“Viagem para Sembia”- 22º Episódio da Campanha “Império das Sombras” (Forgotten-D&D 4e)+Fotos

Nesse episódio os nossos heróis seguem em uma viagem marítma até Selgaunt!

_____________________________

A CAMPANHA “O IMPÉRIO DAS SOMBRAS” – D&D e Forgotten Realms 4ª Edição

Os povos livres dos Reinos estão em perigo. O Império de Netheril, junto com aliados misteriosos ameaça acabar com a paz na região central de Faerum, e uma guerra entre Cormyr e Netheril é iminente. A campanha coloca os heróis no centro desse grande conflito, que pode transformar completamente Faerum!

Os temas da campanha são a guerra e seus efeitos, a importância das alianças diplomáticas, os sacrifício que devem ser feitos e o preço cobrado pela vitória ou pela derrota no campo de batalha.

Leia os episódios anteriores nesse link!

_________________________________________________

GRUPO DE AVENTUREIROS ATUAIS (Nível 12)

Huo Quiang  “Punhos de Fogo” (Leo – Monje Meio-Orc do Templo das Mil Luas, Região de Sundabar, “Hoguk Urghat” nome orc)

Hoguk Urghat, nasceu em uma vila próspera de orcs próxima de Sundabar. Foi levado ainda novo ao Templo das Mil Luas afim de encontrar respostas a tantas perguntas que tinha.Anos depois com o nome de Huo Qiang Urghat, Punhos de Fogo, saiu do templo com um objetivo claro, refazer os passos do lendário meio-orc monge, Lee Fang Tchong e descobrir algo sobre aquele que fora um dos fundadores do templo e detentor de grande sabedoria.

Marisol de Sune (Érika “Tuz” Esposanerd – Clériga de Sune, Deusa da Beleza)

Romântica por natureza, eternamente alegre e com toda frescura e caprichos vindos de sua infância nas mansões de uma das mais poderosas famílias de Sembia, Marisol Uskreven é uma exilada de sua cidade.

Diário de Campanha de Marisol de Sune

Kalian Wyght “Rasga-Bucho” (Anso – Ladino de Sembia)

Kalyan - O Ladino de Sembia

Oriundo dos locais mais sombrios e sem-lei de Sembia, Kalian não é um simples ladrão. Ele busca a redenção de uma grande tragédia que ocorreu em sua vida.

Diário de Kalyan “Rasga-bucho”

Lady Arytanna de Selune (Paula – Paladina de Selune, A Grande Deusa da Luz )

Lady Arytanna - Paladina de Selune

Vindo de Arabel, Lady Arytanna recebera uma visão de uma grande sombra avançando para seu amado reino de Cormyr. Seguindo a visão, ela descobre que deve se encontrar com uma mensageira de Sune.

Auden Thundersword – Mário (Senhor da Guerra, Ex-Comandante do Exército de Cormyr)

Auden Thundersword - Senhor da Guerra 2º Nivel

Auden era um capitão dentro do exército de Cormyr, muito preocupado com o avanço do Império de Netheril. Por achar que o Cormyr não reconhece o verdadeiro perigo do Império, ele sai do exército em busca de provas dos planos de dominação de Netheril, além da fortuna como mercenário. Auden é muito inteligente e astuto, porém vingativo e muitas vezes frio e calculista. É cético e leal apenas a sua própria causa.

_________________________________________________

Mapa de Forgotten Realms em 1479

Mapa de Forgotten Realms D&D 4ª Edição - DR 1479
Mapa de Forgotten Realms D&D 4ª Edição – DR 1479

_________________________________________________

Região da Campanha

Mapa da Campanha "Império das Sombras" - Arcos 1 e 2
Mapa da Campanha “Império das Sombras” – Arcos 1 e 2 (Clique para Ampliar)

A AVENTURA ATÉ AGORA

Depois de ver a Cidade Flutuante de Shade se aproximando de Marsember, os heróis,junto com mais de cinquenta navios de mercadores de Marsember, abandonam a cidade. Lorde Darius e os demais mercadores foram para esconderijos no Mar das Estrelas, enquanto o grupo partiu em direção à Selgaunt, a maior metrópole de Sembia, em busca da Espada Obasrkyr, que serviria para unir os povos livres sob a liderança de Lady Arytanna (útima sobrevivente da dinastia Obasrkyr de Cormyr, filha bastarda do falecido Rei Foril).

