Trilogia Ship Breaker (Ship Breaker, Drowned Cities, Tool of War ) – Paolo Bacigalupi | Um excelente Salvagepunk pós-apocalíptico e brutal! | NITROLEITURAS #sciencefiction

Uma excelente trilogia pós-apocalíptica, bem brutal e lidando com temas pesados como a forma como a guerra desumananiza soldados e civis, além de detalhar um futuro pós-apocalíptico causado pela mudança climática.

DL5TfmKXcAAlHcV.jpg

ShipBreaker-PaoloBacigalupi.jpg

Ship Breaker (Ship Breaker # 1) – Paolo Bacigalupi | 336 páginas, Brown Books 2010 | Nota 7 em 10 | Lido de 30.04.19 a 01.05.19 | NITROLEITURAS | #ya #literaturajuvenil #posapocalíptico #postapocalipse #salvagepunk

SINOPSE

Na América da região da Costa do Golfo, onde petroleiros aterrados estão sendo escavados por peças, Nailer, um adolescente, trabalha junto com sua equipe de Ship Breakers (quebradores de navios), procurando por fiação de cobre apenas para fazer cota – e espero viver para ver outro dia. Mas quando, por sorte ou por acaso, ele descobre um requintado navio clipper encalhado durante um recente furacão, Nailer enfrenta a decisão mais importante de sua vida: escavar o navio por tudo que vale a pena ou resgatar seu único sobrevivente, uma linda e rica garota que poderia levá-lo a uma vida melhor ..

RESENHA

Ship Breaker é um divertido livro de ação e aventura, que segue o gênero “Salvage Punk” ou ficção científica pós-apocalíptica com uma civilização que sobrevive escavando e reciclando os artefatos tecnológicos do passado.

Nesse livro, como em seu excelente livro de estréia, “Windup Girl”, Paolo Bacigalupi aborta um futuro sombrio onde o nosso planeta se encontra devastado pelas consequências mais terríveis da mudanças das mudanças climáticas. Tais catástrofes acabaram por destruir o que chamamos de civilização, com os sobreviventes criando uma nova ordem social baseada na recuperação do lixo tecnológico gerado pelos períodos históricos antes dos cataclismas.

É um futuro pós-apocalíptico que se baseia em cataclismas constantes, como furacões “arrasa-cidades” que acontecem todos os meses, além de um oceano tóxico que triplicou de tamanho depois do derretimento das calotas polares, entre outras ameaças constantes.

A história foca inicialmente em um grupo de pessoas que sobrevive através da escavação e reciclagem dos restos da civilização anterior, curiosamente chamada de “A Era Acelerada”, o período onde o hipercosumismo aliado a imensa produção industrial e o descaso ambiental gerou o gigantesco desastre climático do cenário.

O cenário de Ship-Breaker é muito bem construído e bem brutal e o tema de sobrevivência influencia na cultura e nas decisões pessoais dos personagens principais. A discussão entre salvar a própria pele ou ajudar ao outro permeia toda a narrativa.

Gostei do protagonista, que em sua jornada de amadurecimento, tem que lidar com um pai violento e abusador, temendo se tornar igual a ele. Como parte de sua jornada, o protagonista se confronta com um novo conjunto de valores, diferentes daqueles de vida focada em sobrevivência, quando entra em contato com uma jovem que pertence as castas mais abastadas desse futuro distópico.

A história prende, o tema da lealdade versus egoísmo é trabalhado de várias formas.

Meu personagem favorito foi o Tool, um “homem-cão”, um guerreiro desenvolvido através de bioengenharia e que agem como escravos lutadores para os mais ricos. Diferente dos outros membros de sua raça, Tool conseguiu escapar do determinismo genético e obedece apenas a si próprio!

Fica a recomendação!

books_drownedcities.jpg

Drowned Cities (Ship Breaker # 2) – Paolo Bacigalupi | 437 páginas, Brown Books 2012 | Nota 8 em 10 | Lido de 02.05.19 a 03.05.19 | NITROLEITURAS | #ya #literaturajuvenil #posapocalíptico #postapocalipse #salvagepunk

SINOPSE

Soldados garotos emergiram da escuridão. Armas brilharam fracamente. Bandoleiras e cicatrizes de balas envolviam seus peitos nus. Marcas feias marcaram seus rostos. Ela sabia por que esses soldados haviam chegado. Sabia o que procuravam e também sabia que, se o encontrassem, sua melhor amiga certamente morreria.

