Trilogia do Mar Quebrado – Half a King, Half a World, Half a War de Joe Abercrombie |Jornadas de Amadurecimento na Fantasia Épica Contemporânea! | NITROLEITURAS #resenha

Como sou fã de Joe Abercrombie desde a trocentos anos atrás, quando ele lançou sua revolucionária First Law Trilogy, trazendo de volta ao “mainstream” e modernizando a fantasia brutal pulp de Robert H. Howard e a galeire do mal dos anos 20 e 30, carregando junto a turma do New Wave da Fantasia (Moorcock e cia.), leito TUDO que o cara lança, tudo mesmo.

Porém, esperei a trilogia SHATTERED SEA ficar pronta para ler de uma vez só! É a primeira jornada do Abercrombie no mundo da literatura juvenil (Young Adult), e, PELAMORDOCOSMOS, o cara mandou bem demais, quebrando tropos tradicionais de histórias de garoto que vira rei.

Leitura obrigatória para escritores de fantasia, mostrando como, com personagens mais realistas, dá para fazer muita coisa interessante mesmo com tropos tradicionais de narrativa de fantasia!
shattered-sea-hb-packshots

Half a King (Shattered Sea #1) – Joe Abercrombie |Del Rey, 2014, 336 páginas | Lido de 20.06.2016 a 25.06.2016 | Nota 4 em 5|
Half_a_King_by_Joe_Abercrombie

SINOPSE
Traído por sua família e deixado para morrer, o Yarvi, o príncipe aleijado e herdeiro relutante em um reino dividido, jurou ao seus seguidores recuperar o trono que ele nunca quis.

Mas primeiro ele deve sobreviver a crueldade, as correntes e as águas amargas do Mar Quebrado – tudo com apenas uma mão normal. Nascido um fraco aos olhos de um mundo duro, frio, ele não pode segurar um escudo ou balançar um machado por causa de sua mão aleijada, dependendo apenas da própria inteligência para superar seus inimigos.

RESENHA

Joe Abercrombie mostra mais uma vez que é um mestre contemporâneo do gênero da fantasia realista ou pulp com um maior trabalho de caracterizaçao de personagens.

Nesse seu primeiro trabalho mais focado na literatura infanto juvenil, ele coloca seu toque peculiar de “fantasia grimdark ou brutal _ que é como estou traduzindo o grimdark, melhor do que sujo-sombrio né? _ em uma jornada de amadurecimento de um jovem.

“Half a King” começa de maneira lenta, mas efetiva na criação de um mundo pós-apocalíptico revertido ao nível tecnológico medieval.

A história é empolgante, e contém cenas bem brutais, mesmo sendo para um público juvenil. Tudo chama a atenção, desde a caracterização dos personagens, a excelente e direta prosa e a criação de mundo, que acontece de maneira natural, jogando o leitor aos poucos no cenário da história.

O protagonista, com sua deficiência física e tendo que superar as dificuldades usando sua inteligência, segue em um a jornada de vingança, ao mesmo tempo que amadurece emocionalmente. Outro tema interessante é, mais uma vez, como em tantas obras contemporâneas, a importância da empatia para se compreender os outros e seu próprio lugar no mundo.

Recomendadíssimo, tanto para leitores jovens quanto para adultos. Acredito que Fos fãs dos outros trabalhos do Abercrombie (como a Trilogia da Primeira Lei, já lançada no Brasil) irão gostar desse livro, caso ajustem suas expectativas para um livro mais focado para o leitor juvenil (ou seja, nada de cenas de sexo mais explícito ou de torturas horrendas, como nos outros livros do autor).

Nota: 04 em 05


Half the World (Shattered Sea #2) – Joe Abercrombie | Del Rey, 2015, 366 pages | Lido de 26.06.2016 a 01.07.2016 | Nota 4 em 5|

Half_the_World_by_Joe_Abercrombie

SINOPSE
Thorn Bathu nasceu para lutar. Mas quando ela mata um menino durante seu treinamento, ela se perseguida como uma criminosa.