DRAMAS E MOTIVAÇÕES PESSOAIS DOS PJS ATÉ O MOMENTO

Monge Huon Quian

O monge está na sua busca atrás do destino de Lee Fang Tchong, o grande mestre fundador do Templo das Mil Luas da região de Sundabar (e que fora um lendário personagem do Leo (o jog. do Huon Quian) na época da nossa campanha de 3.X).

Ele descobriu que Lee Fang Tchong fora para Aubeir Retornada, onde ajudou ao Reino de Eskorn a se libertar do dragão tirano Eskonarmundyr. Lee Fang Tchong também fundou o Templo de Stormreach em Eskorn, mas depois desapareceu.

Lady Arytanna, Paladina de Selune

A Paladina de Selune descobriu que é a filha bastarda do Rei Foril Obasrkyr (sua mãe Lady Gallandra lhe disse quando os heróis a libertaram da Prisão Hellspike no Plano dos Mortos).

Depois da morte do Príncipe Irvel Obasrkyr, é a única herdeira viva do trono do Reino de Cormyr. Porém, ela precisará da Espada de Azun Matadora-de-Dragões para provar que tem sangue Obaskyr nas veias, pois apenas membros da família Obasrkyr podem usar a espada sem morrer.

Ela também tem como nêmesis Lorde Erzoured, o uruspador do trono de Cormyr (ele traiu o reino com um acordo com o Império Netheriano e os Drows).

Marisol Uskreven, Clériga de Sune

Marisol, que fora criada em Winterhaven sem saber do seu passado, descobriu que é a sobrinha de Thamalon Uskreven II, o Hulorn (Mercador Governante) da cidade de Selgaunt em Sembia, que se aliou ao Império Netheriano.

Marisol é a única sobrevivente do massacre que seu tio, Thamalon Uskreven II realizou na sua família. Ela foi salva por Kalian Cale (o assassino sembiano do grupo de heróis) quando tinha apenas 4 anos e levada para Winterhaven.

Por ser filha de Larajin Uskreven (sua mãe, que foi morta por Thamalon Uskreven), ela tem o direito à todas as posses de Thamalon, pelas leis de Selgaunt. Kalian, como membro da Resistência Sembiana (um grupo secreto que luta para livrar Sembia da influência Netheriana), tem esperança que Marisol possa unir os demais Lordes Mercadores de Sembia em uma revolução contra Thamalon Uskreven.

Marisol também busca vingança contra a morte de sua família.

Kalian Cale, Assassino Sembiano

Em nome da Resistência Sembiana, Kalian salvou Marisol do massacre ordenado por Thamalon Uskreven II. O autor do massacre contra os Uskreven foi Erevis Cale, o pai de Kalian, que escolheu servir o Império Netheriano em troca de se tornar um Escolhido de Shar. Kalian, trabalhando para a Resistência Sembiana, escondeu Marisol em Winterhaven, mas depois perdeu o paradeiro da jovem.

Ao reencontrar Marisol, sua missão para a Resistência Sembiana voltou a ser uma prioridade.

Recentemente, começou a desenvolver poderes das sombras, e um confronto com Lorde Blacksilver (um poderoso mercador de armas de Suzail) revelou que ele está desenvolvendo os poderes de um Escolhido de Mask (o deus dos mistérios).

Lord Blacksilver, um antigo inimigo de Erevis Cale, atacou Kalian, dizendo que se ele executar o assassino sembiano, ele é que seria o Escolhido de Mask (Lord Blacksilver também demonstrou estar desenvolvendo poderes semelhantes ao de Kalian).

Auden Thundersword, Senhor da Guerra Cormyriano

Auden era um Dragão Púrpura comandante da Silent Blade, um grupo especial para missões secretas de Suzail. Depois de uma missão mal sucedida em Scardale, onde Auden foi traído por seu comandante Ayesunder Truesilver, e fez com que seu grupo da Silent Blade; Troggo (Goliath Guerreiro), Galud Battlehammer (Anão Battlerager), Michele Sunstar (Maga de Guerra Humana), Malagor,(Clérigo de Cyric) supostamente tivesse perecido.

Auden deixou uma ex-noiva em Suzail, Elenna, uma mercaora de pães. Recentemente Auden descobriu que seu antigo grupo Silent Blade não tinha perecido, mas eles sobreviveram e o culpam pelo destino cruel que sofreram no passado.