Em um futuro sobrio nos Estados Unidos, onde a violência, o terror e a tristeza tocam a todos, os jovens refugiados Mahlia e Mouse conseguiram deixar para trás as terras devastadas pela guerra das Cidades Afogadas, escapando para os arredores da selva.

Mas quando eles descobrem um meio-homem ferido – um animal de guerra criado por uma bioengenharia chamado Tool – que está sendo caçado por um bando de soldados vingativos, sua frágil existência rapidamente entra em colapso.

Um é feito prisioneiro por soldados impiedosos e o outro se depara com uma decisão impossível: arriscar tudo para salvar um amigo ou fugir para um lugar onde a liberdade possa finalmente ser possível. Essa sequência emocionante para altamente aclamado Ship Breaker de Paolo Bacigalupi é uma história assombrosa e poderosa de lealdade, sobrevivência e aventura de tirar o fôlego.

RESENHA

O segundo volume da trilogia Shibreaker é o mais impactante, e leva o foco narrativo para o grande trunfo de Paolo Bacigalupi nessa saga; o meio-humano Tool, um guerreiro geneticamente criado para a guerra a partir da genética de predadores como lobos, tigres, hienas, etc.

Tool é muito carismático, uma espécie de “Wolverine” bem raivoso, mas com uma personalidade forte e camadas interiores que o tornam bem interessante. A narrativa também aborda o ponto de vista de Mahlia, uma jovem sobrevivente dos horrores de uma guerra civil perene e seu amigo Mouse.

O cenário de guerra é uma disputa entre diversos Senhores de Guerra sobre quem dominará as Drowned Cities, que parecem ser o que sobrou da capital de Washington após o aumento massivo das águas do mar e as catástrofes climáticas que deram origem a o mundo pós-apocalíptico. A vida nessa situação de guerra caótica é bem realista, e me lembrou as narrativas das eternas guerras civis africanas, quando regiões são divididas entre pequenos exércitos liderados por fanáticos ou loucos. Tem um clima bem “Vietnã” também, e bem pesado para uma literatura supostamente juvenil, o que me faz recomendar esse livro para adultos, até mais do que o primeiro da trilogia.

O interessante é que o livro é bem independente do primeiro e poderia ser lido isoladamente, sem problema. Aliás, o mesmo pode ser dito de todos os livros da Trilogia Ship Breaker.

A narrativa trabalha com temas interessantes, como: Vale a pena sobreviver em troca de perder a própria humanidade? Quais são os limites da lealdade? É possível redimir-se das atrocidades cometidas em uma guerra? A vingança vale a pena quando se sacrifica tudo e todos para consegui-la?

Mesmo com a clareza moral mais característica da literatura juvenil, Paolo Bacigalupi mantém um bom grau de complexidade ética e de realismo psicológico no melhor estilo “a guerra é um inferno”. E, para deixar avisado, isso aqui é grimdark ou fantasia brutal, mesmo sem cenas explícitas de sexo ou de violência. O livro é brutal, os protagonistas sofrem pra caramba, mas o final é muito bom!

Recomendado para quem curte um pós-apocalíptico bem feito, cheio de ação e bem brutal!

tool-of-war.jpg

Tool of War (Ship Breaker # 3) – Paolo Bacigalupi | 336 páginas, Brown Books 2010 | Nota 7 em 10 | Lido de 04.05.19 a 06.05.19 | NITROLEITURAS | #ya #literaturajuvenil #posapocalíptico #postapocalipse #salvagepunk

SINOPSE

Este terceiro livro de uma grande série de um autor best-seller de ficção científica, vencedor do prêmio Printz e finalista do National Book Award é a emocionante história do personagem mais provocante de seus aclamados romances Ship Breaker e The Drowned Cities. Tool, um meio-homem / meio-animal projetado para combate, é capaz de muito mais do que seus criadores jamais sonharam.

Ele foi desonesto de seu bando de “aumentados” de bioengenharia e emergiu como um líder vitorioso de um bando de meninos soldados humanos. Mas ele é perseguido implacavelmente por alguém determinado a destruí-lo, que conhece um segredo alarmante: Tool encontrou o caminho para resistir a seus impulsos de submissão e lealdade geneticamente arraigados a seus mestres …

Chegará o momento em que Tool embarcará em uma guerra contra aqueles que o escravizaram. De um dos mestres indiscutíveis da ficção científica vem mais uma fascinante aventura!

