livro, apesar do colapso da União Soviética representasse uma “vitória” para as economias de livre mercado e a estagnação das economias planejadas pelo Estado, Hobsbawm faz previsões sobre os nossos problemas econômicos do século 21, as cada vez mais frequentes recessões econômicas, elementos inerentes às economias de livre mercado. Outro ponto interessante é sua afirmação, ainda em 1991, que o debate sobre o papel do Estado na economia, o grau de influência e interferência no mercado, ainda persistiria, apesar da “ilusória” vitória do neoliberalismo com a dissolução da União Soviética.

Uma coleção de livros espetacular, que certamente lerei novamente no futuro! Recomendadíssimo!

Newton Nitro 09/12/21

CONTATO
prof.newtonrocha@gmail.com
https://linktr.ee/newtonnitro


CONTATO

prof.newtonrocha@gmail.com
https://linktr.ee/newtonnitro


CONHEÇA O CENÁRIO LEGIÃO – A ERA DA DESOLAÇÃO RPG

Meu Cenário de Campanha para jogos de Fantasia Medieval Sombria, escrito em conjunto com Antônio Sá Neto!

Legiao

Conheça mais sobre LEGIÃO no link abaixo:

https://newtonrocha.wordpress.com/legiao/

SE VOCÊ CURTE O MEU TRABALHO, COMPRE O MEU LIVRO DE RPG! 👍 😊

LEGIÃO: A ERA DA DESOLAÇÃO
Cenário de RPG de Fantasia Sombria escrito por Antônio Sá Neto e Newton Nitro | Adquira o seu na Loja da Buró Brasil!

Compre o PDF – SÓ 20,00 (400 páginas coloridas com arte maravilhosa!) no site Dungeonist.
https://www.dungeonist.com/marketplace/product/legiao/

Compre a Caixa do Legião RPG, vem com Mapa Gigante + Livro Colorido de 400 páginas de lore + Acessórios Diversos (Truco do Corsário, Fichas de Doenças, Calendário, Moedas de Kadur, Mapa de Andruiler, Transparência de Luminosidade etc): PREÇO: 150,00
https://loja.burobrasil.com/
Instagram: @burobrasil

NITROCAST – Podcast de DICAS DE RPG e SESSÕES DE RPG GRAVADAS!

ESCRITACAST – Podcast de Dicas para Escritores, com Carlos Rocha


NEWTON NITRO SITES

NITROBLOG YOUTUBE – Resenhas,Dicas de RPG e Dicas para Escritores:: https://www.youtube.com/user/newtonrocha

NITRODUNGEON RPG BLOG: Dicas de RPG, Aventuras, e Sistemas de RPG para Download https://newtonrocha.wordpress.com/

NITROBLOG: Resenhas Literárias, Dicas para Escritores, Contos e Livros para Download, Leitura Crítica
https://tionitroblog.wordpress.com/

NEWTON NITRO INSTAGRAM: Dicas de RPG e para Escritores https://www.instagram.com/newtonnitro/

NEWTON NITRO TWITTER: Dicas de RPG e Dicas para Escritores https://twitter.com/tionitro

NITROCAST: Dicas de RPG e Dicas para Escritores: https://nitrocastpodcast.wordpress.com/

NITROCAST INTERNET ARCHIVE: Site com TODOS as NitroSessions, NitroCasts e Nitroblogs para baixar!
https://archive.org/details/nitrocast


CURSO MELHORE SEU INGLÊS – Teacher Érika e Teacher Newton

FAZEMOS VOCÊ FALAR INGLÊS EM TEMPO RECORDE!

Aulas de Inglês PERSONALIZADAS e INDIVIDUAIS por Skype, Google Meet ou WHATSAPP!

FAÇA UMA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA
CONTATO
prof.newtonrocha@gmail.com ou no whatsapp (31) 99143-7388.


PREÇOS ACESSÍVEIS!

CARTAO FINAL

As recomendações e depoimentos de vários dos nossos alunos podem serem lidos nesse link:
https://goo.gl/6vreb2


Conheça e se inscreva nos nos canais do MELHORE SEU INGLÊS – ÉRIKA E NEWTON para DICAS DIÁRIAS E VIDEO AULAS DE INGLÊS!

► Youtube: http://www.youtube.com/c/erikaenewtoninglesporskypebh

► Melhore Seu Inglês BLOG: https://melhoreseuingles.wordpress.com/

► Facebook: https://www.facebook.com/erikaenewton

► Instagram: https://www.instagram.com/melhoreseuingles

► Melhore Seu Inglês Podcast: https://melhoreseuinglespodcast.wordpress.com

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s