O Cavaleiro dos Sete Reinos – George R. R. Martin | Um "Dom Quixote" jovem e grandão e um "Sancho Pança" menino, careca e targaryen!

Terminando a minha releitura de tudo que o Tio Martin escreveu sobre Westeros, acompanhei novamente as aventuras deliciosas de Dunk e de Egg!

91V8LXo7jUL (1)
O Cavaleiro dos Sete Reinos – “A Knight of the Seven Kingdoms” (The Tales of Dunk and Egg #1-3) – George R.R. Martin | Bantam, 2013 | 355 páginas | Lido de 22.05.16 a 24.05.16 | NITROLEITURAS

SINOPSE

Duzentos anos após a Conquista, a dinastia Targaryen vive seu auge. Os Sete Reinos de Westeros atravessam um tempo de relativa paz, nos últimos anos do reinado do Bom Rei Daeron.
 
É neste cenário que Dunk, um menino pobre da Baixada das Pulgas, tem uma chance única: deixar a vida miserável em Porto Real para se tornar escudeiro de um cavaleiro andante.
Quando adulto, o cavaleiro morre e Dunk decide tomar seu lugar e fazer fama no torneio de Campina de Vaufreixo.
 
É quando conhece Egg, um menino de dez anos, cabeça totalmente raspada, que é muito mais do que aparenta ser. Dunk aceita Egg como seu escudeiro e, juntos, viajam por Westeros em busca de trabalho e aventuras. Uma grande amizade nasce entre eles – uma amizade pela vida toda, mesmo quando, anos mais tarde, os dois personagens assumem papéis centrais na estrutura de poder dos Sete Reinos.
 
As aventuras de Dunk e Egg trazem para os fãs de As Crônicas de Gelo e Fogo a oportunidade única de vivenciar outro momento da história de Westeros, de conhecer e analisar fatos que teriam desdobramentos noventa anos depois, na guerra dos tronos.

RESENHA

George Martin, antes de virar um super-mega-star da literatura contemporânea de fantasia, ficou muito famoso no meio super-nerd da Ficção Científica e Especulativa americana dos anos 70, com contos e noveletas ganhando trocentos prêmios, como Hugos, Nebulas e o escambau. Ele começou a escrever romances bem mais tarde, já com a reputação de contista bem estabelecida. E, ao meu ver, continua sendo um autor fenomenal em narrativas de arcos mais curtos.
Atrevo até a dizer, que, sua gigantesca Canção do Fogo e do Gelo é, na verdade, uma série de noveletas de diversos personagens unificadas pelo mundo que compartilham e pelo modo como essas narrativas se entrelaçam. O modo como ele lida com os personagens POVs na Canção do Fogo e do Gelo já mostra a origem de sua prosa na noveleta ou no conto, é possível ler muitos dos capítulos como contos independentes, por exemplo.
Resumindo, o cara manda muito bem em narrativas mais curtas. E isso é evidente em “O Cavaleiro dos Sete Reinos”, que traz três episódios da dupla Dunk e Egg, o Dom Quixote e Sancho Pança do Martin.
As histórias lidam com as aventuras de um cavaleiro andante e seu escudeiro, mostrando tanto o lado do povão quanto o lado dos lordes do mundo de Westeros. As histórias são deliciosas, com a prosa direta e imersiva do Martin, sua moralidade mais cinza e sua excelente caracterização de personagens.
As narrativas focam nas intrigas políticas de um mundo medieval, com toques românticos e uma narrativa de amadurecimento, tanto do cavaleiro Dunk, que é bem jovem, quanto de seu escudeiro Egg. Conflitos sobre questões de honra de um cavaleiro, ser ou não um traidor do reino, também dão mais profundidade para as aventuras.

Cada história entram dentro de uma estrutura de investigação, onde os dois protagonistas econtram um mistério e, ao longo da narrativa, acabam fazendo descobertas incríveis. É um livro ideal para quem queira conhecer o mundo de Westeros mas ainda não teve coragem de enfrentar os tijolões da Canção do Fogo e do Gelo.

