VIDEO SESSÃO DE RPG | O Horror de Anúbis – REPARTIÇÃO PARANORMAL 5 | Sistema 2d6World PbtA | Monstro da Semana RPG | NITROSESSIONS 41

Neste NITROSESSIONS, video-sessões gravadas de RPG do Tio Nitro, jogamos “O Horror de Anúbis”, o episódio final da última temporada de Repartição Paranormal, que encerra por enquanto a saga de Latifa (Guardiã Imortal de Osíris), Serjão (Licantropo Onça do Mato Grosso) e Janis (Maga e Punk Motoqueira Caçadora de Monstros) “Trevas no Egito”.

A Campanha Repartição Paranormal foi mestrada no meu Sistema Customizável e Narrativista 2d6World PbtA (Powered by the Apocalypse), adaptado para o jogo de RPG PbtA Monstro da Semana.

AUDIO

VIDEO

DOWNLOAD DO MP3 DA SESSÃO DE RPG

DOWNLOAD DO MONSTRO DA SEMANA RPG 

http://tinyurl.com/y3pthqcl

COMPRE O LIVRO FÍSICO – EDIÇÃO BRASILEIRA

http://tinyurl.com/yxgu8p5h

SITE OFICIAL DO MONSTRO DA SEMANA RPG – BRASIL

https://monstrodasemana.wordpress.com

SITE OFICIAL DO MONSTER-OF-THE-WEEK RPG – INTERNACIONAL

https://genericgames.co.nz/

COMPRE MONSTER-OF-THE-WEEK RPG

http://tinyurl.com/y6kdf8u9

JOGADORES E PERSONAGENS:

Latifa (Érika de Pádua) – Guardiã Imortal de Osiris

Janis (Luiza Waski) – Caçadora de Monstros Anarquista

Serjão (Tierry Waski) – Caçador de Monstros Transmorfo de Onça

LINKS CITADOS:

Arquearia OLD SKULL do Tierry e da Luíza

https://www.facebook.com/oldskullarchery/

Podcast FÚRIA IMORTAL

NITROCAST – Podcast de DICAS DE RPG e SESSÕES DE RPG GRAVADAS!

PLAYLIST DA CAMPANHA REPARTIÇÃO PARANORMAL


SOBRE O JOGO

Monstro da Semana é um jogo de RPG de horror e sobrenatural criado por Michael Sands. Neste jogo os heróis não são meros caçadores de monstros, eles são lendários e notórios como os protagonistas dos seriados de TV. 

É um jogo onde se cria coletivamente aventuras como as de Buffy, ou viaje pelo país destruindo monstros como os irmãos Winchester de Supernatural, descubra a verdade como os agentes Mulder e Scully de Arquivo X, ou persiga os perigos e mistérios onde que quer estejam como o doutor de Doctor Who.

O sistema do Monstro da Semana é um  Powered by the Apocalypse (PbtA). Esse é o nome do sistema desenvolvido para o jogo de 2010 Apocalypse World, este sistema também foi usado em Monstro da Semana, Dungeon World, Monsterhearts e vários outros RPGs. Apocalypse World ganhou o 2010 Indie RPG Awards na categoria Most Innovative Game.


O SISTEMA DE REGRAS 2D6WORLD

Sistema de RPG 2d6WORLD – Regras Customizáveis para Criação de Jogos Narrativos Powered by the Apocalypse #2d6world #pbta #rpgbrasil #guia2d6world #steamrunnerz

Sistema 2d6World foi criado com o objetivo de ser um conjunto de regras customizáveis para a criação de jogos com foco na Ficção e de fácil assimilação pelos jogadores, e também de ser de fácil customização feita pelo Mestre do Jogo para a aventura que ele quer mestrar. O Sistema 2d6WORLD é LIVRE, ABERTO e GRATUITO e liberado sob uma licença Creative Commons 4.0!

Para uma versão atualizada continuamente clique no link abaixo:

BAIXE O PDF DO 2D6WORLD – VERSÃO ALFA 1.2 (11/12/2019) NO GOOGLE DRIVE

Versão Alpha 1.0 do POCKET 2D6WORLD, uma Versão MINIMALISTA do Sistema Customizável Narrativista 2d6World, que, de tão pequena, cabe em um guardanapo! 4 PÁGINAS SÓ!

