Throne of the Crescent Moon, de Saladin Ahmed – Fantasia de Inspiração Árabe! #resenha

Espada e Feitiçaria é um gênero da literatura de fantasia que está experimentando um renascimento nos últimos tempos. Throne of the Crescent Moon, de Saladin Ahmed, faz parte desse renascimento desse estilo de literatura que tem suas origens na era Pulp, com as obras de Fritz Leiber, Robert E. Howard e Clark Ashton Smith. E nesse renascimento, é muito interessante ver como o gênero evoluiu ao mesmo tempo que se manteve fiel a energia e diversão de suas origens.

Throne of Crescent Moon é um romance de Espada e Feitiçaria que se passa no mundo dos Reinos da Lua Crescente, de inspiração árabe. O que torna esse romance interessante (e um sucesso entre os fãs de Espada e Feitiçaria) é a autenticidade e originalidade que o autor dá para o cenário. Saladin Ahmed usa de seu conhecimento da cultura árabe para criar um cenário original, uma espécie de romance de Espada e Feitçaria imerso em uma versão muçulmana de um mundo de fantasia.

O romance narra as aventuras de um grupo liderado por um caçador de ghuls, monstros mortos-vivos criados por necromantes e dotados de poderes bizarros. O líder do grupo, o velho caçador Doctor Adoulla Makshlood, conta com a ajuda de Raseed, um dervishe (uma versão árabe do paladino) e vários outros personagens, investigam estranhos assassinatos e acabam se envolvendo na disputa entre um Califa tirano e o líder revolucionário, o Príncipe Falcão, tentando conter um mal milenar.

throne of crescent moon fan art

O romance é divertido e cheio de ação, e o autor quebra os clichês desse tipo de narrativa, questionando os valores clássicos defendidos nas narrativas tradicionais de Espada e Feitiçaria.

TRAMA:

A trama é simples mas eficiente. O autor gasta mais tempo desenvolvendo os personagens ao mesmo tempo que constrói o cenário. A originalidade e peculiaridade do cenário dos Reinos da Lua Crescente manteve meu interesse por todo o livro, e certamente lerei os próximos livros da série. Se você gostou da capa, vai gostar do livro!

throne of crescent moon cover

PERSONAGENS

O grande forte do livro, os personagens são cheios de vida e emoção. A visão de mundo é claramente influenciada pelo pensamento e cultura muçulmana, e é diferente da tradicional fantasia eurocêntrica que eu estou acostumado. Os personagens são falhos, tem inseguranças, desejos, questionamentos. Os dramas morais são interessantes e mais profundos do que se fazia na literatura de Espada e Feitiçaria no passado.

DIÁLOGO

Os diálogos são bem escritos e dá para diferenciar bem os personagens. Existe um elemento de humor e a linguagem passa a sensação de uma cultura diferente.

CENÁRIO

Outro ponto forte do livro, o cenário é exótico e com detalhes inspirados nas civilizações do Oriente Médio. É a parte que mais chama atenção, desde a capa quanto a narrativa. Pena que o livro é muito curto, e terei que esperar os próximos para saber mais sobre os Reinos da Lua Crescente.

AÇÃO

O livro tem cenas de ação bem escritas e dinâmicas. O interessante é o alto nível de perigo e mortalidade das cenas de ação, que não se prolongam por muitas páginas. Apesar do ritmo da ação cair no meio do livro, pelo tempo gasto para desenvolver os personagens, quando elas acontecem são bem frenéticas.

TEMAS

Esse é um livro de Espada e Feitiçaria para cima, sem o cinismo e negatividade de outros livros recentes de fantasia que tenho lido (como a série Malazan, Prince of Thorns ou Prince of Nothing). O livro tem tragédia, se passa em um mundo perigoso, mas a sensação de aventura e diversão permeia a narrativa. É daqueles livros que eu recomendaria para qualquer pessoa, principalmente as que queiram se divertir com uma boa história de fantasia.

O livro aborda temas como o lado humano dos aventureiros, o que acontece com aventureiros de fantasia quando ficam velhos, os perigos da rigidez da fé, a questão da mulher guerreira e os desafios que ela enfrenta, os rumos imprevisíveis de uma revolução, entre outros. O mais interessante é a mistura de magia e uma visão muçulmana da realidade, muito bem feita.

MAGIA

A magia do livro é muito interessante pois tira da vasta tradição mitológica do oriente médio, tanto nas descrições das criaturas sobrenaturais como no modo como a magia funciona.

Fica a recomendação para quem quiser se divertir e curtir um estilo diferente de Espada e Feitiçaria. Só achei o livro muito pequeno (304 páginas apenas), mas imagino que deva ser o primeiro de uma série, apesar de contar uma história completa e fechada. Fico no aguardo dos demais e fica a dica para as editoras nacionais traduzirem essa jóia!

E agora comecei a ler Malazan Vol 06, The Bonehunters, que tem mais de 1.200 páginas, assim espero que aguardem umas três semanas até a próxima resenha! :)

E vamos ler porque ler é doidimais!

Throne of Crescent Moon na Amazon:

http://www.amazon.com/Throne-Crescent-Moon-Kingdoms/dp/0756407788

 

Anúncios

4 comentários

  1. Olá André! Não, ainda não saiu nenhum outro livro da série. O que você linkou são capas diferentes desse mesmo livro, o Throne of the Crescent Moon. :) Mas valeu pelo comentário, Al Quadim é doidimais!

  2. Pô Tio Nitro… parece que já tem dois livros e p terceiro sai agora em dezembro… (inclusive a capa que está no post é do segundo).
    Não tenho certeza,mas é o que parece na bookdepository.
    Dá uma conferida… (não tenho certeza).
    http://www.bookdepository.co.uk/Throne-Crescent-Moon-Saladin-Ahmed/9780756407780
    http://www.bookdepository.co.uk/Throne-Crescent-Moon-Saladin-Ahmed/9781455878420?b=-3&t=-26#Bibliographicdata-26
    http://www.bookdepository.co.uk/Throne-Crescent-Moon-Saladin-Ahmed/9780575132931

    Fora isso Post muito legal…e provavelmente vou ler os livros, porque costumo mestrar jogos baseados em Al Qadim com OD.

    Valeu abraço

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s