A realidade política do mundo feudal é tratada com todo o detalhismo que trouxe fama ao Tio Martin. Notei uma grande influência da literatura épica do Sir Walter Scott (o cara que escreveu “Ivanhoé”) e Robert Louis Stevenson (o mestre criador do romance de aventura mais perfeito de todos os tempos, “A Ilha do Tesouro”). As lealdades são flexíveis, rebeliões contra o reinado fervilham por todos os lados, com as frustrações dos perdedores gestando futuras rebeliões no futuro.

Lendo tive um delírio acordado, e imaginei uma tese maluca e alucinógena de literatura, comparar o Dunk and Egg com o Dom Quixote e o Sancho Pança!


RECOMENDAÇÃO

Recomendo “O Cavaleiro dos Sete Reinos” para quem:

Curte romances de cavalaria com um toque “old school”

Curte os quadrinhos do Príncipe Valente e queira ver uma versão mais “moderna”.

Queira conhecer o mundo do Game of Thrones com uma narrativa mais acessível.

Curte narrativas medievais gostosas de se ler, que te transporta para um outro mundo.

Curte personagens bem construídos e histórias que misturam mistério com ação.


CITAÇÕES

Algumas passagens que curti nesse livro:


“_ Quantos anos você tinha quando segurou uma espada pela primeira vez?
– Eu era pequeno, sor. A espada era feita de madeira.
– Meninos do povo lutam com espadas de madeira também, só que as deles são paus e galhos quebrados. Egg, esses homens podem parecer tolos para você. Eles não vão saber os nomes corretos para as partes da armadura, ou os brasões das Grandes Casas, ou que rei aboliu o direito do senhor à primeira noite… mas trate-os com respeito do mesmo jeito. Você é um escudeiro de sangue nobre, mas ainda é um garoto. A maior parte deles será de homens adultos. Um homem tem seu orgulho, não importa o quão baixo seja seu nascimento. Você pareceria perdido e estúpido da mesma maneira nos vilarejos deles. Se duvida disso, vá arar uma terra ou tosquiar uma ovelha e me diga os nomes de todas as ervas daninhas e flores silvestres do Bosque de Wat.”

“A Espada Juramentada” | O Cavaleiro dos Sete Reinos – George R.R. Martin


“– Sor Quentyn morreu no Campo do Capim-Vermelho?
– Antes, sor – Egg respondeu. – Um arqueiro colocou uma flecha na garganta dele enquanto ele desmontava perto de um córrego para tomar água. Um homem comum qualquer, ninguém sabe quem foi.
– Esses homens comuns podem ser perigosos quando colocam na cabeça que devem começar a matar senhores e heróis.”

“O Cavaleiro Misterioso” | O Cavaleiro dos Sete Reinos – George R.R. Martin

 


“Seis ajudantes de cozinha empurravam a torta pela porta, em cima de um carrinho amplo. A torta era marrom, crocante e imensa, e havia ruídos vindo de dentro dela, guinchos, grasnidos e pancadas. O senhor e a senhora Butterwell desceram do estrado para ir até a torta, de espada na mão. Quando a cortaram, meia centena de pássaros irromperam, voando pelo salão. Nos outros banquetes de casamento em que Dunk estivera, as tortas eram recheadas com pombos ou passarinhos, mas dentro desta havia gaios-azuis, cotovias, pombos, sabiás e rouxinóis, pequenos pardais marrons e uma grande arara-vermelha.
– Vinte e um tipos de pássaros – comentou Sor Kyle.
– Vinte e um tipos de cocôs de pássaros – complementou Sor Maynard.
– Você não tem poesia no coração, sor.
– Você tem merda sobre os ombros.
– Esse é o jeito correto de rechear uma torta – Sor Kyle fungou, limpando sua túnica. – Essa torta representa o casamento, e um casamento de verdade tem muitos tipos de coisas… alegrias e tristezas, dor e prazer, amor, luxúria e lealdade. Então é adequado que haja vários tipos de pássaros. Nenhum homem sabe de verdade o que uma nova esposa lhe trará.”