BAIXE O PDF DO POCKET 2D6WORLD NO GOOGLE DRIVE


CAMPANHA REPARTIÇÃO PARANORMAL

A campanha se passa no Brasil, 1963 Presidente João Goulard, rock´n´roll, Guerra Fria, MPB, Chico Burque, Clube da Esquina, início da rebeldia dos jovens, idealismo, país passando por mudanças rápidas.

Os heróis pertencem ao Centro de Combate de Ameaças de Toda e Qualquer Natureza, abreviado como CCA e conhecido como a Repartição Paranormal. É um instituição secreta e pública brasileira, criada por Getúlio Vargas para lidar com ameaças e fenômenos sobrenaturais. Entretanto, a Repartição Paranormal acabou sendo esquecida pelo Governo Federal e sofre com falta de recursos.

A Repartição Paranormal possui seus escritórios no subsolo do Tribunal de Contas de Blumenau e possui apenas um funcionário, o Gervásio, motorista e faz-tudo na Repartição, além de ser um plantador de milho e fazedor de broa, nas horas vagas, a fim de sustentar sua mulher e seus quatro filhos.


SESSÕES ANTERIORES

Episódio 1 – Esgotando o Prazo

Episódio 2 – Fadas Assassinas

Episódio 3 – A Segunda Caixa de Pandora

Episódio 4 – Trevas no Egito 

Episódio 5 – O Horror de Anúbis


Personagens:

personagens


Latifa (Érika de Pádua) – Guardiã Imortal de Osiris

Uma Guardiã de Osirís, egípcia, nascida em 1.237 A.C., foi transformada em uma Imortal pelo deus Osíris, em sua luta eterna contra seu irmão Set e sua irmã Bastet. Ela vive pela terra lutando contra as forças sobrenaturais que ameaçam a humanidade, principalmente os monstros enviados por Set e seu Guardião, Amonéfis

Ao chegar ao Brasil em 1889, Latifa, depois de trabalhar sozinha por muito tempo, aceitou o convite do presidente Getúlio Vargas em criar o Centro de Combate de Ameaças de Toda e Qualquer Natureza, abreviado como CCA e conhecido como a Repartição Paranormal.

Como recrutadora do CCA, ela viu a instituição cair no esquecimento ao longo das duas décadas de sua existência, culminando com a simples repartição que possui no subsolo do Tribunal de Contas de Blumenau.


Janis (Luiza Waski) – Caçadora de Monstros Rockeira Anarquista

Janis pertence a uma família antiga de Caçadores de Monstros. Treinada por seu avô a contragosto de seus pais, Janis passou a infância se familiarizando e caçando ameaças sobrenaturais com seu avô. Depois da morte dele, ela herdou seu enorme Livro de Monstros. Motoqueira, rebelde, ela se recusou a seguir o que sua família queria e passou a caçar monstros por conta própria, até ser recrutada por Latifa para a Repartição Paranormal e trabalhar para o CCA.


Serjão (Tierry Waski) – Caçador de Monstros Transmorfo de Onça. 

Serjão Berranteiro, mais conhecido como matador de onça (é a verdade, ele não mente), é um vaqueiro e rapaz rebelde (segundo o próprio) morador do município de Trindade, em Goiás que trabalhava em rodeios, firme e forte, para o seu berrante tocar. 

Apesar do que dizer os rumores, Serjão mata onça mesmo e tem coragem, mas evita falar sobre isso.

Uma bela noite, ele perseguiu uma estranha onça que, quando ele tentou matá-la, se transformou em um monstro humanóide, um transmorfo-onça, que o feriu.

Janis surgiu e matou o transmorfo-onça, salvando Serjão, porém, o vaqueiro acabou contraindo a maldição transmorfa. P

Para aprender a lidar com seu lado monstruoso, Serjão acabou aceitando ser recrutado por Latifa e entrar para a Repartição Paranormal e trabalhar para o CCA.


