Segue o material que vou passar para os meus jogadores da aventura de Eberron ” O Preço de um Resgate”. Quem for jogar e ainda estiver em casa, já pode ir dando uma lida e já entrando no clima da aventura! Depois do evento vou postar a aventura e as fotos! :)

AVENTURA: O PREÇO DE UM RESGATE

Guia para os Jogadores

O MUNDO DE EBERRON

Eberron é um mundo que se desenvolveu não através da ciência e sim da magia. Uma mistura de tecnologia semelhante a do século 19 na terra com magia gerou uma civilização onde navios voadores movidos por elementais cruzam os céus, onde trens elementais cruzam e diminuem a distância entre as nações, e onde dispositiva e mecanismos arcanos mudam a vida das cidades. Autômatos movidos por energia mágica, mecanismos de comunicação à distância, carruagens movidas por magia, sistemas mágicos de armazenar informações, operados por uma classe trabalhadora de operários mágicos, desenvolveram a vida urbana a níveis superiores ao do mundo medieval. Porém, esse avanço convive com áreas de vida primitiva e medieval e continentes completamente selvagens e inexplorados.

8 FATOS IMPORTANTES SOBRE EBERRON

1) O mundo de Eberron acabou de sair de uma guerra de 100 anos no continente de Korvaire, que resultou na fragmentação do Império de Galifar entre 5 nações distintas, Aundair, Breland, Cyre, Karrnath e Thrane. A guerra envolveu todas as nações e mudou a geopolítica de Korvaire. A nação de Cyre foi destruída em um cataclisma mágico ainda não explicado. Novas nações surgiram, como a nação goblin de Darguun, a nação de monstros de Droaam e os elfos mercenários de Valenar.

2) O momento atual é de dois anos após o fim da guerra, e as tensões entre as nações estão em alta. Todos prevêem que uma nova guerra irá acontecer novamente.

3) Durante a guerra houve vários avanços tecno-arcanos, como a criação dos Warforged (construtos de metal humanóides auto-conscientes) e os exércitos de mortos vivos de Karrnath. Depois da guerra, os Warforged estão tentando se integrar na sociedade.

4) Eberron é um mundo que foi criado pelo conflito entre três Dragões Primordiais,  Siberys, o dragão acima, Khyber, o dragão abaixo e Eberron o dragão do meio. Khyber destruiu Siberys, cujo sangue se transformou no anel de cristais dourados que circunda Eberron junto com suas doze luas. Eberron prendeu Khyber em seu corpo e se transformou nas terras e oceanos enquanto Khyber formou as intermináveis cavernas e câmaras das profundezas de Eberron. Do sangue desses Dragões Primordiais se formaram as diversas criaturas que habitam Eberron, e os cobiçados Dragonshards, cristais mágicos usados no tecno-arcanismo do mundo.

5) A profecia Dracônica: os Dragões de Eberron desde o início do mundo tem observado o aparecimento de sinais vindos  dos três Dragões Primordiais que indicam o que irá acontecer no destino do mundo de Eberron. O conhecimento e a interpretação correta dos sinais da Profecia Dracônica (sinais que aparecem pelo mundo em forma de marcas místicas em pedras, cavernas, etc. e principalmente na forma das Dragonmarks, marcas místicas que surgem nas raças de Eberron e que concedem poderes mágicos poderosos) é algo que é cobiçado por todos que almejam o poder e o controle da história.

6) As Casas Dragonmarked representam um dos elementos mais marcantes do capitalismo nascente de Eberron. Essas Casas são compostas de indivíduos que possuem as Dragonmarks e cada uma das 12 casas presta um serviço as várias nações, como empresas multinacionais.  Elas são as seguintes:

  • Casa Deneith – Humanos, mercenários.
  • Casa Jorasco – Halflings, especializada em cura.
  • Casa Kundarak – Anões, segurança, dinheiro e bancos.
  • Casa Phiarlan – Elfos, entreterimento, espionage e assassinato.
  • Casa of Orion – Humanos, transportes e serviços postais.
  • Casa Cannith – Humanos, construção, tecnoarcanismo, criadores dos Warforged.
  • Casa Ghallanda – Halflings, tavernas, restaurants, etc.
  • Casa Lyrandar – Meio-Elfos, transportes aéreos e marítimos, controle do clima.
  • Casa Medani – Meio-Elfo, inquisitivos (detetives) , conselheros, magos, observação e detecção.
  • Casa Sivis – Gnomos, especializada na escrita,  comunicação (tem as pedras da fala, tipo um telefone)
  • Casa Tharask – Humanos e meio-orcs, caça, rastreamento, caçadores de recompensa.
  • Casa Thuranni – Elfico, marca das Sombras, entreterimento, espionage e assassinato.
  • Casa Vadalis – Humanos, criação de animais.