Auden já fez as pazes com Michele Sunstar, que é atualmente a Maga de Guerra comandante de Suzail e com Troggo (que é um guarda costa de Lady Serenity, uma rica viúva mercadora de armas de Suzail); porém os destinos de Galud e Belzor ainda são desconhecidos. Além disso Elenna parece ter um filho, Sauden, que é a cara de Auden Thundersword.

Auden também descobriu que possui sangue Netheriano nas veias, e suspeita que seu verdadeiro pai é Yder Tanthul, um dos Doze Príncipes of Shade. Ele segue para o Castelo Thundersword em Marsember para confrontar seu pai Lorde Darius Thundersword sobre essas informações. Sua mãe é Lady Beatrice Thundersword.

_________________________________________

PREPARAÇÃO PARA A SESSÃO

Como sabia que eles entrariam em uma viagem, fiz os PdMs da viagem além de alguns personagens em Sembia, dependendo de como for a sessão.

LOCAIS E PERSONAGENS DO NAVIO DEMÔNIO DOS MARES:

PDMs

Capitão Willmorn

Possui um gancho na mão, amigo do Lord Darius (pai de Auden), 60 anos, capitão do navio Dragão dos Mares, quer ajudar os heróis.

Seaster

Feiticeira-do-Mar halfling, que usa sua magia para levar o Dragão dos Mares adiante. Não gosta do envolvimento de Willmorn com os problemas de Marsember e tentará largar os heróis em qualquer lugar.

Zaranna, Primeira Imediata

Braço direito do navio, uma mulher de 1,90 com tapa olho, ex-pirata, mal encarada mas fiel a Willmorn.

Cozinheiro Markul

Um enorme e obeso cozinheiro, com um bigode vermelho e arrepiado e braços cheios de tatuagens.

Tripulação de Ex-Piratas de várias partes de Faerum

A tripulação é formada de ex-piratas de várias partes de Faerum, com diversas etinias. Nomes: Farnuk, Galius, Rekeris, Daljanius, Mork, Weltinus, Petros.

LOCAIS

Mar dos Monstros

Ilha dos Corais Vermelhos

Redemoinho “Olho de Marinnus”

Ilhas da Névoa Fantasma

EVENTOS

Ataque de monstros marinhos

Ataque de navios netherianos

Encontro com um navio fantasma

Naufrágio em uma ilha

LOCAIS E PERSONAGENS EM SELGAUNT:

Taverna do Peixe Morto

Taverna que serve de ponto de encontro da Resistência.

MEMBROS DA RESISTÊNCIA

Lady Arairies Goldweather – Lady Mercadora

Seaster – Feiticeiro Halfling

Lady Gurlove – Barda Humana

Capitão Norben Droverson – Soldado de Thamalon II

INIMIGOS GENÉRICOS EM SELGAUNT

Lord Varuker  Brushranger Lorde Mercador e Mago Humano

Darrath Redblade – Eladrin Assassino Líder da Guilda das Lâminas de Sangue, inimiga de Kalian.

Lady Arairies Goldweather – Lady Mercadora

Quorian Blackheart – Feiticeiro

Lady Gurlove – Barda Humana

Veldalin – Elfo Necromante

LOCAIS EM SELGAUNT

Mercado de Archendale

Área de vendas de produtos sembianos.

Bairro do Rasga-Garganta

Local mais pobre da cidade, cheio de bandidos.

Porto dos Tubarões

O porto principal da cidade

Bairro do Trevo de Ouro

Onde estão as mansões dos Lordes Mercadores

Bairro do Círculo

Um bairro circular onde estão as melhores tavernas e cabarés de Selgaunt.

Praça dos Deuses

Uma praça com templos destruídos de Tempus, Aumanathor, Selune, Sune e Deneir. Agora só tem templos de Shar.

Bairro das Sombras

Onde fica a Stormwheather Towers e o Quartel Genrral Uskreven, do exército da cidade.

Rua das Estrelas

Lugar dos Prostíbulos da cidade.

Com estes elementos impressos em duas folhas, eu já tinha um contexto para a sessão e poderia dar toda a liberdade de ação para os jogadores, sem saber para onde iria a narrativa, e ainda tendo uma base para improvisar, caso fosse necessário.

____________________________________

REPORTE DE SESSÃO

CENA 01: O NAVIO DRAGÃO DOS MARES, A TRIPULAÇÃO E A BEBEDEIRA!