REPORTE DE SESSÃO

Repartição Paranormal 5 – O HORROR DE ANÚBIS

Data: 17-06-20
Aventura: Repartição Paranormal
Local: Blumenau
Jogo: Monstro da Semana
Sistema: 2d6World
Tempo de Jogo: 3 horas e meia.

Latifa, Janis e Serão estão na Mansão de Amenófis, logo depois de enfrentarem Pandora e seus Bestiais.

Pandora explica para os três que Amenófis partiu do presente, por meio de um dos portais do tempo espalhados por sua mansão.

Ela pede para os três recuperarem a Segunda Caixa de Pandora, pois Amenófis foi ao passado para tentar encontrar Latifa e convencê-la a falar a frase mágica que abre a caixa.

Dentro da caixa está a Adaga Primordial, com a qual Amenófis pretende matar Osíris e Anúbis, e se tornar um Deus, junto com Latifa, sua amada.

Ela oferece ajuda e eles aceitam.

Pandora os leva até uma das portas da Mansão de Amenófis e a toca.

O Símbolo de Anúbis, o Deus da Cabeça de Chacal, aparece na porta, que é encoberta por um brilho dourado.

Os três chegam no Egito Antigo, no ano de 1.167 AC, e são recebidos por um entardecer na cidade de Tebas.

Latifa sente um arrepio na espinha, pois a imortal Guardiã de Osíris está de volta para sua terra natal, Tebas.

Tebas está em seu auge. Ainda está muito quente. A cidade está cheia de gente, egípcios de pele escura, ocupando as ruas, enchendo os mercados, fazendo seus trabalhos diários, em seus trajes típicos.

Latifa explica o contexto histórico para Serjão e Janis. Ela diz que nessa época, Latifa era a Guardiã de Osíris do Templo de Karnak.

Ela se lembra, que, quando ainda era mortal, ela recebera a visita de um fantasma de um pajé brasileiro.

O fantasma do pajé, que mais tarde ela iria conhecer como o pajé Irerê, apareceu “Anixi Tokuti”, que é a frase mágica para abrir a Segunda Caixa de Pandora.

Ele diz que com dificuldade encontrou Latifa, pois o templo de Karnak está muito protegido por mágica.

Irerê fez isso antes de morrer, enviando essa mensagem para o passado.

Com isso a Latifa do Passado já sabe a frase, mesmo sem saber para quê ela serve.

O fantasma Irerê fala isso para a Latifa do Passado antes de ser destroçado pelos Chacais de Anúbis, os capangas de Amenófis.

No momento em que Latifa chegou no passado, ela se recordou desse fato que aconteceu.

Latifa deduz que, se Amenófis está em Tebas, ele deve estar procurando a Latifa do Passado para tirar dela a frase que abre a Segunda Caixa de Pandora.

Latifa explica que o Templo de Karnak possui uma construção anexada que era o Palácio Real, onde a Faraó Hatexepsut fica, quando está em Tebas.

Serjão reclama da areia egípcia em suas botas. Os três decidem ir direto para o Templo de Karnak, para conversar com Latifa do Passado.

Latifa lança uma magia de Tradução Universal em Janis e Serjão para eles entenderem o egípcio antigo, porém a magia não está forte o suficiente e pode desaparecer a qualquer momento.

Janis consulta o grimório de seu avô Jason e lança uma magia de ilusão em todos, para que eles se pareçam com o povo do lugar, incluisve usando os mesmos trajes egípcios antigos.

Entretanto, no caminho ao templo de Karnak, Serjão, Janis e Latifa são parados por uma procissão de muitos soldados acompanhando uma liteira luxuosa onde escravos carregam a Faraó Hatexepsut.

Hatexepsute foi uma grande esposa real, regente e rainha-faraó do Antigo Egito. Viveu no começo do século XV a.C., pertencendo à XVIII Dinastia do Reino Novo. O seu reinado, de cerca de vinte e dois anos, corresponde a uma era de prosperidade econômica e relativo clima de paz.

Hatexepsute nasceu em Tebas. Era a filha mais velha do rei Tutemés I e da rainha Amósis.

