O CRIME DO PADRE AMARO – Eça de Queiroz | A Hipocrisia Religiosa e o Egoísmo Humano! |NITROLEITURAS #resenhas

Um livro delicioso de se ler, ácido, com a prosa perfeita e enxuta do Mestre Queiroz, uma aula de construção de personagem, e que me deixa a certeza absoluta de que, em uma realidade paralela, eu faria uma adaptação cinematográfica do Crime do Padre Amaron com o Paulo César Pereio (aos 30 anos, no começo dos anos 70 no cinema doidimais da Boca do Lixo) como padre mais safado da literatura mundial!

SINOPSE

O Crime do Padre Amaro é uma das obras do escritor português Eça de Queirós mais difundidas por todo o mundo. Trata-se de uma obra polêmica, que causou protestos da Igreja Católica, ao ser publicada em 1875, em Portugal.

Esta obra é mais um documento humano e social do país e da sua época escrito com a maestria de Eça de Queirós. É também a primeira realização artística do realismo português.

Trata do romance entre Amaro e a jovem Amélia, que surge num ambiente em que o próprio papel da religião é alvo de grandes discussões e a moralidade de cada um é posta à prova. Enquanto a trágica história de amor se desenvolve, personagens secundários travam instigantes debates sobre o papel da fé.

Eça de Queirós terá aproveitado o facto de ser nomeado administrador do conselho de Leiria para aí durante seis meses, conhecer e estudar aquele que seria o cenário de O Crime do Padre Amaro, uma obra que mais de cem anos depois mantém o interesse de diferentes gerações.

Com a chegada de um novo pároco à cidade, o mesmo passa a frequentar a casa de Amélia. Ambos nutrem uma paixão que não pode ser consumada devido à batina. A solução encontrada foi o encontro as escondidas. Esse caso resulta numa gravidez inesperada, que é a causa da morte de Amélia. Após sua morte, Amaro vai embora da cidade, mas não abandona a batina.

1491x1988sr

RESENHA

Eça de Queiroz é um dos maiores mestres da prosa em língua portuguesa, no meu top 10, no meu ranking pessoal de monstros da literatura, ele vem junto com o Machadão, pau a pau na perícia narrativa.

Porém, existem muitos livros do mestre de Lisboa que ainda não tinha lido. E o Crime do Padre Amaro era um deles, e agora, depois de lido, acredito que seja a obra prima do Eça, até mais poderoso do que o fantástico Os Maias.

Para variar, é uma pena que o pessoal força a leitura do Crime do Padre Amaro pela guela das hordas infinitas que fazem vestibulares pelo Brasil. Odeio essa pressão, literatura tem que ser lida por prazer, seria muito melhor deixar o pessoal ler o que quiser, fomentar a leitura pelo amor da leitura.

Mesmo assim, o Crime do Padre Amaro continua sendo uma história de agarrar qualquer leitor, apesar do estilo que parecer ser mais antiquado para alguns; estilo aliás que eu adorei, senti até que o estilo do Eça, tirando alguns arcaísmos óbvios do período, bem leve e cinematográfico, mesmo antes do cinema existir para valer.

O livro mistura uma história de relações ilícitas entre um padre e uma crente, com toques de melodrama mas com toda a acidez e realismo do estilo naturalista de Eça, bem aos modos de Emile Zola e Flaubert. A história, atualíssima, critica a instituição cruel e sem sentido do celibato religioso, e principalmente o abuso de poder dos clérigos e a influência da igreja dentro de um mundo tentando ser cada vez mais secular.

O livro é também um retrato da vida de uma cidade pequena do interior de Portugal, em 1870, com uma religiosidade que, a mim, pareceu muito semelhante a que presenciei no interior de Minas Gerais, na minha mocidade.

A ilusão da vida bucólica do interior é quebrada pela atmosfera claustrofóbica de medo e desconfiança que Eça cria dentro do romance, uma atmosfera que eu mesmo já presencei, ainda hoje, dentro de comunidades mais religiosas quando um de seus membros é suspeito de ter cometido alguma falta grave.