O destino coloca sua vida nas mãos do Príncipe Yarvi, e com ele partem em uma jornada em busca de aliados contra o cruel Rei Supremo. Junto com eles segue Brand, um jovem guerreiro que odeia matar.

Mas os guerreiros podem ser armas, e as armas são feitas para uma finalidade. Thorn será apenas um instrumento dos poderosos ou decidirá seu próprio destino?

RESENHA

Joe Abercrombie é um autor dos mais brilhantes e criativos da fantasia contemporânea. Seu ponto forte está em focar mais no que acontece na alma de seus protagonistas do que no que acontece no mundo em que eles estão inseridos. E, em “Half a World” nesse segundo volume da trilogia do Mar Quebrado, ele aborda duas jornadas de amadurecimento de uma guerreira e um guerreiro jovem, de personalidades opostas, ao mesmo tempo que reverte e reforça alguns dos tropos do gênero da literatura juvenil.

Se bem que, apesar dos livros seguirem o tropo da “jornada de amadurecimento de um jovem ou adolescente”, que é a característica da literatura juvenil, recomendo a trilogia para leitores adultos; é uma literatura juvenil com profundidade, alternando ação, humor, violência, momentos delicados, e, por causa do público alvo, sem cenas mais gráficas de sexo ou de perversidades.

Talvez por essa constrição, senti um Joe Abercrombie mais controlado em seu nihilismo, o que, ao meu ver, fez com que a narrativa ficasse até mais interessante e realista. Diferente dos seus livros anteriores, “Half a World” (e o primeiro volume da trilogia do Mar Quebrado “Half a King”, com toda crueldade e brutalidade do mundo, tem uma mensagem mais humanista e otimista.

A prosa é sintética e direta ao ponto, sem se perder muito em detalhes do cenário. A exposição é feita quase toda por diálogos, o que torna a leitura leve, apesar de, nerds como eu, ficarem com vontade de saber mais pormenores do cenário pós-apocalíptico medieval da trilogia.

A trama, mais uma vez, apesar de simples a primeira vista, guarda muitas reviravoltas e planos secretos, como é marca registrada do Abercrombie. Assim como as cenas brutais de luta, e as mortes de personagens importantes, que surgem do nada! Estejam avisados!

A trama também trabalha a natureza, as questões éticas, e o preço dehumanizador do poder, machismo militarista e como o caos da guerra e a violência destrói as ilusões de glória e honra guerreira.

O ritmo do livro é bem acelerado, bem “page turner”, repleto de ação mas também alternando cenas de desenvolvimento de personagens. E, felizmente, sem as cenas de sexo do Abercrombie, que não sou muito fã (são meio naturalistas demais para o meu gosto literário!). :)

Mas o MAIS DOIDIMAIS DE TUDO, é a protagonista guerreira Thorn! Sensacional, um personagem bem feito e original, uma mulher guerreira bem construída, complexa, subvertendo tropos, e dentro da discussão atual de gênero, sexualidade, papéis masculinos e femininos, etc.

Em resumo, um excelente segundo volume da trilogia! Protagonistas fascinantes, que se transformam na narrativa, um mundo interessante e uma excelente mistura de fantasia épica com intrigas políticas, viagens de exploração e jornada de amadurecimento.

Recomendo para quem curte literatura juvenil com temas mais profundos, quem curte Joe Abrecrombie ou quer conhecer a sua obra por meio de uma narrativa mais acessível e sem os excessos brutais dos seus romances para adultos, quem curte fantasia épica ou pós-apocalíptica, e narrativa estilo “vikings” (o livro e o cenário da trilogia tem claramente inspiração nos tropos de narrativa de vikings).

Nota 4 em 5


Half a War (Shattered Sea #3) – Joe Abercrombie | Harper Voyager, 2015, 352 páginas | Lido de 2.07.16 a 05.07.16 | Nota 4 em 5

Half_a_War_by_Joe_Abercrombie_500_718

SINOPSE

As palavras são armas

Princesa Skara viu tudo o que ela amava se transformar em sangue e cinzas. Ela ficou com apenas palavras. Mas as palavras certas pode ser tão mortais quanto qualquer lâmina. Ela terá que conquistar seus medos e aguçar a sua inteligência até se tornar uma arma letal, para recuperar seu direito de primogenitura.