Quando o seu pai morreu Hatexepsute teria cerca de vinte e quatro anos. Casou com seu meio-irmão, Tutemés II, seguindo um costume que existia no Antigo Egito que consistia em membros da família real casarem entre si. Após a morte de Tutemés II, cujo reinado é pouco conhecido, o enteado de Hatexepsute, Tutemés III, era ainda uma criança que não estava apta a governar. Por esta razão Hatexepsute, na qualidade de grande esposa real do rei Tutemés II, assumiu o poder como regente na menoridade de Tutemés III. Mais tarde, Hatexepsute decidiu assumir a dignidade de faraó e governar em seu direito.

No momento em que a Faraó passa perto dos nossos heróis, ela olha na direção deles mas não os percebe, por causa da magia de ilusão de Janis.

Mesmo assim, a Faraó Hatexepsut bate com seu cajado no chão e dois de seus guardas deixam a procissão e desaparecem no meio da multidão.

A literia para por eles, e os três seguem atravessando o populoso Mercado de Karnak, onde eles escutam vários rumores dos vendedores do local.

Os rumores diziam que ocorreu, no dia anterior, ataques no Templo de Karnak.

Dois sacerdotes de Osírirs foram encontrado mortos dentro da Câmara de Osíris, com os corações arrancados.

Serjão resolve questionar o escriva baixo e careca, sobre o que aconteceu no Templo de Karnak.

Ele repete o caso da morte dos dois sacerdotes, e diz que deve ter sido Ladrões de Templo, que invadiram o Templo de Karnak.

Serjão pergunta se isso já aconteceu antes.

O escriba diz que, há muito tempo atrás, havia um terrivel e ilegal Culto de Anúbis na cidade, que fazia sacrifícios humanos secretos ao seu deus do mal.

Esses cultistas de Anúbis matavam suas vítimas e arrancavam seus corações.

Mas quando Hatexepsut assumiu o poder, os cultistas foram capturados e presos, sendo levados para a Prisão ao lado do Palácio de Luxor, a sede do poder do Egito.

Serjão pergunta se o crime está sendo investigado. O Escriba diz que a Guarda Faraônica está investigando os assassinatos.

Ele também diz que o Mestre de Cerimônias do Templo de Karnak, o Sacerdote Abu, um baixinho, gordinho e de toga, careca, parecido com o Dany de Vito, de pele cor de bronze escuro.

Abu está atrás de guerreiros que possam ajudá-lo a encontrar os culpados das mortes dos dois guardiões.

Latifa conhece Abu e diz que ele é de confiança.

Eles seguem para o Templo de Karnak quando já está anoitecendo.

Ao chegar no templo, dois guerreiros guardiões bloqueiam o caminho dos três, dizendo que o templo está fechado.

Latifa tenta conversar com os dois guardiões, eles dizem que a Faraó pediu para eles não deixarem ninguém entrar, por causa dos assassinatos.

Latifa diz que veio por causa do pedido de Abu. Os guardiões decidem chamar o Abu.

Assim que Abu os encontra, ele reconhece a Latifa, xinga e dá canelada nos dois Guardiões.

Ele diz que está aliviado, pois diz que a Latifa do Passado desapareceu logo depois da morte dos dois sacerdotes na Câmara de Osíris.

Ele disse que viu a Latifa do Passado ser levada por duas criaturas humanóides com Cabeça de Chacal, que surgiram em uma nuvem de fumaça, a agarram e depois desapareceram.

Os dois guardas acham que o Abud é doido da cabeça, e não deixam que Abud os leve para dentro do Templo de Karnak. Mas Abud diz que Latifa é a Grande Sacerdotiza do Templo e ela pode entrar.

Abud acha que Serjão e Janis são dois novos guardiões para substituir os que morreram.

Latifa explica que eles estão ali para investigar as mortes dos sacerdotes e ver se tem cultistas de Anúbis em Tebas.

Abud os leva até uma sala onde estão os corpos embalsamados de Manufis e o Nenéfis, dois jovens treinados pela Latifa do Passado.

Abud conta que, na noite passada, ele encontrou os corpos de Manúfis e Nenéfis na câmara de Osíris.

