Into the Inferno de Werner Herzog, Pães Diversos, Música, Resenhas, etc! | NITRONEWSLETTER #43

Nessa NITRONEWSLETTER temos um filme do Herzog que está na Netflix, muita música e literatura! :)

Um grande abraço e até a próxima!🙂


MARCA DA CAVEIRA – TRILOGIA LEGIÃO VOL.1 (UPDATES)

#inprogress | Mais da galera doidimais do #marcadacaveira #trilogialegião | Kalazar, Ortov e Gretel :)

No automatic alt text available.

NITROMOVIES

Into the Inferno (Viagem ao Inferno, 2016) – Werner Herzog| #documentário #netflix | NITROMOVIES

intotheinferno_ka_us_pre

SINOPSE

O diretor Herzog, acompanhado de um grupo de cientistas, viaja pelo mundo explorando os vulcões mais perigosos e mitológicos do planeta, além de toda a cultura e história que os envolve.

RESENHA

Um documentário fantástico do mestre Herzog. Vulcões encaixam perfeitamente com o eterno tema de Herzog, os mistérios da obsessão humana. “Into the Inferno” está cheio de pessoas obcecadas com a realização de um objetivo, engajadas em aprender tudo o que podem sobre um assunto, ou chegar ao coração de um mistério.

É também, como os filmes da fase tardia de Herzog, um filme SOBRE Herzog, sobre o diretor alemão aprendendo sobre um assunto, e jogando em cima desse assunto todas as questões existenciais, de vida, de morte, da existência humana que permeiam toda sua obra.

As pessoas entrevistadas em seus documentários, e Into the Inferno não é diferente, se torma espelhos de Herzog. Mesmo assim, sua atitude humilde e reverencial frente aos seus personagens, porque qualquer um que cai em um documentário do Herzog vira um personagem , evita o narcisimo, e torna a experiência reveladora.

Recomendadíssimo!

TRAILER


NITROTWITTER

Reflita, decida a melhor ação a tomar, e AJA. Assuma o comando de tua própria vida, manifeste um destino de tua criação. #escrevendo

A mente andrógina é ressonante e porosa, naturalmente criativa,incandescente e indivisível. VIRGÍNIA WOOLF #dicasparaescritores

Image may contain: 1 person , closeup

Que suas palavras sejam feitas de luz, polvilhando de faróis na escuridão tempestuosa da ignorância humana. #escrevendo

Image may contain: cloud, sky and outdoor

NITROGRAM

Finados com chuva #eusoubh #belohorizonte #brazil #flowers #flores#caminhada

Image may contain: 1 person , tree, outdoor, closeup and nature

Correndo na Andrades de volta para o Arrudas, tarde fresca, pôr do sol lindo, muita gente na pista, o que deixa a corrida bem divertida! #corrida#running #andradas #bh #brazil #belohorizonte #eusoubh

Image may contain: 1 person , outdoor, closeup and text
Pão da semana : fubá farinha de trigo açúcar fermento biológico bem minimalista! #pão #bread #homemade #brazil #homebread #receita

Esse é bem simples : um quilo de farinha de trigo, uma xícara de fubá, duas xícaras de Açúcar, dois pacotes de fermento biológico, 3 xícaras de água, bater até virar uma massa, deixar crescer uma hora, colocar no forno médio 45 minutos, e pronto! ;)

Bailarina arte de rua Rua do Ouro Mangabeiras #belohorizonte #brazil#eusoubh

No automatic alt text available.

Caminhada das eleições Avenida Afonso Pena #eusoubh #belohorizonte#brazil

Image may contain: 1 person , tree, sky and outdoor
Fanzines de Belo Horizonte feira de fanzines Praça Liberdade
No automatic alt text available.
Food Truck festival Praça da Liberdade Belo Horizonte
Image may contain: 10 people , outdoor
Feira de produtos orgânicos na Praça da Liberdade #eusoubh#belohorizonte #brazil
Image may contain: tree, plant, sky, flower, outdoor and one or more people
#flores #flowers | Avenida Brasil
Image may contain: 1 person , plant, flower, tree, outdoor and nature
Pão da Semana : Azeitona Preta | queijo parmesão, azeite, azeitona preta, sal, açúcar, orégano #pão #bread #homemade #brazil #homebread #receita
Image may contain: food

NITROLEITURAS

Cristal Polonês – Leticia Wierzchowski | Record, 2003, 174 pgs. | Lido de 30.10.16 a 31.10.16 | NITROLEITURAS

Image may contain: 1 person , text

SINOPSE

Tedda, Paula e Miti. Três irmãos de origem polonesa que vivem uma vida regrada pelas ordens da máma e pelos silêncios do táta. Eles têm três tios e alguns primos que ganham de tudo, cujos sobejos lhes chegam a cada estação do ano. Eles têm uma badka, avozinha que fugiu de Varsóvia e que agora vive no céu.

Eles têm “A Bola”, duas bonecas, e um sonho de tomar coca-cola todo dia. É a menina Tedda quem nos conta a história desta infância onde tudo de mágico e de perigoso pode suceder, onde nada escapa aos olhos de Deus, onde tirar boas notas pode garantir o sorriso da máma e talvez um sono sem pesadelos.