O Crime do Padre Amaro oferece uma crítica dura, mas lúcida do egoísmo humano e é um dos mais interessantes tratados sobre a hipocrisia do machismo, lido hoje em dia, no século 21, fica explícito o universo machista e patriarcal que gera monstros como Amaro e vítimas como Amélia.

Eça é fabuloso, seu humor cínico só encontra rival em Machado de Assis, sua narrativa é cristalina e merece ser estudada por amantes da escrita, e as interações sociais de seus personagens, mesmos que muitos deles desenhados com características exageradas, servem para ilustrar claramente a fragilidade da moral humana e de como o poder, qualquer tipo de poder, seja eclesiástico, poder de mídia, ou governamental, acaba corrompendo mentes, distorcendo intenções e exacerbando as vaidades e os egoísmos pessoais.

Recomendado para todo mundo, quem curte romance vai curtir as partes mais picantes, quem curte crítica social ou discussões filosóficas sobre o pensamento religioso versos o pensamento secular vai adorar as conversas que acontecem no livro. Clássico de leitura obrigatória!

O CRIME DO PADRE AMARO – Eça de Queiroz | NITROLEITURAS | Centaur, 2013, 446 pgs. (1ªed, 1875).

Período de Leitura: 5 a 6 de Novembro

Onde Comprar

Amazon: http://www.amazon.com.br/dp/B00DSCQFXI


PRÓXIMA LEITURAS

MARCA DA CAVEIRA – PARTE 1 a 3 – (Trilogia Legião #1) – Newton Nitro | NITROLEITURAS | 420 pgs. 114.000 palavras (Versão Final – Pré-Betas!)

Uma leitura de fio a pavio das partes finalizadas do meu romance, para dar aquela importantíssima visão geral e o sempre necessário enxugamento de prosa, e engatar na reescrita das 3 partes que restam. Minha meta é terminar esse livro esse ano, para lançar ano que vem!

CUT TO THE CHASE – GUIA DE ROTEIRO DA UCLA – Linda Venis (org.) | NITROLEITURA |  Gotham, 2023. 400 pgs.

cut to the chase - cover

Voltando para a minha leitura periódica de dicas e técnicas narrativas, finalmente cheguei nesse livro que é considerado uma bíblia para roteiristas. Já vale só pelas dicas sobre diálogos, na resenha devo colocar algumas anotações que fiz da leitura do CUT TO THE CHASE!

SINOPSE

Milhões de pessoas sonho de escrever um roteiro, mas não sabem como começar, ou pessoas que já estão trabalhando em um script, mas estão com dificuldades e precisando de alguns conselhos, encontrarão uma enorme ajuda nesse guia fantástico, baseado no melhor programa de formação de roteiristas do mundo, o UCLA Extension Writers’ Program.

Cut to the Chase é composto de vários artigos, e guias,  escritos por roteiristas profissionais que ensinam no programa UCLA Extension para Roteiristas. Todos os autores são roteiristas premiados, com diversos filmes já produzidos pelos estúdios de Hollywood!

Onde Comprar

Amazon: http://amzn.com/B00BPDN346


erika e newton ingles por skype - imagem no final de vídeo

Érika & Newton – Inglês por Skype
Faça uma AULA EXPERIMENTAL GRATUITA!
Aulas TODOS OS DIAS, de 7 às 23 horas!

Érika de Pádua | Professora de Inglês – Aulas por Skype
WhatsApp: (31) 9223-5540 | Skype: erikadepadua@gmail.com
Linkedin: https://goo.gl/2c6QIb

Newton Rocha | Professor de Inglês – Aulas por Skype
WhatsApp: 9143-7388 | Skype: prof.newtonrocha@gmail.com
LinkedIin: https://goo.gl/7rajxF

Visite o nosso Blog Melhore Seu Inglês:https://melhoreseuingles.wordpress.com/
Curta Nossa página no Facebook:
https://goo.gl/qcPQUK
Se inscreva no nosso Canal no Youtube – Melhore Seu Inglês:https://goo.gl/KYns5i

 

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s