Um excelente romance de fantasia brutal, adulta e de inspiração africana, da nova safra de escritores brasileiros de literatura de especulação, que tem tudo para agradar os amantes de narrativas épicas de espada e magia!

SINOPSE

Um Imperador reina absoluto há séculos, mas toda dinastia chega ao seu fim. Conheça o Império de Diamante: um reino eterno que conquistou e suprimiu várias culturas de Myambe, o continente original da Humanidade. Protegido por um exército com poderes incríveis, o Imperador governa com sabedoria e há quem diga que possa conceder talentos sobrenaturais a quem desejar. Mas agora sua decadência parece inevitável. Vinte anos após a última conquista, ninguém sabe do Imperador.

O governo lentamente abandona as províncias mais distantes à mercê de uma seca avassaladora. O povo implora por socorro, mas não há ajuda. Em meio à crise, quatro indivíduos com objetivos diferentes acabam envolvidos na trama que pode revelar os segredos deste homem tão poderoso.

Forçados a depender uns dos outros para alcançar seus propósitos, qual será o papel desse inusitado grupo na história do Império de Diamante?

Império de Diamante_cover

RESENHA

Pelas leituras que fiz nos últimos dez anos, contando a partir do lançamento de O INIMIGO DO MUNDO, de Leonel Caldela em 2004, a literatura  de fantasia épica brasileira tem passado por uma espécie de Renascença tropical, com títulos excelentes sendo lançados todos os anos. E vejo também, a cada título, um amadurecimento nos nosso escritores, que começam a ousar mais dentro das estruturas narrativas da literatura de espada e magia.

O IMPÉRIO DE DIAMANTE, de J.M. Beraldo traz para a nossa literatura um proposta de cenário bem interessante, o Reino de Myambe, que se inspira nas antigos reinos africanos, fugindo da tradicional inspiração europeia da fantasia medieval.

Map_Myambe

Eu conheço o trabalho do J.M. Beraldo desde seu primeiro livro, o Véu da Verdade, uma Space Opera muito divertida. Ele tem um site pessoal fodásico, recomendo a visita, tem muita coisa legal lá, o Beraldo trabalha com videogames, RPG e trocentas coisas mais!

E nesse livro o escritor se superou, mostrando uma prosa amadurecida, com bom timing de cenas, ágil e de certa forma complexa, intercalando os pontos de vista de três protagonistas de maneira hábil e fazendo o leitor experienciar o mundo de Myambe. E esse é o ponto forte do livro e um dos elementos básicos de qualquer narrativa de fantasia, dar a experiência de imersão do leitor em um mundo diferente do dele.

O cenário de Myambe é muito bem construído e detalhado, com elementos de diversas culturas africanas retrabalhados. O ambiente é bem diferente do medieval tradicional, é um mundo quente, de comidas tropicais como banana verde frita, frutas e vinho de palmeira. O cenário é integrante e importantíssimo para a história, o romance é, essencialmente, mais do que os protagonistas, é sobre o próprio Império de Diamante, assim como diz o título. Curti muito.

É um cenário brutal, cruel exótico e ao mesmo tempo familiar. Um mundo patriarcal e machista ao extremo, onde as mulheres são apenas serviçais ou objetos de desejo, e os homens controlam praticamente tudo.  Parece ter sido inspirado em várias culturas africanas antigas, como o Egito Antigo e seus Faraós-Deuses, o Reino da Numídia, Império da Etiópia, entre vários outros. Eu adorei, sou absolutamente fascinado por essas civilizações.

A narrativa é contada através do ponto de vista fechado, em terceira pessoa, de três personagens masculinos. Dos três, gostei muito de Rais Kasim, um mercenário que acaba envolvido, contra sua vontade, nas tramas do Império Diamante. Um personagem com conflitos internos e que é bem desenvolvido na trama. Os outros dois, um sacerdote e um governante, oferecem pontos de vistas diferentes o que acrescentou muito na construção da história.

IMPÉRIO DE DIAMANTE, além de muita aventura, ação épica, políticas imperiais, assassinatos, explorações de mistérios e reviravoltas de trama, aborda principalmente a relação problemática entre a religião e os fatos históricos, de como líderes carismáticos dependem da manipulação da história para manterem suas imagens perante aos que os seguem. E, além disso,  a irracionalidade do fervor religioso quando levado ao extremo. É uma fantasia adulta e ambígua, amoral ou de moralidade flexível, e bem violenta.