Apenas metade de uma guerra é travada com espadas

O príncipe aleijado Yarvi tem andado um longo caminho em sua jornada para se tornar um rei respeitado. Ele transformou inimigos antigos e negociou uma paz turbulenta. Mas agora sua avó impiedosa, a terrível Wexen, reuniu o maior exército desde quando os elfos declararam guerra contra Deus, e colocou o abominável e mestre das espadas Brilliant Yilling, como seu líder – um homem que adora apenas a morte.

Às vezes é preciso lutar contra o mal com o mal

Alguns – como Thorn Bathu e o jovem Raith – nascem para lutar, talvez para morrer. Outros – como Rin, a ferreira e Koll, um malandro entalhador de madeira – preferia ficar na luz. Mas quando a Primeira Guerra abre suas asas de ferro, ela pode lançar todo o mundo do Mar Quebrado na escuridão.

RESENHA

Um excelente final, apesar de subverter as minhas expectativas, para uma série contemporânea em seus temas e que moderniza a fantasia épica para o público juvenil.

Mais uma jornada de amadurecimento nesse terceiro volume, que foca na formação de uma rainha. Abecrombie mantém o alto nível dos livros anteriores, com tanto o cenário quanto os personagens bem construídos, unificados por seus dramas internos e pela situação de guerra em que se encontram.

Essa é uma lideratura juvenil-adulta onde a moralidade é cinza, as respostas não são fáceis, e vilões e heróis se misturam e se alternam ao longo da narrativa.

Nesse volume temos mais informações sobre o passado do cenário pós-apocalíptico, e Abercrombie leva, novamente, até as últimas consequências o tema do preço do poder e o custo da violência, que sempre aparecem em seus livros. É uma fantasia épica e ao mesmo tempo anti-épica, com guerreiros assassinos ganhando consciência e jovens idealistas se deixando levar pelo cinismo e pela crueldade necessária para exercer o poder sobre povos inteiros.

O tema do feminismo na fantasia épica, ou melhor, igualdade de representação de gêneros, que sempre surge na ficção de Abercrombie, é bem abordado nesse livro (e na trilogia), que também consta com as melhores personagens femininas que o Joe já criou, ao meu ver.

Recomendadíssimo, mas aviso que o final, provavelmente, irá subverter as expectativas do leitor. Eu adoro quando isso acontece, mesmo que o final me entristeça um pouco! :)


erika-e-newton-ingles-por-skype

Érika & Newton – Inglês por Skype
Faça uma AULA EXPERIMENTAL GRATUITA!
Aulas TODOS OS DIAS, de 7 às 23 horas!

Érika de Pádua | Professora de Inglês – Aulas por Skype
WhatsApp: (31) 9223-5540 | Skype: erikadepadua@gmail.com
Linkedin: https://goo.gl/2c6QIb

Newton Rocha | Professor de Inglês – Aulas por Skype
WhatsApp: 9143-7388 | Skype: prof.newtonrocha@gmail.com
LinkedIin: https://goo.gl/7rajxF

Visite o nosso Blog Melhore Seu Inglês:
https://melhoreseuingles.wordpress.com/

Curta Nossa página no Facebook:
https://goo.gl/qcPQUK

Nosso Canal no Youtube – Melhore Seu Inglês:
https://goo.gl/KYns5i

4 comentários em “Trilogia do Mar Quebrado – Half a King, Half a World, Half a War de Joe Abercrombie |Jornadas de Amadurecimento na Fantasia Épica Contemporânea! | NITROLEITURAS #resenha

  1. Gosto muito do estilo limpo e sucinto das suas resenhas. Essa série está na minha lista de leituras.

  2. Pretendo ler pelo menos o 1º até o final do ano, Joe Abercrombie é muito foda!

    desbravandolivros.blogspot.com.br/2014/03/resenha-o-poder-da-espada-joe.html

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s