Resenha:“Blade of Tyshalle”Acts of Caine #2 Matthew Stover-Desconstruindo o Épico da Fantasia Medieval! #nitroblog

Matthew Woodring Stover (1962), americano, é o autor da fantástica série de ficção adulta  Acts of Caine que mistura fantasia e ficção científica, reality show, fantasia brutal, questionamentos filosóficos e as mais detalhadas e melhores cenas de luta que já vi escritas. Matthew Stover começou sua carreira com novelizações dos filmes de Star Wars, vários romances de Star Wars dentro do Universo Expandido, além de alguns romances de fantasia medieval e um livro sobre God of War. Mas em Acts of Caine, ele chega ao patamar de um mestre da fantasia brutal contemporânea.

Blade_of_tyshalle

Claramente influenciado por Roger Zelazny, Fritz Leiber, Robert A. Heinlein e vários outros autores da New Wave da FC do final dos anos 60, sua escrita é moderna, muito contemporânea, e mistura ação frenética, cenas brutais e uma profundidade autocrítica da própria literatura de fantasia e ficção.

A cada livro da série Acts of Caine fico cada vez mais impressionado com o que Matthew Stover consegue fazer com o seu personagem principal. Dizer que ele quebra clichês é reduzir o trabalho impressionante em Acts of Caine. E Blade of Tyshalle é o meu favorito até agora (estou já no Acts of Caine 4, cada um tão fodásico quanto o outro).

Como os últimos livros do New Weird, a nova (de final dos anos 90 até hoje em dia) safra de autores de fantasia e ficção científica, Acts of Caine é uma série que acredito será melhor apreciada por leitores mais veteranos de fantasia. É tanta coisa que é criticada e tanto arquétipo que é quebrado nesses livros que leitores mais iniciantes, esperando narrativas mais tradicionais de fantasia poderão ficar decepcionados.

Para quem não leu a  minha primeira análise da saga Acts of Caine, a saga se passa em dois mundos, uma Terra distópica do futuro, com mais de 16 bilhões de habitantes viciados em uma mistura de reality-show,cinema,série,jogo em primeira pessoa chamado Unlimited Adventures. Atores, treinados desde jovens, são selecionados para participar do Unlimited Adventures, onde vivem aventuras de fantasia medieval no Overworld, uma terra paralela em outra dimensão que pode ser acessada pelas Corporações que controlam toda a sociedade da Terra. Os atores vivem aventuras sem que os nativos de Overworld saibam que eles são de uma outra terra. O entretenimento das aventuras no Overworld funciona como forma de controle das castas sociais da Terra do futuro. É uma mistureba de fantasia e ficção científica que poderia ter dado errado se não fosse a maestria e a genialidade de Matthew Stover. Eu recomendo fortemente toda a série, e faço campanha para Matthew Stover fique tão conhecido como George R.R. Martin. Sim ele é bom desse tanto! :)

Blade of Tyshalle (800 páginas, 2002) é um romance épico, aumentando ainda mais o escopo da história de Caine. A narrativa principal envolve Caine e um dos seus amigos, Damian. O livro se passa depois do final épico de Heroes Die, e foca no que aconteceria com supostos heróis depois de uma grande vitória. Como tudo em Acts of Caine é ambíguo, complexo e imprevisível, a saga da Caine se torna cada vez mais humana e psicologicamente realista.

Blade of Tyshalle aborda temas interessantes como a questão da identidade, o preço psicológico de uma vida envolvida em violência (como são as dos heróis das aventuras de ação), o modo como limitamos nossas próprias vidas por temermos encarar com honestidade quem realmente somos, entre outros.

O livro é cheio de frases memoráveis, seguem algumas que tive de copiar:

“Não é fácil distinguir entre existencialismo e mau humor.”

“Quando os deuses querem nos punir, eles respondem a nossas preces”

“Eu li uma vez, em algum lugar, que o modo como você sabe que você cresceu é quando sua futura morte se transforma em uma pedra no seu sapato, quando você sente ela a cada passo.”

“O problema com finais felizes é que nada realmente acaba”

“Todas as verdadeiras histórias terminam em morte.”

“Uma religião que ensina que Deus é algo fora do mundo, algo separado de tudo que você vê,cheira,prova,toca e escuta, não é nada além de uma enganação”

“Caine não era mais o ícone do mal, o Inimigo de Deus, o autor de todos os males do mundo. Ele se tornou simplesmente o que ele era: um homem impiedoso e amoral, agora derrotado, destruído pelo mundo, como qualquer outro”

“A capacidade para a liberdade pessoal é um talento raro. Talentos existem para serem usados. Nós não perguntamos às ovelhas para serem lobos, nós, os lobos, não pedimos para sermos ovelhas. Ovelhas pode fazer regras que lhe sejam apropriadas, mas é ingenuidade esperar que os lobos as obedeçam”

“Uma metáfora suficientemente poderosa gera sua própria verdade”

É isso aí, um romance fodásico que dá um soco na cara do tradicionalismo da narrativa de fantasia! Recomendadíssimo!

Link da Amazon, a versão em Kindle é apenas 5,64 dólares!

5 comentários em “Resenha:“Blade of Tyshalle”Acts of Caine #2 Matthew Stover-Desconstruindo o Épico da Fantasia Medieval! #nitroblog

  1. Grande resenha, agora tenho mais um livro na minha pilha de autores de Fantasy para ler urgentemente. Deu aquele gostod e água na boca.

    Você chegou a completar aquele curso do coursera que voce divulgou um tempo atrás?(Fantasy and Science Fiction: The Human Mind, Our Modern World) Gostaria de ouvir sua experiência com ele aqui no blog.

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s