Reaper's Gale, de Steven Erickson, Malazan #7 – O Apodrecimento de um Império e o Poder da Corrupção #resenha

E sigo em frente com uma das séries mais revolucionárias da literatura de fantasia contemporânea. Malazan é um desafio literário, uma série de fantasia que quebra todas as barreiras entre a dita “alta literatura” e a literatura de gênero de fantasia. Steven Erickson é um “assimilacionista”, incorporando os desenvolvimentos do que se costumava chamar de “literatura pós-moderna” dentro do gênero de fantasia, e com isso, criando algo novo e desafiador.

Reaper's Gale SFBC

Um aviso, como sempre em minhas resenhas, evitei qualquer tipo de spoiler / revelação central das tramas dos livros, mas é impossível evitar de citar alguns dos desenvolvimentos da história. Assim, o leitor fica avisado. Eu gosto de ler resenhas de livros para ter uma noção do que se trata a história (e nunca liguei para spoilers, já descobri há muito tempo que o prazer de uma história bem escrita está mais no modo como ela é contada do que em suas revelações).

Para quem ainda não conhece a série Malazan, recomendo ler as resenhas que eu fiz sobre os livros anteriores. Elas podem ser lidas nesses links:

Eu fiz um vídeo falando da série em geral nesse link:
http://tionitroblog.wordpress.com/2012/07/23/nitrobooks-a-serie-malazan-e-o-papel-da-historia-em-cenarios-de-fantasia/

Resenha do Malazan Vol. 5 – Midnight Tides
http://tionitroblog.wordpress.com/2013/07/10/resenha-midnight-tides-de-steven-erickson-malazan-5-fantasia-epica-nao-escapista-nitroblog/

Resenha do Malazan Vol. 6 – Bonehunters
http://tionitroblog.wordpress.com/2013/12/13/bonehunters-malazan-6-a-complexidade-epica-de-uma-obra-prima-da-fantasia-resenha/

É difícil resenhar uma série tão complexa quanto Malazan, mas como cada livro tem um foco narrativo, vou tentar abordar qual é o aspecto focado em Reaper’s Gale.

Antes vamos ver o que aconteceu em cada um dos livros anteriores.

Em Malazan #1 – Gardens of the Moon, vejos a queda de Darujhistan como parte da conquista do Império Malazan do continente de Genabackis.

Em Malazan #2, Deadhouse Gates, nós vemos as Seven Cities se levantarem em uma revolta contra o domínio Malazan com a Whirlwind Rebellion.

Malazan #3, Memories of Ice, vemos a resposta do Império Malazan contra a ameaça (medonha por sinal) do Pannion Domin em Genabackis.

Malazan #4, House of Chains, conhecemos o personagem mais doidimais da série, o bárbaro megamass Karsa Oorlong e vemos o seu papel dentro da Whirlwind Rebellion e na House of Chains, parte do plano do grande vilão de toda a saga, o Crippled God de ser aceito na marra pelos outros deuses do mundo da saga.

Malazan #5, Midnight Tides, narra a ascensão do Imperador das Mil Mortes e seus Tiste Edur na guerra e posterior controle do Império de Lether, um império que também ameaça o Império Malazan.

Malazan #6, The Bonehunters, os Malazans confrontam os restos do Exército do Apocalipse da Whirlwind Rebellion nas Seven Cities e partem para enfrentar a ameaça dos Tiste Edur e o Imperador das Mil Mortes em Lether.

E a influência do Crippled God e a asceção do poder de sua House of Chains unifica todos os livros anteriores (cada um com 1000 a 1300 páginas cada, trocentos personagens, tramas paralelas que se cruzam, deuses antigos sendo mortos, novos deuses surgindo, mercenários amorais para todo o lado, morte, destruição, e o escambau). É uma obra insana, um feito da literatura mundial e, por causa de sua complexidade, não é de fácil acesso ao grande público.

Mas como compensa o esforço de decifrar essa insanidade!

Como eu tenho um cérebro normal e que está envelhecendo a cada dia, leio esses livros consultando esse dois sites:

http://malazan.wikia.com/wiki/Malazan_Wiki Enciclopédia Malazan Online, muito boa!

http://forum.malazanempire.com/ Fórum Oficial Malazan

E recomendo para os que se desejam ler e curtir a série Malazan! :)

E vamos ao Reaper’s Gale:

Capa Européia do Reaper's Gale, com o Imperador das Mil Mortes
Capa Européia do Reaper’s Gale, com o Imperador das Mil Mortes
Galera Doidimais da Série Malazan! Só pedreira!
Galera Doidimais da Série Malazan! Só pedreira!
Karsa Orlong, o Toblakai - 4 Pulmões, 2 corações, gigante, imune a magia, regeneração nível Wolverine!
Karsa Orlong, o Toblakai – 4 Pulmões, 2 corações, gigante, imune a magia, regeneração nível Wolverine!
Paran, o Mestre dos Decks!
Paran, o Mestre dos Decks!