Os heróis entraram no navio Dragão dos Mares e foram cumprimentados pelo Capitão Willmorn. Auden conversou com o capitão (pois ele já conhecia Auden desde que este era uma criança), e soube dele que Lorde Darius e os demais lordes mercadores de Marsember foram para um local secreto, aguardar os acontecimentos.

Os heróis perdiram para que o navio fosse o mais rápido possível para Selgaunt, e o capitão relutantemente, disse que isso poderia acontecer caso eles passassem por uma área chamada de Mar dos Monstros. Os heróis concordaram e a viagem começou.

Dragão dos Mares

Dragão dos Mares

Nos dias que se seguiram, heróis interagiram com a tripulação fazendo amizades, e Zarana, a primeira imediata, simpatizou-se com Huon Quian, o monge meio-orc. Depois de mais alguns dias navegando, o Capitão Willmorn, para levantar a moral da tripulação, preparou um jantar-festa especial para todos.

Nesse jantar, os heróis conversaram sobre Marisol e do que poderia acontecer quando chegassem em Selgaunt. Kalian explicou o plano de usar o fato de que Marisol é uma sobrevivente da antiga família dos Uskreven para reunir os Lordes Mercadores de Sembia e derrubar o atual Lorde Governante, Thamalon II, o traidor.

Outro assunto tratado foi a busca da Espada Obasrkyr por Lady Arytanna, a única coisa que poderia provar que ela era realmente herdeira do trono de Cormyr e assim reunir os povos livres contra o domínio dos Drow Elfos da capital Suzail.

Kalian revelou que Erevis Cale, seu pai, havia traído a família Uskreven e que atualmente atua como o braço direito de Lorde Thamalon II. Ele explicou que Larajin Uskreven, a mãe de Marisol, ainda estava viva (para a surpresa de todos!) e era conhecida como “A Rosa”, a misteriosa líder da Resistência de Sembia. Ele disse que assim que chegassem em Selgaunt, eles deveriam encontrar-se com Larajin, que deveria ter mais informações sobre Thamalon II e o destino da Espada Obasrkyr.

A festa prosseguiu e todos os heróis beberam muito rum e vinho, ficando bem “alegres”. Kalian fez várias demonstrações acrobáticas com suas adagas, enquanto Huon Quian e Zarana ficaram conversando em um canto, com Huon Quian descobrindo parte da vida de Zarana (uma ex-pirata que tinha sido salva da morte pelo Capitão Willmorn, quando passava pelos Mares dos Monstros).

Os heróis passaram mal com a bebida e, no auge da festa, Marisol, completamente chapada, se jogou para fora do navio. Foi uma grande correria para pegar a herdeira do governo de Sembia, que se achou tudo muito divertido. Mais tarde, todos se recolheram, ficando apenas a tripulação do turno noturno cuidando do navio.

COMENTÁRIO:

Essa cena foi feita através de interpretação e testes de conflitos de interesse, como no caso de passar pelo mar dos monstros (onde fizemos um teste entre o Auden e o Capitão, com o Auden vencendo). A história do passado do Kalian foi criada pelo jogador, com ele apenas me consultando sobre alguns aspectos mais históricos. A parte da motivação assim como a parte da resistência de Sembia e o fato de que Larajin, a mãe de Marisol estava viva, foram todos criados pelo jogador (que ganhou um Ponto Narrativo por isso).

Huon Quian, ao investir na relação com Zarana, formalizou a PdM como um Aliado (ou seja, nem se eu como mestre quiser, ela não pode trair o personagem do jogador) e ganhou um Ponto Narrativo por isso. Ao se jogar fora do navio por estar bem chapada, a jogadora (Tuz) da Marisol também ganhou um Ponto Narrativo (a cena foi legal demais).

Fiz ataques contra a Fortitude dos PJs para ver se passavam mal ou ficavam bêbados com o Rum e o Vinho do Capitão Willmorn.

CENA 02: AS ARRAIAS GIGANTES DO MAR DOS MONSTROS

Uma tempestade atingiu o navio ao raiar do dia seguinte à festa. Com ressaca, os heróis acordaram e encontraram o navio em uma situação desesperadora, quase sendo virado por causa das ondas. O Capitão Willmorn deu ordens para todos ajudarem a controlar o navio, porém, de repente, duas Arraias Gigantes atacaram o barco.

Os heróis partiram para cima das duas Arraias em um combate dificílimo, em cima do mar e procurando não cair para fora do navio. Huon Quian e Kalian pularam em cima das Arraias, e quase morreram afogados quando os monstros mergulhavam para retornar a superfície e atacar novamente.