Numa pequena casa onde quase tudo é emprestado e as roupas são grandes demais para seus novos donos, apesar da pobreza e dos grandes perigos de se cometer um pecado, ainda há lugar para os sonhos.

RESENHA

Um livro muito tocante emocionalmente, escrito em um estilo confessional, com o narrador contando um momento muito delicado da vida de sua família.

O “Cristal Polonês” é um livro sobre segredos revelados, sobre como guardar um segredo compartilhando ele com os outros, de acordo com o belíssimo poema que inicia a narrativa. É um mergulho nas memórias de uma tragédia familiar para desvendar algum mistério da vida, um desvendamento que é ao mesmo tempo revelação e ocultação, porque assim é que é a vida, quando mais a conhecemos menos a conhecemos.

Leticia Wierzchowski tem um estilo muito pessoal, que aproxima o leitor e o pega pela mão, caminhando junto com a gente, na narrativa. Me senti dentro das vivências da família de descendência polonesa do livro. Essa intimidade é tão grande que realmente SENTI NA PELE a tragédia descrita (que não irei revelar, LEIA!) . Essa transparência emocional é dada pela franqueza do narrador (uma das características que mais gosto na obra da Letícia). E vemos toda a delicadeza e beleza do cristal polonês formado pela família do livro, uma excelente metáfora por sinal.

Apesar de curtinho (para os meus hábitos de ler só tijolão), o livro me supreendeu com a abordagem de temas profundos, como a morte (sempre a morte, toda a obra da Letícia tem essa ligação com a morte), a jornada de amadurecimento de uma menina, os absurdos da existência e da condição humana.
E lagos. É um livro também sobre lagos.

Recomendadíssimo!

RECOMENDADO PARA QUEM CURTE:

Romances de memórias de família.

Romances que fazem a gente chorar um pouquinho (ou um montão).

Romances que ajudam a encarar vivências difíceis da vida, a aceitar o absurdo da existência humana.

Quem já é fã da Letícia!


The Flame Bearer – O Portador da Chama – Bernard Cornwell (Crônicas Saxônicas Vol. 10) | Harper Collins, 2016, 304 páginas | Lido de 28.10.16 a 30.10.16

Image may contain: horse, text and one or more people

E vamos que vamos para mais um Crônicas Saxônicas, a saga mais testosterona medieval doidimais que tá tendo, vééééio!

SINOPSE

A Bretanha está presa em uma paz indócil. Depois da derrota sangrenta dos Dinamarqueses que dominavam a Anglia do Leste, os Saxões do Oeste bradam vitoriosos enquanto o povo de Mércia recuperaram suas terras na fronteira com a Nortúmbria, o último reino da Bretanha ainda controlado pelos pagãos vindos do norte. Uma trégua precrária existe entre a Mércia de Æthelflæd e a Nortúmbria, agora governada por Sigtryggr, o genro de Uhtred de Bebbanburg.

Por trás dessa frágil calma, Uhtred precisa começar a sua campanha que irá termnar com um assalto contra Bebbanburg, a grande fortaleza que é sua por direito e que lhe foi roubada quando ele ainda era uma criança. Mas seus planos de vingança se desfazem quando os Escoceses invadem a região e assumem o controle do norte da Inglaterra, ao mesmo tempo que os Saxões do Oeste, liderados por Æthelhelm, um antigo inimigo de Uhtred, invade a Nortúmbria vindos do sul. Para Uthred ter sucesso em seu ataque contra Bebbanburg, ele precisa derrotar as forças de Æthelhelm e expulsar os Escoceses. Mesmo com um pequeno exército e muitos inimigos. E Uhtred precisa provar novamente sua reputação como um dos mais poderosos lordes da guerra da Bretanha!

RESENHA

Mais um ano e mais um livro da maravilhosa Crônicas Saxônicas de Bernard Cornwell. O grande escritor de batalhas continua mandando muito bem com o volume 10 da saga, o Portador da Chama – The Flame Bearer (Crônicas Saxônicas 10, 2016).

Para quem é fã do Cornwell pode ficar sossegado. Tudo que fez os outros livros serem doidimais da conta está aqui: combates viscerais, humor, estratégia, prosa enxuta e eficiente, xingamentos contra a igreja medieval e seus padres corruptos, e um estilo descomplicado e energético de escrever que torna a leitura um prazer.

Não sei como Cornweel consegue manter o interesse do leitor depois de tantos livros com o mesmo personagem, mas ele CONSEGUE, mesmo seguindo as mesmas fórmulas dos anteriores. Acho que é o carisma do protagonista, somado à recriação histórica e o lado de “aprender um pouco de história” que me faz voltar à saga.

E as cenas de batalhas, pelamor de TOR!

Nesse volume 10, que é obrigatório para quem leu os outros, várias linhas de trama são resolvidas, personagens importantes morrem, e Uhtred mostra toda a sabedoria e experiência de guerra que agora ele possui, já velho para os padrões medievais.

E foi interessante conhecer mais um pouco da história da criação da Inglaterra, principalmente o período das invasões escocesas. Como o pau comeu naquela ilhazinha véééio!