Map_Empire_of_Lether

Ruin_by_slaine69 (1)

REAPER’S GALE, O PODER DA CORRUPÇÃO

Esse é um dos maiores livros da série, 1.200 páginas com várias tramas paralelas que, quase por milagre, se entrecruzam TODAS! Steven Erickson continua a manter o alto nível de seu texto, que possui grande qualidade literária, trabalhando em vários níveis (ritmo, sonoridade, metáfora, ritmo) mesmo com a quantidade gigantesca de palavras.

Eu gostei mais desse livro do que do Bonehunters, o livro anterior. Muitas das tramas são fechadas de maneira satisfatória, e senti que Steven resolveu secar mais a trama para concluir tudo nos próximos três livros da saga.

Muitos personagens da série que estavam desaparecidos desde os últimos dois livros retornam, dando um ar de nostalgia para os fãs de Gardens of the Moon.

O foco em Reaper’s Gale é a derrocada do Império de Lether, um evento complexo que envolve diversas guerras e uma convergência de poderes. O Império Malazan despeja sua vingança no Imperador das Mil Mortes, ao mesmo tempo que uma série de rebeliões e catástrofres acontecem como desenvolvimento e conclusão de tramas iniciadas no Malazan #5: Midnight Tides. E o que impressiona é a confiança que o Steven passa na escrita, ao ler, apesar da complexidade, tem-se a sensação que o autor sabe exatamente o que está fazendo e para onde quer levar a trama. Isso é para mim um sinal de um mestre da escrita de fantasia épica.

O mais interessanté a exploração da corrupção em todas as suas facetas, seja pelo poder mágico, financeiro, autoritário, seja pelo desejo de vingança; corrupção como o processo de racionalização da crueldade humana.

TEMAS EM REAPER’S GALE

Como se não bastasse cenas de combate épico, personagens bem construídos e com dramas psicológicos realistas, a série Malazan realmente brilha no quesito dos temas. E são muitos em Reaper’s Gale; a crueldade do autoritarismo e como o poder corrompe através de racionalizações da crueldade; a relação da corrupção com o poder; questões existenciais; a relação entre o dinheiro e as instituições financeiras com a falsa sensação de segurança social; uma investigação profunda sobre a definição de vingança e de como ela afeta e distorce a visão do real, etc.

É difícil de não deixar de estabelecer paralelos entre o apodrecimendo to Império de Lether com o estado atual dos Estados Unidos, ou melhor, o estado atual da democracia contemporânea, onde o verdadeiro poder está nas mãos de quem domina os recursos financeiros.

Exif_JPEG_PICTURE

As tiradas filosóficas espalhadas pelo livro continuam sensacionais, anotei tudo!

Outro aspecto interessante é o efeito da tecnologia Moranth, explosivos mágicos, sendo usada de maneira eficiente e alterando completamente o rumo de uma guerra feita em uma tecnologia medieval-era do bronze. O efeito é realista e assustador, contrastando os conceitos de guerra dos períodos mais primitivos com a realidade da guerra contemporânea, com explosivos destruindo qualquer rastro de combate heróico, honra, cultura marcial, etc. As explosões matam soldados e civis, velhos e jovens, aliados e inimigos com indiferença nihilista. É mais um exemplo de fantasia não-escapista, da qual Malazan é um exemplo e um modelo a ser seguido.

Silchas Ruin, Dragão Imortal em forma humana em uma jornada de vingança de mais de 100 mil anos!
Silchas Ruin, Dragão Imortal em forma humana em uma jornada de vingança de mais de 100 mil anos!

Malazan uma série desafiadora mas que recompensa o esforço de tentar decifrar seus segredos.

Minha próxima leitura será o Malazan Vol. 8, Toll the Hounds, que é, segundo o Steven, o volume mais metalinguístico da série, com o autor comentando sobre a narrativa diretamente com o leitor. E, talvez por esse motivo, é um dos livros que mais dividem os fãs, daqueles que você ama ou odeia.

Fica a recomendação, como diz o Garfield, “Malazanha é bão dimais!” :)

6 comentários em “Reaper's Gale, de Steven Erickson, Malazan #7 – O Apodrecimento de um Império e o Poder da Corrupção #resenha

  1. Tio Nitro, legal saber que existem outros autores que não sejam os que estão na lista de Best Sellers. Por muito tempo, as referencias de fantasia eram Tokien. Hoje, vejo que o J.R.Martin está na boca do povo graças a serie da HBO. Infelizmente, dada a pouca divulgação, autores como o Steven Erickson ficam desconhecido do público em geral. Excelente post!

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s