Depois de um combate incrível, os heróis conseguiram vencer as arraias e, durante os dias restantes da viagem, todos puderam jantar carne de arraia preparada por Markul, o cozinheiro.

COMENTÁRIO

Nesse combate determinei que a cada 2 rodadas o navio mudava de posição, girando no mapa. As Arraias tinham a vantagem de mergulhar e deslocar por baixo do navio para atacar em outro lado. Outra condição que coloquei para o combate foi o fato de que, na sexta rodada, as Arraias teriam conseguido afundar o navio (fazendo que que os heróis perdessem o navio). Estou usando esse tipo de técnica nos meus combates de D&D 4e para deixá-los no tempo certo (6 rodadas no máximo) e aumentar a necessidade de estratégia por partes dos jogadores (e minha também!).

CENA 03: CHEGADA EM SELGAUNT

Depois de mais alguns dias, o Dragão dos Mares finalmente chegou à Selgaunt. A tripulação, que virou fã dos heróis principalmente depois do combate com as Arraias Gigantes, agradeceu imensamente a eles quando desembarcaram em Selgaunt.

O Capitão Willmorn passou um anel mágico de mensagens para Auden, como uma maneira de comunicar com ele e com Lorde Darius, no momento em que puderem retornar a Marsember. Huon Quian deu um caderninho com suas palavras de sabedoria para Zarana, e a despedida foi bem romântica entre os dois.

Selgaunt

Selgaunt

Os heróis desembarcaram em segredo, temendo que Thamalon II descubra que Marisol tinha retornado para Selgaunt. Porém ao chegarem nas Docas de Selgaunt, eles tiveram que entrar em uma fila de registros, onde o Capitão Teldonius, da milícia de Selgaunt, estava, junto com vários soldados Sembianos, registrando todos os marinheiros que deciam dos navios.

Kalian pegou Marisol e a levou furtivamente pela multidão, combinando de encontrar com os demais na Taverna do Peixe Morto, a taverna onde a Resistência Sembiana se encontra secretamente.

Enquanto isso, os demais se registraram usando nomes falsos. Lady Arytanna foi confundida com uma prostituta que apareceu para trabalhar na Rua das Estrelas, e quase pôs tudo a perder, fulminando o Capitão Teldonius e seus soldados Sembianos com seus olhos. Huon Quian e Auden conseguiram enrolar o capitão e os heróis entraram em Selgaunt.

COMENTÁRIO:

Mais uma cena de interpretação e de testes por conflitos (na parte da fila e tentar convencer o Capitão Teldonius, cuja a consequência seria a prisão dos heróis que tentavam enganá-lo), como o desafio de perícias para que Kalian levasse Marisol até a taverna do Peixe Morto sem que ninguém percebesse.

CENA 04: A TAVERNA DO PEIXE MORTO E A RESISTÊNCIA

Os heróis se reuniram no subsolo da Taverna do Peixe Morto, em um enorme salão secreto com uma arquibancada e uma rosa pintada no chão. Lá, junto com o Harber, o anão guerreiro de moicano que é o taverneiro do Peixe Morto, Marisol encontrou-se com Lucian, o velho e magérrimo antigo mordomo dos Uskreven.

Através dos dois, os heróis descobriram que Larajin e os monges do templo Tigre de Lee-Fang Tchong estavam presos nas ruínas Sarruk nos subsolo da cidade, próximo a área sul, e que serviam de esconderijo para a resistência.

Lorde Sorgo, um dos membros da resistência, traiu Larajin e contou para os netherianos onde estava a mãe de Marisol. Lucian explica que um clérigo maligo chamado Malagor (o antigo inimigo de Auden), havia sido convocado para que, junto com um destacamento de netherianos, fosse até o Templo dos Tigres de Lee Fang Tchong, capturar Larajin. Porém, os Tigres de Lee Fang Tchong se sacrificaram e conseguiram conter a tropa netheriana, mas Larajin ficou presa nas ruínas, e Malagor ainda estava por lá.

Huon Quian descobriu, também através de Lucian, que Tamalon II foi quem matou Lee Fang Tchong. O lendário monge meio orc se sacrificou para salvar Larajin e ordenou aos seus seguidores que a protegessem até que Sembia fosse livre novamente.

Os heróis poderiam chegar até as ruínas através de um dos diversos túneis subterrâneos usados pela resistência de Sembia.