7) Em Eberron tem uma nação de Elfos que adoram a morte e são liderados por mortos-vivos imortais, os gnomos tem uma nação chamada Zilargo e são temidos por sua astúcia e habilidade mágica, os halflings cavalgam dinossauros e vivem uma vida nômade de deserto, orcs possuem sociedades tribais e cultos druidas, golbins possuem sua nação extremamente militarista, e existe uma civilização de Elfos Negros que vivem na superfície nas ruínas das civilizações dos Gigantes em Xen’drix, um continente selvagem.

8) As principais religiões de Korvaire são as seguintes:

  • Hoste Soberana – Composta de nove deuses do bem, e seis deuses do mal.
  • Igreja da Chama Prateada  – Igreja estilo monoteísta que adora a Chama Prateada, e luta contra o mal, meio fanática.
  • Sangue de Vol – Culto de adoração ao Sangue.
  • Cultos do Dragão Abaixo – Cultos Malignos de Khyber
  • O Caminho da Luz – Culto dos Kalashtar, lutando contra os seres malignos da dimensão dos sonhos, os Dal Quor.
  • Corte Imortal – Culto dos Elfos de Aerenal que adoram seus ancestrais mortos-vivos como deuses.

HISTÓRICO DOS PERSONAGENS

Os heróis compõem o grupo de mercenários conhecidos como os Justiceiros, um grupo de executores de criminosos de guerra. Com o fim da guerra entre as cinco nações de Korvaire, vários criminosos de guerra foram perdoados pelos reis. Para sanar esse desejo de justiça, os Justiceiros foram formados. O grupo é liderado por Illiana Thuranni, uma assassina e maga, que abandonou a Casa Thurani para vingar a morte covarde de sua família pelas tropas de morto-vivos lideradas por Salieri , um comandante de Kaarnath que tinha sido perdoado por seus crimes de guerra . Obcecada pelo desejo de vingança, ela fundou os Justiceiros.

Você pode baixar as fichas desses personagens aqui!

GREGORI – ANÃO ARTIFICER

Gegori - Anão Artificer 6º Nível - D&D 4e - Eberron

Gregori é um anão artificer fascinado pelo tecno-arcanismo. Sobrevivente da invasão de Valenar em Cyre, Gregori viu toda sua família ser executada por uma tropa sádica liderada por Fern, um capitão elfo de Valenar. Buscando vingança, Gregori resgatou e recuperou um warforged, a quem deu o nome de Titan, e juntos, conseguiram executar Fern. Quando Illiana os encontrou e os convidou a entrarem para os Justiceiros, e continuar a levar a justiça para os criminosos de guerra, eles aceitaram.

TITAN – WARFORGED GUERREIRO

Titan - Warforged Guerreiro  6º Nível - D&D 4e - Eberron

Titan foi um dos últimos warforged criados pela Casa Cannith, antes da destruição de Cyre. Titan foi destruído por Wartog, o comandante warforged de sua tropa,quando se recusou a destruir uma taverna da Casa Ghallanda em Cyre por terem servido tropas inimigas. Ao ser recuperado por Gregori (a quem tem muita gratidão),ajudou o anão em sua vingança pessoal. Após entrar nos Justiceiros, Illiana fez questão de que a primeira missão do grupo seria de caçar e destruir Wartog, o que se sucedeu com a ajuda dos novos membros Drox, Varis e Caligari.

DROX –  CHANGELING ASSASSINO

Drox - Changeling Assassino 6º Nível - D&D 4e - Eberron

Como um changeling, Drox viveu sua vida escondendo sua verdadeira natureza ao crescer em Thrane, o reino dominado pela Igreja da Chama Prateada. Graças a Illiana, Drox consegiu sobreviver a inquisição realizada pela Igreja da Chama Prateada em Thrane, durante a guerra. Drox teve toda a sua comunidade de Changelings em Thrane destruída pelas tropas lideradas pelo inquisidor Darkemada. Com a ajuda dos Justiceiros, ele pode se vingar de Darkemada e decidiu seguir na jornada de levar a justiça para os criminosos de guerra.