RESENHA

Tool, um personagem coadjuvante no primeiro volume da trilogia Ship Breaker, foi ganhando força e peso na história até chegar em “Tool of War”, onde ele é o principal protagonista.

Esse terceiro livro é uma continuação direta do anterior. Aqui Paolo Bacigalupi mergulha no passado e nos mistérios da identidade do meio-homem, ao mesmo tempo em que Tool luta para sobreviver a perseguição da corporação que o criou, a quem ele chama de “Deuses”.

Como nos outros volumes, esse terceiro livro tem muita ação e fecha bem a trilogia, com referências aos primeiros volumes, e muitos personagens retornando.

O tema principal é a a luta de Tool para conquistar uma identidade própria transhumana ou continuar a se definir a partir dos seres-humanos que o criaram e que o rejeitam.

A narrativa também faz uma abordagem crítica e até mesmo aterrorizante dos drones de combate, visto que a Corporação Mercer que persegue Tool baseia grande parte de seu poder na capacidade de fazer ataques à distância. O cenário extrapola a níveis absurdos a tecnologia atual dos drones de combate, e critica o distanciamento daqueles responsáveis por operá-los da carnificina que essas armas de guerra causam em seus alvos.

Um livro muito divertido, com um final emocionante, bem ao estilo “Bourne Identity”, com muita ação e pancadaria, e muito drama também!

Recomendo a trilogia!


NEWTON NITRO SITES
► NITROBLOG YOUTUBE – Resenhas,Dicas de RPG e Dicas para Escritores:: https://www.youtube.com/user/newtonrocha
► NITRODUNGEON: Dicas de RPG, Aventuras, e Sistemas de RPG para Download https://newtonrocha.wordpress.com/
► NITROBLOG: Resenhas Literárias, Dicas para Escritores, Contos e Livros para Download, Leitura Crítica
https://tionitroblog.wordpress.com/
► NEWTON NITRO INSTAGRAM: Dicas de RPG e para Escritores https://www.instagram.com/newtonnitro/
► NEWTON NITRO TWITTER: Dicas de RPG e Dicas para Escritores https://twitter.com/tionitro
► NITROCAST: Dicas de RPG e Dicas para Escritores: https://nitrocastpodcast.wordpress.com/


MELHORE SEU INGLÊS – ÉRIKA E NEWTON! | 900 Videoaulas Gratuitas e Inglês por Skype
► Canal Youtube:Dicas de Inglês http://www.youtube.com/c/erikaenewtoninglesporskypebh
► Melhore Seu Inglês BLOG: https://melhoreseuingles.wordpress.com/
► Facebook: https://www.facebook.com/erikaenewton
► Instagram: https://www.instagram.com/melhoreseuingles
► Melhore Seu Inglês Podcast: https://melhoreseuinglespodcast.wordpress.com


CONTATO
Newton Rocha | Aulas de Inglês por Skype e Whatsapp | Leitura Crítica | Escritor
WhatsApp: (31) 99143-7388 | Skype: prof.newtonrocha@gmail.com
LinkedIin: https://goo.gl/7rajxF
Facebook: https://goo.gl/aokHM1
Twitter: https://twitter.com/tionitro
Google +: https://goo.gl/J35qE8


Conheça e se inscreva no MELHORE SEU INGLÊS – ÉRIKA E NEWTON, nosso CANAL NO YOUTUBE de Dicas Diárias de Inglês, com mais de 800 vídeos com videoaulas ensinando a como aprender inglês sozinho, além de AULAS AO VIVO GRATUITAS! :)

Siga o MELHORE SEU INGLÊS – ÉRIKA E NEWTON!
► Youtube: http://www.youtube.com/c/erikaenewtoninglesporskypebh
► Melhore Seu Inglês BLOG: https://melhoreseuingles.wordpress.com/
► Facebook: https://www.facebook.com/erikaenewton
► Instagram: https://www.instagram.com/melhoreseuingles
► Melhore Seu Inglês Podcast: https://melhoreseuinglespodcast.wordpress.com


erika-e-newton-ingles-por-skype

Aulas TODOS OS DIAS, de 7 às 23 horas!

Para aulas de Inglês Individuais por Skype FOCADAS EM CONVERSAÇÃO e fazer UMA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA, basta entrar em contato no prof.newtonrocha@gmail.com ou no whatsapp (31) 9143-7388.


PREÇOS ACESSÍVEIS!

As recomendações e depoimentos de vários dos nossos alunos podem serem lidos nesse link:
https://goo.gl/6vreb2


 

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s