COMENTÁRIO:

Essa foi uma cena de mais interpretação e revelação de conteúdo da história anterior, sem nenhum tipo de teste, apenas apra contextualizar e dar base para as decisões seguintes dos jogadores.

CENA 05: EM BUSCA DE LARAJIN, A “ROSA”

Os heróis, sob a direção de Lucian, seguiram pelos caminhos subterrâneos até a entrada das rúnias, onde ficava o Templo dos Tigres de Lee Fang Tchong. Eles começaram a explorar o templo, indentificando os sinais de uma batalha recente.

Mais à frente, os heróis chegaram a uma gigantesca parede lateral subterrânea. O rosto fantasmagórico de Malagor surgiu na parede, provocando Auden. O Senhor da guerra atacou o rosto e acabou sendo teleportado para longe do grupo, no mesmo momento em que gárgulas de pedra saltavam das torres subterrâneas do templo.

COMENTÁRIO:

Deixei o gancho do combate para a próxima sessão, como gosto de fazer para deixar os jogadores a fim de jogar mais. A surpresa do teleporte de Auden foi com base em um ataque contra a vontade do personagem, e como ele não passou, foi teleportado para longe do grupo.

FOTOS DA SESSÃO

________________________________________________

Contato

____________________________

Outros Artigos

About these ads

9 Respostas para ““Viagem para Sembia”- 22º Episódio da Campanha “Império das Sombras” (Forgotten-D&D 4e)+Fotos

  1. Campanha totalmente dooooooooooooooooidimais! Personagem filho do Erevis Cale… foda pra caramba! :)

  2. Saudações Tio Nitro!
    Você fará mais podcasts sobre Teoria de RPG (o que é essa agenda criativa por exemplo?)? Só agora percebi o quão útil é isso. Vou começar uma nova campanha estilo Velozes & Furiosos (num cenário cyberpunk!) e para criar uma regra para os carros mexi com a “Cor”, ao invés de fazer uma enoooorme lista de carros…
    Valeu Tio Nitro!

  3. Sempre com campanhas tão detalhadas…

    Na verdade passei a mestrar cada vez mais caprichosamente devido a seu Blog, Tio Nitro.

    Fico muito muito grato que sempre tenha nos presenteado com fotos e relatos de suas campanhas, que sempre gosto de acompanhar.

    Mestro atualmente Pathfinder, mas sexta passada (16/10) mestrei pela primeira vez WoD.

    Se quiseres dar uma olhada das fotos:

    http://dadoslimpos.forum-livre.com/palavra-de-mestre-f6/fotos-wod-vassalos-campanha-mestre-rotieh-t101.htm

    Não é merchan (não completamente! =P), gostaria que visse o empenho de um fã seu.

    Obrigado mais uma vez!

    Até breve!

  4. Ainda vou a BH só pra poder jogar uma aventura doidimais contigo, Tio Nitro!

    Acompanho seu Blog faz muito tempo e to gostando da evolução do sistema de narrativa compartilhada. Acho que merece um livro de RPG com base nessa mecânica. hehehe

    Aproveito pra fazer um pedido, que tal um podcast sobre Flashbacks? Você usa regularmente no Imperio das Sombras e em outras aventuras. Inspirado com os seus flashbacks, resolvi fazer alguns, gostei e agora quero mais dicas sobre como rolar Flashbacks doidimais!!!

    Acho doidimais jogar o passado dos herois! Já mestrei tambem o futuro (Um Flashfoward) e ficou bastante divertido, os jogadores aflitos porque sabiam o que iria acontecer, mas não sabiam “como” ia acontecer. Você ja tentou rolar um Flashfoward tambem?

    Abração.

  5. E ae cara!

    Sempre estou por aqui acompanhando sua campanha e suas excelentes idéias, embora ainda não tenha deixado um recado sequer rs.

    Vim mesmo só pra dizer que espero que já esteja melhor, no mais melhoras ae pra vc.

    Abraçao

  6. aguardem o relato da próxima sessão, o bicho pegou geral.
    rsrsrsrs

  7. Parabéns pelo empenho na preparação da aventura e obrigado por compartilhar. Espero que em breve voltem as postagens no blog e que esteja tudo bem contigo.
    Abraços

  8. Valeu pelos comentários pessoal, agora eu estou retomando o NitroDungeon depois de um tempo! Aguardem muitos posts, e valeu pela força! :D

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s