O trash oitentista pós-apocalíptico do TURBO KID, o terror jungiano de BABADOOK + Músicas para Escrever| NITRONEWSLETTER #24

Dois filmes muito bons e algumas músicas que escutei em minhas sessões de escrevinhações!


NITROMOVIES
Turbo Kid (2015) | Dir. François Simard, Canadá 2015 | Humor, Trash, Ficção Científica, Retrô Oitentista-Noventista


SINOPSE
Um adolescente é fascinado por quadrinhos de super-heróis, e vive no mundo da imaginação. Um dia, ele conhece uma garota que também adora HQs, e os dois decidem partir em uma verdadeira missão. Quando o vilão Zeus ameaça a dupla, eles devem provar que possuem mais poderes do que imaginavam.


RESENHA

Ok, esse filme foi feito para alguém como eu, que ADORA FILMES TRASH e que cresceu nos anos 80 em uma dieta de filmes pós-apocalípticos (depois do sucesso de Mad Max, véio, foram trocentos filmes ultra-trash doidimais que surgiam em fitas piratas de VHS aqui em Belzonte).

“Turbo Kid” é uma homenagem ou tributo aos filmes trash e de ação dos anos 80 e início dos 90, além de contar com uma trilha sonora synthwave DOIDIMAIS! Tudo é exagerado,a história não tem pé nem cabeça, mas isso não é o foco. O foco da narrativa é no garoto sobrevivente e viciado em quadrinhos, e o mundo ULTRAVIOLENTO e doidimais que o cerca.
577601

O filme é cheio de detalhes engraçados. É um mundo do filme é semelhante ao da série Mad Max, mas em vez de veículos, os caracteres usar bicicletas BMX, aquelas caloicross tosquérrimas dos anos 80!

Os vilões são bem canastrões e exagerados, muitas referências aos animes dos anos 80, e uma personagem feminina MARAVILHOSA, que rouba a cena todas as vezes que aparece!

Os diálogos são engraçados e cheios de frases de efeito tiradas dos anos 80. O filme parece ter sido feito com pouquíssimo dinheiro, mas esse lance só aumenta o charme toscão do cenário e da narrativa!

Quem curte filmes trash e que não se levam a sério, além de adorar uma nostalgia anos 80, vai adorar “Turbo Kid”.
013041
RECOMENDAÇÃO
Recomendo para…
quem curte nostalgia anos 80.
quem curte filmes trash, com violência ultra-exagerada!
quem curte cenas de ARENA em filmes pós-apocalípticos!
quem curte trilhas synthwave!


BÔNUS STAGE

Olha só a trilha sonora do TURBO KID, feita por um dos grandes nomes do synthwave contemporâneo, o fodásico do LE MATOS!

Link para escutar a trilha completa:
https://lematos.bandcamp.com/


The Babadook (2014) | Dir. Jennifer Kent, Australia | Horror, Drama Psicológico, Drama Feminista, Drama Jungiano


SINOPSE
Seis anos já se passaram desde a morte de seu marido, mas Amelia (Essie Davis) ainda não superou a trágica perda. Ela tem um filho pequeno, o rebelde Samuel (Noah Wiseman), e tem dificuldades para amá-lo. O garoto sonha diariamente com um monstro terrível e ao encontrar um livro chamado “The Babadok” reconhece imediatamente seu pesadelo. Certo de que Babadok deseja matá-lo, o menino começa a agir irracionalmente, para desespero de Amélia.


babadook
RESENHA

Mesmo com cenas assustadoras e muitos sustos, “Babadook” é principalmente um filme de terror psicológico,
que vai criando a tensão por camadas, ao mesmo tempo que trabalha temas de um ponto de vista feminino, como as pressões de uma viúva em cuidar de um filho hiperativo dentro de uma sociedade indiferente ao seu sofrimento. A narrativa segue a tênue linha entre o sobrenatural e a insanidade da protagonista.

É também um filme sobre recalque, sobre o confronto com as partes mais sombrias da psique, e com um desenvolvimento de narrativa bem criativo, mais yin, mais feminino; me lembrou muito as lendas contadas pela Clarissa Pinkola Estes, no clássico sobre lendas e mitologias envolvendo o ponto de vista feminino, o livro “Mulheres que Correm com os Lobos”.

E, além disso tudo, é um filme assustador, que irá agradar os fãs do gênero!

A força de Babadook está na mistura da ameaça sobrenatural com a projeção das paranóias e medos da protagonista em seu filho. O grande terror está no desequilíbrio psicológico da protagonista, que dá o toque realista ao filme e deixa a narrativa mais envolvente.

Para os jungianos de carteirinha como eu, o filme está repleto de símbolos, arquétipos, referências, e tem uma resolução que, acredito que o véio alemão aprovaria totalmente. Tudo que existe na nossa psique, seja os aspectos luninosos quanto os mais sombrios, precisa ser reconhecido e integrado pelo eu consciente, para que se atinja algum tipo de equilíbrio interno. Recalque só termina em desgraça! :)

Tenho também que destacar a performace da atriz Essie Davis como a mãe Amelia, é uma das razões do sucesso do filme. Impressionante, se o gênero de horror não fosse tão subestimado pelos críticos, Essie mereceria um prêmio pela sua atuação. O menino Noah Wiseman, como Samuel, também merece elogios, a diretora soube fazer bem o casting.