Recomendadíssimo!

RECOMENDADO PARA QUEM CURTE:

Romances históricos com muita ação e bem pesquisados.

Escrita sem firulas e que vai direto ao ponto.

Cenas de batalhas viscerais e bem escritas.

Quem leu todos os outros (recomendo ler os outros antes desse volume).

Quem aguardava ansiosamente para que o Uhtred fizesse o que ele fez nesse livro (só os fãs entenderão!).

 


NITRODICAS

É correto dizer “risco de vida” ou “risco de morte”?

A forma mais precisa é “risco de morte” ou, melhor ainda, “correr o risco de morrer”. Mas a expressão “risco de vida” não está incorreta, já que se associa à ideia de colocá-la em perigo.

Seu uso está previsto no dicionário Houaiss, que cita a expressão “risco de vida” e é comumente encontrada em textos jornalísticos e literários.


NITROMUSIC

Maggot Brain (1971) Funkadelic | #soul #funk #psychodelicfunk #acidrock #progressivefunk #progressiverock | NITROMUSIC

A obra prima do Funkadelic, um álbum viajante de funk psicodélico progressivo, maravilhoso, clásssico demais da conta! Recomendo, está em todas as listas dos álbums para escutar antes de morrer.

Essa foi uma das bandas que mais influenciaram o Pink Floyd, e a maioria das bandas progressivas dos anos 70, passando por Led Zeppelin, e o pessoal que fazia o soul-funk do final dos anos 70. E influenciou também aqui, no soul-funk brasileiro do final dos anos 70. Recomendadíssimo!


Liquid Sun (2016) – The Spacelords | #spacerock #acidrock | NITROMUSIC

Meu novo vício musical, The Spacelords, banda de space rock de raiz, direto dos anos 70. Banda alemã doidimais, faixas longuérrimas ultra psicodélicas-space rock massavéio doidão! Recomendo!


High Country (2015) – The Sword | #stonermetal #psychrock #spacerock | NITROMUSIC

Mais um álbum matador doidimais, estilão anos 70 renovado, beeeem doidão do THE SWORD!


Ascetic Meditation of Death – Cult of Fire | #extrememetal #blackenedmetal #hindimetal #doom | NITROMUSIC

Fenomenal, agressivo, medonho, fantásitco! Metal extremo indiano, misturando ragas indianos com o metal mais extremo possível, letrasm em sânscrito. :D Hindu Metal! :D


Worlds of Wonder (2016) – Audiomachine | #epictrailermusic #soundtrack #trailermusic | NITROMUSIC

LANÇAMENTO do ano do Audiomachine! Maravilhoso, da banda que, junto com o Two Steps From Hell, é a coisa mais DOIDIMAIS da trailer music! Um álbum de embasbacar!


As the World Bleeds (2011) – Theocracy | #powermetal #epicmetal #progressivemetal | NITROMUSIC

Um dos melhores álbuns do Theocracy, uma boa mistura de power metal com progressive metal!


Mirror’s Edge Catalyst Soundtrack – Solar Fields | #ambient #electronicmusic #experimental #soundtrack | NITROMUSIC

Nunca canso dessa trilha, agora com um remix no youtube muito bem feito!


Jade Cocoon Soundtrack | #soundtrack #gamemusic | NITROMUSIC

Trilha sonora maravilhosa de um jogo inesquecível do PS2.


Horse of Colors – Hanggai (杭盖乐队) | #folfmetal #mongolian #worldmusic | NITROMUSIC

4º álbum do Hanggai, banda da Mongólia que mistura metal com música tradicional da cultura do Gengis Khan!


Chrono Cross Soundtrack | #soundtrack #gamemusic | NITROMUSIC

Uma das trilhas mais fantásticas de todos os tempos! E na versão mais completa da internet, retirada diretamente dos arquivos do jogo!


NITRORADIO

Epic Trailer Music | #trailermusic #epicmusic #músicaparaescrever | NITRORADIO

Uma playlist com 409 músicas do estilo TRAILER EPIC MUSIC, ideal para escrever fantasia!

 


Érika & Newton – Inglês por Skype
Faça uma AULA EXPERIMENTAL GRATUITA!
Aulas TODOS OS DIAS, de 7 às 23 horas!

Visite o nosso Blog Melhore Seu Inglês:
https://melhoreseuingles.wordpress.com/

Curta Nossa página no Facebook:
https://goo.gl/qcPQUK

Nosso Canal no Youtube – Melhore Seu Inglês:
https://goo.gl/KYns5i


CONTATO

Newton Rocha | Professor de Inglês – Aulas por Skype
WhatsApp: 9143-7388 | Skype: prof.newtonrocha@gmail.com
LinkedIin: https://goo.gl/7rajxF


Érika de Pádua | Professora de Inglês – Aulas por Skype
WhatsApp: (31) 9223-5540 | Skype: erikadepadua@gmail.com
Linkedin: https://goo.gl/2c6QIb


erika-e-newton-ingles-por-skype

FACEBOOK
https://www.facebook.com/erikaenewton/

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s