A prosa é bem direta, e, apesar de ter bastante exposição, o que é impossível de evitar principalmente quando o cenário é bem diferente do que o leitor costuma ler em literatura de fantasia, é de leitura fluida e agradável. E bem cinematográfica, o que eu curto muito!

A trama é um dos destaques, bem amarrada, com direito a reviravoltas e revelações, com base em pistas espalhadas ao longo da narrativa.

Gostei muito da parte mística do cenário e dos sistemas de magia, principalmente os que envolvem os Primogênitos, os guerreiros místicos do Imperador Deus do Império Diamante. As cenas de combate são bem épicas.

Fica a recomendação, um excelente livro de fantasia nacional, com trama enxuta e um protagonista bem durão, casca-grossa doidimais como o Rais Kasim, e que, no final, deixa a vontade de ler os próximos livros da série!

RECOMENADO PARA QUEM:

  • Curte narrativas de fantasia brutal épica, com cenas de combate, magia, muita violência e guerreiros se pegando na porrada!
  • Quem quer uma variação interessante, divertida e de trama amarradinha da tradicional fantasia medieval.
  • Quem curte as antigas civilizações africanas.
  • Quem curte histórias de espada e magia mais ambíguas, amorais e com reviravoltas de roteiro.

NITROLEITURAS: IMPÉRIO DE DIAMANTE – J.M. Beraldo (2015, Ed. Draco, 309 pgs.)| Fantasia de Inspiração Africana!

Período de Leitura: 29.08.2015 a 31.08.2015

Site do Escritor – J.M. Beraldo

http://www.jmberaldo.com/

Onde Comprar:

Site da Editora Draco

Amazon | Kobo | Saraiva |Cultura | Travessa | Google |Apple

PRÓXIMA LEITURA:

CLÁUDIO, O DEUS – Robert Graves – (1934, Ed. Girafa, 480 pgs) 

De volta para o fantástico Robert Graves, com o segundo livro sobre o Imperador Cláudio. Estou lendo no original em inglês, em uma edição especial da Vintage, mas descobri que a Editora Girafa publicou essa obra prima do romance histórico aqui no Brasil, em 2004, então fica o link para quem tiver sorte de encontrar!

SINOPSE:

Esta obra, embora seja de ficção, proporciona informações sobre o funcionamento do estado romano, o grau de cultura alcançado nessa civilização, e traz, ainda, uma análise sobre a conquista do poder absoluto e as terríveis conseqüências que ele desencadeia. Tibério Cláudio César, um aleijado, gago e um presumível tolo, descendente de Augusto, vai se tornar Imperador dos romanos, e surpreendentemente realizará conquistas marcantes. Este é o tema central deste segundo volume, que conta as intrigas palacianas, as conspirações de um senado quase sempre corrupto e subserviente, os acordos e os amores lascivos dos personagens, que ansiavam pela permanência no poder, pontuados pelos atos heróicos de comandantes e soldados profissionalmente treinados para a conquista.

E vamos ler porque ler é doidimais!

___________________________________
Érika & Newton – Inglês por Skype – Também fazemos TRADUÇÕES
Faça uma AULA EXPERIMENTAL GRATUITA!
Aulas TODOS OS DIAS, de 7 às 23 horas!

Curta Nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/erikaenewton
Visite o nosso Blog Melhore Seu Inglês: https://melhoreseuingles.wordpress.com/
Se inscreva no nosso Canal no Youtube – Melhore Seu Inglês: https://goo.gl/KYns5i

Érika de Pádua | Professora de Inglês – Aulas por Skype
WhatsApp: (31) 9223-5540 | Skype: erikadepadua@gmail.com
Linkedin: https://goo.gl/2c6QIb
Facebook: https://goo.gl/mqP5RK
Google +: https://goo.gl/bLjuCx

Newton Rocha | Professor de Inglês – Aulas por Skype
WhatsApp: 9143-7388 | Skype: prof.newtonrocha@gmail.com
LinkedIin: https://goo.gl/7rajxF
Facebook: https://goo.gl/aokHM1
Twitter: https://twitter.com/tionitro
Google +: https://goo.gl/J35qE8
Youtube Canal Nitroblog: https://goo.gl/ti9rs5

Anúncios