RECOMENDAÇÃO
Recomendo para quem:
Curte filmes de horror psicológico como “O Bebê de Rosemaire”
Curte filmes de horror histórias inteligentes.
Curte filmes de dramas femininos.
Curte filmes de horror envolvendo fantasias infantis.
Pode aguentar algumas cenas mais gráficas ou de violência e ameaça contra crianças.

E recomendo assistir de noite, bem de noitão, para sentir mais o MEDÃO DOIDIMAIS!


NITROMUSIC

COLETÂNEA DE SYNTWAVE! | Synthwave, Música Eletrônica, Música para Escrever, Instrumental, Retrô Anos 80

1 hora e 30 minutos de synthwave, só faixa doidimais, de música eletrônica estilão anos 80! Olha só o playlist!

0:00 – OGRE – Always Outnumbered
4:30 – Daniel Deluxe – Star Eater
9:00 – PALM KILL by ACTION JACKSON
12:28 – Aysyne – Sound The Alarm
16:55 – LazerHawk – King of The Streets
21:57 – Midnight Static – Midnight Drive
24:10 – Kirk Gadget – Intruder
30:26 – MITCH MURDER – In The News
35:42 – Powernerd – Dystopia
39:47 – Sellorekt-The Shadows Of The Night
44:39 – Sferro – Come With Me
49:23 – D.Notive – Rescue 911 Theme
52:29 – The MK Project – XW-101
55:55 – Space Toast – Dawn Of The Retron
59:50 – VHS Dreams – Nightdrive
1:04:00 – Jordan F – Mesmerised (feat. Dana Jean Phoenix )
1:08:40 – Cobra Strike Force – Vantage Point
1:14:28 – Starforce – Oblivion
1:19:02 – Megahammer – The Winner
1:22:36 – Vulta – It Was Underground The Whole Time
1:27:24 – RSR – Traveler


BLOODBORNE – Trilha Sonora Completa | Trilha Sonora de Games, Gótico, Instrumental

Uma das melhores trilhas sonoras góticas e medonhas dos últimos tempos, achei até melhor do que a do Diablo 3. Música sombria, sons medonhos, muito suspense e terror! Recomendo!



Pillars of Eternity Soundtrack
| Trilha Sonora de Game, Trilha de Fantasia, Música Épica e Inspiradora

Uma trilha inspiradora e com um toque bem “old school”, como o jogo! Excelente para escrever fantasia épica!


The Dark Crystal Movie Soundtrack – Trevor Jones | Trilha Sonora, Fantasia, Anos 80

Descoberta recente, uma trilha inspiradora, direto dos anos 80, de um dos filmes de fantasia mais maravilhosos de todos os tempos! Trevor Jones é um gênio, pena que não ficou tão famoso quanto seu contemporâneo John Williams!


Philippe Jaroussky & Ensemble Artaserse – Vivaldi’s Stabat Mater & Longe Mala – Wigmore Hall – Trevor Jones | Música Clássica, Música Sacra, Vivaldi

Um exemplo da música sacra maravilhosa do Vivaldi, escutei “Stabat Mater” pela primeira vez nessa semana, lindo de morrer!


erika-e-newton-ingles-por-skype

Érika & Newton – Inglês por Skype
Faça uma AULA EXPERIMENTAL GRATUITA!
Aulas TODOS OS DIAS, de 7 às 23 horas!

Érika de Pádua | Professora de Inglês – Aulas por Skype
WhatsApp: (31) 9223-5540 | Skype: erikadepadua@gmail.com
Linkedin: https://goo.gl/2c6QIb

Newton Rocha | Professor de Inglês – Aulas por Skype
WhatsApp: 9143-7388 | Skype: prof.newtonrocha@gmail.com
LinkedIin: https://goo.gl/7rajxF

Visite o nosso Blog Melhore Seu Inglês:
https://melhoreseuingles.wordpress.com/

Curta Nossa página no Facebook:
https://goo.gl/qcPQUK

Nosso Canal no Youtube – Melhore Seu Inglês:
https://goo.gl/KYns5i

2 comentários em “O trash oitentista pós-apocalíptico do TURBO KID, o terror jungiano de BABADOOK + Músicas para Escrever| NITRONEWSLETTER #24

  1. Que proposta mais insana essa de Turbo Kid! Eu não sabia sobre esse filme ainda, passei batido nas noticias sobre ele, mas depois dessa postagem eu tenho que assistir o quanto antes. Muito louco :o
    Sobre Babadook: Fico com a cabeça perturbada toda vez que assisto, mas já vi umas 5 vezes, haha :D
    Curti muito a postagem :D

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s