Nesse NitroDicas continuo a série sobre os Elementos da Trama e falo sobre  as 5 Camadas de Complexidade da Trama, as  5 Ferramentas Narrativas, a Diferença entre “MOSTRAR” e “CONTAR” uma história, Flashbacks e Sumários Narrativos e abordo a AÇÃO, uma das  5 Ferramentas Narrativas.

nitrodicas 13

NitroDicas: Usando a Ação para melhorar a sua história! – Elementos da Trama 5

* As Cinco Camadas de Complexidade da Trama.

1) A Síntese Narrativa

2) A Estrutura dos Atos da História

3) O Resumo Narrativo

4) As Cenas e a A Lista de Cenas

5) Ação, Diálogo, Descrição, Flashbacks, Sumário Narrativo

* As 5 Ferramentas para criar uma experiência emocional no seu leitor, “mostrando” mais do que “contando”, imergindo o seu leitor no Ponto de Vista do seu protagonista.

* 5 Ferramentas:

Ação, Diálogo, Emoção Interior, Monólogo Interior e Descrição.  Ação e Diálogo se usa em todas as cenas para todos os personagens. Emoção interior e monólogo interior apenas para o Personagem do Ponto de Vista. Descrição normalmente para outros personagens fora do Ponto de Vista.

* A Arte da Escrita é combinar essas ferramentas para dar ao seu leitor a ilusão de ser um dos personagens de sua história.

A DIFERENÇA ENTRE “MOSTRAR” E “CONTAR” UMA HISTÓRIA

* Característica dos romances modernos depois do cinema.

* Em inglês “Show” versus “Telling”

* “Mostrar” significa apresentar uma história usando informação sensorial. O leitor quer ver a história, escutar, sentir os cheiros, sentir o gosto, etc. ao mesmo tempo que experimenta os pensamentos e os sentidos de um personagem vivo.

*”Contar” significa sumarizar a história para o leitor de uma maneira que passa por cima da informação sensorial e vai direto aos fatos.

* As duas ferramentas são importantes e são ferramentas para criar uma narrativa fascinante.

* As Cinco Ferramentas para “MOSTRAR” a sua história:

Ação, Diálogo, Emoção Interior, Monólogo Interior, Descrição.

Essas são misturadas em um parágrafo. Podem também ser usadas para “CONTAR” uma história, mas nesse vídeo vamos focar em usar essas ferramentas para “MOSTRAR” uma história.

Existem ainda mais duas outras ferramentas:

* Flashback – Uma transição para o passado até uma cena onde você mostra parte da história anterior usando todas as cinco ferramentas, Ação, Diálogo, Emoção Interior, Monólogo Interior, Descrição. Você precisa passar para o leitor alguma pista ou sinal sobre o começo e o final do Flashback.

* Sumário Narrativo: É o “CONTAR” ao invés de “MOSTRAR”. É uma maneira concisa e eficiente de passar muitas informações para o leitor. Ele passa por cima dos órgãos sensoriais do leitor e vão direto para o centro cognitivo.

ABORDANDO AS CINCO FERRAMENTAS NARRATIVAS

AÇÃO

É o que acontece agora, no momento, instante a instante. Nunca é sumarizada, a ação MOSTRA sempre. Ação é tudo que acontece no Presente da Narrativa. Gestos, movimentos, etc. Um homem beijando sua mulher, uma perseguição de carros, um tapa de uma amante ciumenta, um abraço, etc.

Na AÇÂO ao invés de CONTAR que alguém está feliz, você MOSTRA a pessoa sorrindo. Ao invés de CONTAR que está estressado, você MOSTRA as rugas em seu rosto, o suor, os lábios apertados, a respiração ofegante.

As ações do seu Personagem Ponto de Vista também contam uma história não verbal. No caso do POV, você pode aumentar a imersão do leitor misturando as ações com Emoção Interior (sensações, emoções, reações físicas, etc.) e com Monólogo Interior (pensamentos, lembranças, reflexões, etc.).

Ações falam mais do que palavras. Se as ações de um personagem passam uma mensagem diferente do que suas palavras, os leitores tenderão a acreditar nas ações.

Leia livros de autores consagrados e notem como eles MOSTRAM as ações. George R. R. Martin dá uma aula sobre isso em seus livros.

Anúncios