CALIGARI – KALASHTAR PSIÔNICO

Caligari - Kalashtar Psiônico 6º Nível - D&D 4e - Eberron

Como um Kalashtar, Caligari tem parte de sua alma oriunda do Plano dos Sonhos. Como descendente de um fugitivo do Plano dos Sonhos, Caligari está sempre atento aos ataques dos Dal Quori, os malignos inimigos dos Kalashtar, que agem em Eberron através dos Inspirados, humanos que tem sua alma destruída e possuída pelos Dal Quori. Durante a guerra, os Dal Quori, liderado por uma Inspirada chamada Cerzis, destruíram a pequena comunidade onde vivia. O desejo de vingança levou Caligari a aprender e desenvolver seu inato talento psiônico. Sua busc a por justiça contra os Inspirados atraiu a atenção de Illiana e os Justiceiros. Com a ajuda de Illiana, Caligari conseguiu rastrear e destruir Cerzis, e selando sua aliança com os Justiceiros.

VARIS – MEIO ELFO FEITICEIRO

Varis - Meio-Elfo Feiticeiro 6º Nível - D&D 4e - Eberron

Varis era um mago de combate do exército de Breland. Quando os goblinóides mercenários de Darguun traíram suas tropas, ele por pouco escapou com vida do massacre de seus companheiros de armas. Jurando vingança contra o General Hobgoblin Kundrok, que comandou a traição contra as tropas de Breland, Varis tentou por várias vezes entrar no reino de Darguun para assassinar o general. O feiticeiro acabou preso e levado para as horrendas prisões do reino dos goblins. Porém, o destino sorriu para o meio-elfo quando Illiana e os Justiceiros apareceram e o libertaram. Varis se ofereceu para ajudar os Justiceiros a executar os criminosos de guerra goblinóides, e juntos os heróis conseguiram executar Kundrok entre outros. Após ter sua vingança saciada, Varis se juntou totalmente aos Justiceiros.

BROM – MEIO ORC BÁRBARO

Brom - Meio-Orc Bárbaro 6º Nível - D&D 4e - Eberron

Membro de uma tribo do clã Vaanka, das Demon Wastes, Brom, levado pelo espírito de aventura, entrou como mercenário para o exército de Breland, na campanha da época da independência da nação de monstros de Droaam. Durante a campanha, Brom se apaixonou por uma medusa mercenária chamada Kashska, do exército inimigo de Droaam. Os dois planejavam deixar o combate e se refugiar na comunidade escondida de Salganor, um refúgio para os mais fracos e idosos das comunidades de monstros de Droaam. Porém, o comandante Ferdinand do exército de Breland, os descobriu e os segiu até o refúgio de uma comunidade pacífica de monstros e ordenou o massacre de todos os presentes. Kashka não sobreviveu e Brom foi capturado. Quando estava prestes para ser executado, os Justiceiros apareceram e o libertaram. Brom pode ter sua vingança contra Ferdinand, e, sem sua amada Kashka, se uniu aos Justiceiros.

_____________________________________________

O QUE ACONTECEU ANTES DA AVENTURA:

Vocês estão em Sharn em busca de Zardoz, o Açougueiro de Karrnath, um dos mais procurados criminosos de guerra, responsável pelo massacre de mais de 50.000 aundarianos. Porém, depois de andarem pelo centro da cidade, na região conhecida como Dura, Illiana sumiu no meio da multidão. Muitas horas depois, de noite, na taverna da Casa Ghallanda do Dragão Coroado, vocês recebem uma caixa misteriosa, junto com um bilhete.

________________________________

Personagens do Mestre

Esses são os que os heróis já tiveram contato.

Illiana D’Thuranni

A líder dos Justiceiros, abandonou a Casa Thuranni para se dedicar a levar a justiça aos criminosos de guerra que foram perdoados. Ela perdeu sue amado e seu filho para Zardoz, e criou os Justiceiros para um dia executar o Açougueiro de Aundair.

Zardoz, o Açougueiro de Aundair

Um misterioso Tiefling que ascendeu ao comando da principal tropa de mortos-vivos de Karrnath, Zardoz cometeu as maiores atrocidades durante a guerra das 5 nações. É conhecido pelo massacre de cerca de 50 mil Aundairianos, durante a invasão de Karrnath em Aundair, quase no final da guerra.

_____________________________

Contato

____________________________

Outros Artigos

Anúncios