 “O Cavaleiro Misterioso”| O Cavaleiro dos Sete Reinos – George R.R. Martin


ILUSTRAÇÕES DO LIVRO

Olhem só que coisas lindas!

gary-gianni-art IMG_2385 Martin_Knight7Kingdoms_p65-630x471 Martin_Knight7Kingdoms_title Portada Ficción 056 - El caballero de los Siete Reinos 1.0 The-Hedge-Knight tumblr_nrw2p1HYUw1r2xrqzo1_500 tumblr_nvs8dnDThC1u2n5cyo1_500 tumblr_nvs9uePDTu1u2n5cyo1_540 tumblr_nvsbbpk8Ev1u2n5cyo1_500 tumblr_nwo1uzYH7T1r2xrqzo1_1280


PRÓXIMA LEITURA

Saindo da literatura de fantasia, finalmente chego, na minha lista de leitura, à um livro que tenho namorado a muuuuito tempo; o maravilhoso, famosérrimo CRIAÇÃO, de Gore Vidal, uma viagem ao século V antes de Cristo, uma época especial na história da humanidade (Buda, Confúcio, Sócrates, e uma galera doida demais coexistindo ao mesmo tempo!).


erika-e-newton-ingles-por-skype

Érika & Newton – Inglês por Skype
Faça uma AULA EXPERIMENTAL GRATUITA!
Aulas TODOS OS DIAS, de 7 às 23 horas!

Érika de Pádua | Professora de Inglês – Aulas por Skype
WhatsApp: (31) 9223-5540 | Skype: erikadepadua@gmail.com
Linkedin: https://goo.gl/2c6QIb

Newton Rocha | Professor de Inglês – Aulas por Skype
WhatsApp: 9143-7388 | Skype: prof.newtonrocha@gmail.com
LinkedIin: https://goo.gl/7rajxF

Visite o nosso Blog Melhore Seu Inglês:
https://melhoreseuingles.wordpress.com/

Curta Nossa página no Facebook:
https://goo.gl/qcPQUK

Nosso Canal no Youtube – Melhore Seu Inglês:
https://goo.gl/KYns5i

4 comentários em “O Cavaleiro dos Sete Reinos – George R. R. Martin | Um "Dom Quixote" jovem e grandão e um "Sancho Pança" menino, careca e targaryen!

  1. Muito legal sua análise. Aprende-se muito. Excelente as ilustrações.
    Vc lê e escreve muito. Demais. Doidimais, como vc escreve.
    Saudade das análises ou resenhas do teu livro o Marca da Caveira. Gosto muito, aprende-se muito.
    Sugestão; se vc junta-se todas as matérias que vc fez até agora, seria interessante de ver.

    Uma pergunta que não tem muito haver com isso, ou tem:
    Se te convidassem para escrever a continuação de um livro que não é teu, vc faria?
    Pergunto isso, pq achei doidimais o David Lagercarntz aceitar o desafio de escrever a continuação da série Millennium de Stieg Larson. (Tudo bem. Ele deve ter sido muito bem pago) Sei que na literatura estrangeira acontece muito isso.
    Fico imaginando o desafio de escrever um livro assim.
    O desafio de uma continuação em si já um desafio, ainda mais quando é de um autor consagrado, uma história que originalmente não é tua, com milhões de fãs pelo mundo. Precisa ser fera demais na escrita. Sei lá.

  2. Valeu Drax! :) Acho que aceitaria sim, depende muito do projeto. Seria um desafio e tanto! :D

    Quanto ao Marca, ainda tem muita reescrita ainda pela frente, mas sai ainda esse ano. Será um livro bem grandinho, mas estou muito feliz com ele! :D Valeu pelo comentário!

  3. Obrigado pela resposta. Agradeço pela consideração. Que dê tudo certo com a conclusão do teu livro.

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s