Mas quando foi falar com Latifa do Passado, que estava em seu quarto, uma fumaça negra surgiu e a engolfou, com duas criaturas humanóides com cabeças de chacais que a agarraram e sumiram com ela.

Latifa mente para Abud, fazendo-se passar pela Latifa do Passado e dizendo que não se lembra do que aconteceu e que se viu sozinha na entrada de Tebas.

Ao entrar em Tebas, ela explica para Abud que se encontrou com Janis e Serjão, dois guerreiros que haviam ouvido sobre o pedido de Abud.

Serjão pede para investigar a Câmara de Osíris, onde os dois sacerdotes Manúfis e Nenéfis foram encontrados.

A câmara é ampla, com uma enorme estátua de Osíris no centro.

Ele usa de seus sentidos sobrenaturais de Onçasomem e descobre que Amenófis esteve naquela câmara.

Amenófis descera por uma abertura no teto da Câmara de Osíris, através de uma parte do teto que está quebrada e que foi consertada.

Serjão tenta descobrir se foi realmente Amenófis ou uma ilusão do Guardião de Anúbis.

Latifa nota que o Ank da Luz foi roubado, era um Ank de Prata que ficava nas mãos da estátua de Osíris.

O Ank da Luz verdadeiro foi roubado e uma cópia barata foi colocado no lugar.

O Ank da Luz, segundo Latifa, liga o plano físico ao plano espiritual de Osíris, as Areias Infinitas.

Eles vão para o quarto de Latifa do Passado e, depois de investigar, encontram dois montinhos de areia negra no chão. Latifa nota que a areia negra é mágica, e isso parece ser o resto das fumaças.

Janis questiona se existe um Amenófis do Passado também. Isso complicaria a coisa, pois como eles saberão quem é que está envolvido na morte dos dois sacerdotes, será o Amenófis do Passado ou o Amenófis do Presente?

Serjão sente o cheiro dos Chacais de Anúbis no quarto de Latifa.

Janis pergunta sobre os Cultistas de Anúbis que foram presos a três anos antes em Tebas.

Latifa explica que o antigo Culto de Anúbis tinha como seu centro secreto, uma câmara subterrânea na Necrópole de Tebas, sob a Esfinge de Luxor.

A Esfinge é um lugar amaldiçoado e proibido para a população. Janis acha que a Latifa do Passado deve ter sido levada para lá.

Eles decidem ir para a Necrópole imediatamente.

Entretanto, ao sair, os dois Guardas da Entrada estão no chão, com os corações arrancados.

Em seus lugares, duas Necromúmias se viram e atacam os três investigadores.

Uma das Necromúmias agarra a Janis e as faixas de seu corpo começam a cobrir a investigadora, para transformá-la em uma Necromúmia.

Os três lutam contra as Necromúmias e vencem, mesmo com Serjão aterrorizado com as lanças dos monstros.

Depois de saltar no teto do Templo de Karnak, Serjão arranca uma pequena esfinge e joga em uma Necromúmia, arrancando seu braço direito.

Janis lança uma das Necromúmias em um dos braseiros na frente do Templo de Karnak, destruindo-o. Ele vira areia depois de morrer.

Latifa afasta a Necromúmia com seu poder, e acaba entrando em contato com a mente do monstro.

Ela se sente invadida por Hatexepsut, que é quem criou e que controla a Necromúmia.

Latifa fica insana com a visão da Faraó Hatexepsut, que está em uma forma morto-viva, e destrói a Necromúmia com sua Kopesh Sagrada.

Latifa sai correndo com delírios causados por Hatexepsut, mas Serjão a agarra e a hipnotiza com seus olhos de onça, acalmando-a.

Latifa, depois de acalmar, diz que as duas Necromúmias são os dois sacerdotes que foram mortos. Hatexepsut parece ter poderes necromânticos, e está por trás da criação dessas Necromúmias.

Latifa tenta entrar em contato com Osíris para se aconselhar mas não tem sucesso.

O Ank da Luz foi roubado da Estátua de Osíris, assim Latifa não consegue entrar em contato com as Areias Eternas, a dimensão espiritual de Osíris.

Os três decidem ir para a Necrópole de Tebas, investigar os subterrâneos da Esfinge de Luxor.

Serjão usa de seus sentidos para seguir o rastro de Amenófis.

Eles passam pela cidade furtivamente, sem levantar suspeitas.

Seguindo o rastro de Amenófis, eles chegam até a região onde se concentram as carroças de cadáveres, que levam mortos para a Necrópole de Tebas.

O cheiro de Amenófis chegam até às carroças mas depois desaparece.

Eles são recebidos por um guardador de camelos e carroças.

O molequinho sai correndo com medo de Serjão, que está em sua forma de onçazomem.

Serjão pega uma das faixas das múmias e laça o moleque, trazendo-o de volta.

Serjão diz que é um enviado da deusa Bastet e manipula o moleque.

O moleque fala que um homem com a descrição de Amenófis, chegou nas carroças na parte da manhã e saiu do lugar com uma carroça com mais de vinte corpos para a Necrópole, ao invés de contratá-lo para levar as carroças e conduzir os camelos.

Amenófis disse que ele foi enviado pela Faraó Hatexepsut.

Latifa invoca suas Asas de Osíris, pega Janis e vai voando para a Necrópole.

As asas brilham muito no céu, assustando os habitantes de Tebas que ainda não estão dormindo.

Quando eles chegam na Necrópole, os três notam que todo o lugar está coberto por uma neblina negra, com um redemoinho de nuvens sobre a cabeça da Esfinge.

De repente, quando eles se aproximam, as dunas de areia na frente da Esfinge se levantam e se transformam na forma de Hatexepsut gigante.

Essa criatura de areia gigante materializa uma gigantesca mão que tenta pegar Latifa e Janis, sem perceber Serjão.

Latifa começa a cair, mas Serjão salta como uma onça e consegue aparar a queda, mas mesmo assim Latifa quebra a perna.

Latifa usa de sua magia para se curar.

Assim que os três chegam na entrada da Esfinge, as Necromúmias emergem do enorme Cemitério ao redor da Esfinge.

Uma dezena de Necromúmias avança contra eles.

Eles lutam contra as Necromúmias, procurando abrir caminho para entrar na Esfinge.

Eles chegam nas enormes portas de pedra na base da Esfinge, que se abrem.

Eles cruzam correndo e um enorme homem negro, de cabelo curto e vestindo trajes elegantes de um sacerdote de osíris.

As portas de pedra brilham com uma luz dourada e se fecham totalmente, evitanto que as necromúmias entrem.

Ao se virarem para ver quem é o seu salvador, os três investigadores se deparam com Amenófis do Passado!

Nesse momento, a magia de ilusão de Janis se acaba e eles se mostram como realmente são.

O Amenófis do Passado fica confuso. Ele reconhece Latifa mas estranha suas roupas futuristas.

Esse Amenófis tem cabelo curto.

Ao ver Latifa, ele diz:

“Você conseguiu escapar de Hatexepsut?”

Ele suspira aliviado e diz que ele a estava procurando, desde que soube de Abu que Latifa tinha desaparecido, logo depois da morte dos dois sacerdotes.

Latifa se lembra que, nesse período, o Amenófis do Passado ainda não tinha traído Osíris e se corrompido, aceitando se tornar o imortal Guardião de Anúbis.

Amenófis do Passado pergunta se Janis e Serjão são lusitanos.

Amenófis do Passado diz que ele investigou o desaparecimento de Latifa e imaginou que Hatexepsut, que ele acredita ser a Filha de Anúbis, algo que ela escondeu por vários anos, havia retomado seus planos de expandir a fé em seu pai no Egito.

Ele chegou até a Esfinge da Necrópoles de Tebas pois era o antigo lugar de adoração do Culto de Anúbis, antes deste ser destruído.

Ele acredita que Hatexepsut apenas fingiu destruir o culto para esconder que ela é a Filha de Anúbis.

Porém, antes de explorar a Esfinge, ele foi atacado pelas necromúmias. Ele teve que entrar no salão onde eles estão e colocar uma magia de proteção na entrada e outra na sala onde estão.

Ele diz que as Necromúmias e outros monstros de Hatexepsut irão atacar, caso eles saiam do Círculo de Proteção de Osíris que ele colocou na sala de entrada onde os investigadores estão.

Amenófis do Passado diz que a Esfinge é um labirinto muito difícil de ser navegado.

Latifa revela que veio do futuro para Amenófis do Passado, que fica catatônico depois de saber toda a verdade.

Para que ele acredite mesmo que eles vieram no futuro, Latifa mostra um isqueiro para Amenófis do Passado.

Ele acaba acreditando. Latifa conta tudo sobre a Segunda Caixa de Pandora e sobre a Adaga Primordial.

Amenófis do Passado diz que irá ajudar Latifa em nome de Osíris, o seu deus, e porque ela é o único amor de sua vida.

FIM DA SEGUNDA TEMPORADA DE REPARTIÇÃO PARANORMAL!


LEGIÃO – A ERA DA DESOLAÇÃO

Meu Cenário de Campanha para jogos de Fantasia Medieval Sombria!

Conheça mais sobre LEGIÃO no link abaixo:
https://newtonrocha.wordpress.com/legiao/

COMPRE o meu livro LEGIÃO – A Era da Desolação – Cenário de Fantasia Medieval Sombria para jogos de RPG (e cenário do meu Romance Marca da Caveira – Trilogia Legião Volume 1) nesse link:
http://tinyurl.com/y4sz2psg

Legiao

NITROCAST – Podcast de DICAS DE RPG e SESSÕES DE RPG GRAVADAS!

Se inscreva no NITROCAST no SPOTIFY
http://tinyurl.com/y8pn6esj

Se inscreva no NITROCAST no Itunes
http://tinyurl.com/y7w5dfh2

Se inscreva no NITROCAST no CASTBOX
http://tinyurl.com/y8eb2k4w

ESCRITACAST – Podcast de Dicas para Escritores, com Carlos Rocha

NEWTON NITRO SITES
► NITROBLOG YOUTUBE – Resenhas,Dicas de RPG e Dicas para Escritores:: https://www.youtube.com/user/newtonrocha

► NITRODUNGEON: Dicas de RPG, Aventuras, e Sistemas de RPG para Download https://newtonrocha.wordpress.com/

► NITROBLOG: Resenhas Literárias, Dicas para Escritores, Contos e Livros para Download, Leitura Crítica
https://tionitroblog.wordpress.com/

► NEWTON NITRO INSTAGRAM: Dicas de RPG e para Escritores https://www.instagram.com/newtonnitro/

► NEWTON NITRO TWITTER: Dicas de RPG e Dicas para Escritores https://twitter.com/tionitro

► NITROCAST: Dicas de RPG e Dicas para Escritores: https://nitrocastpodcast.wordpress.com/

CONTATO
prof.newtonrocha@gmail.com


CURSO MELHORE SEU INGLÊS – Teacher Érika e Teacher Newton

FAZEMOS VOCÊ FALAR INGLÊS EM TEMPO RECORDE!

Aulas de Inglês PERSONALIZADAS e INDIVIDUAIS por Skype ou WHATSAPP!

FAÇA UMA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA
CONTATO
prof.newtonrocha@gmail.com ou no whatsapp (31) 9143-7388.


PREÇOS ACESSÍVEIS!

CARTAO FINAL

As recomendações e depoimentos de vários dos nossos alunos podem serem lidos nesse link:
https://goo.gl/6vreb2


Conheça e se inscreva nos nos canais do MELHORE SEU INGLÊS – ÉRIKA E NEWTON para DICAS DIÁRIAS E VIDEO AULAS DE INGLÊS!

► Youtube: http://www.youtube.com/c/erikaenewtoninglesporskypebh

► Melhore Seu Inglês BLOG: https://melhoreseuingles.wordpress.com/

► Facebook: https://www.facebook.com/erikaenewton

► Instagram: https://www.instagram.com/melhoreseuingles

► Melhore Seu Inglês Podcast: https://melhoreseuinglespodcast.wordpress.com

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s