NitroCast 11 – A Alma do Mago: Dicas de Interpretação para Jogadores e Mestres![NitroDungeon – Podcast]

No Episódio 11 do Nitrocast retomo a sequência de episódios sobre dicas de interpretação e criação de personagens.

Episódio anterior da série “A Alma do”:

"Mordenkainen" (Mago Uber-Fodão de Greyhawk) arte de Greg Staples
"Mordenkainen" (Mago Uber-Fodão de Greyhawk) arte de Greg Staples

NitroCast 11 – A Alma do Mago: Dicas de Interpretação para Jogadores e Mestres!

  • A Alma do Mago – Dicas de Interpretação para jogadores e mestres de RPG
  • Proposta do Episódio: inspirar a criação e interpretação de personagens magos
  • Essa é uma abordagem entre várias outras, apenas para inspirar e dar idéias.
  • Vamos abordar mais o mago mais tradicional da fantasia medieval e do D&D, o que estuda em grimórios e sai em aventuras.
  • Magos são os nerds da fantasia medieval
  • Antes de criar o mago pensar em como funciona a magia no cenário
  • A magia é por mana, por energia, é dada pelos deuses, é inerente na natureza ou está presa em cristais mágicos
  • Como funciona a magia no mundo, é comum?
  • É usada em tecnologia? é misteriosa? é acessível para qualquer um ou tem que ter uma certa herança, sangue dracônico, élfico etc.
  • A natureza da magia deveria influenciar na história do mago que se quer criar
  • A magia corrompe, é vista com bons olhos pela sociedade, é mal vista
  • E algo só para os homens ou só para as mulheres?
  • Existem academias de magia, ela é aprendida ou intuída
  • Ao ter como base a natureza da magia no cenária, criar um mago que seja mais “realista” dentro da lógica da narrativa fica mais fácil
  • Dica para criar magos interessantes: lembre-se de exemplos na literatura, filmes, livros ou pegue a vida de cientístas e ocultistas reais como base.
  • As Aes Sedai do The Wheel of Time, li o prólogo da série “The New Spring”
  • Próspero, da peça “A Tempestade”, do William Shakespeare
  • O Homem de Preto, Randal Flagg, da Saga da Torre Negra e do The Stand do Stephen King
  • Thoth-Amon, magão doidimais do mal das histórias do Conan, Stygiano doidimais!
  • Dica: Ler a saga do Monstro do Pântano escrita pelo Alan Moore
  • Zatanna do Unverso DC
  • Zed, o Mago do Legend of the Seeker e da saga The Sword of Truth do Terry Goodkind
  • Morderkainen, o magão fodão doidimais de Greyhawk
  • Tenser outro mago massavéi de Greyhawk
  • Origem do nome do Tenser
  • Magos de Forgotten vou falar nos NitroCast Especiais de Forgotten Realms
  • Raistlin Majere, o meu mago favorito (o meu e o de todo mundo hahahaha!)
  • John Constantine, o mago podrão, beberrão, massavéio!
  • Infância do mago
  • Usando Flashbacks para criar o histórico ao longo da aventura
  • Traumas de infância, maldições, contato com criaturas sobrenaturais como sementes narrativas
  • Como ele encontrou a magia
  • Se a magia é intuitiva, ele pode ter tido experiências sobrenaturais na infância.
  • Relatos de médiuns ajudam a criar um personagem interessante
  • A infância de um mago pode gerar linhas narrativa interessantes, maldições, criaturas sobrenaturais, etc.
  • Como era a relação das demais crianças com o mago, eles o rechaçavam ou aceitavam
  • Ele era estranho? tinha amigos ou não?
  • Nem todo personagem de jogo de RPG tem que ter uma tragédia na vida.
  • Formação de um Mago
  • O caminho de um mago é bem intelectual, o que fez o personagem escolher isso.
  • A curiosidade, prestar atenção em coisas que ninguem presta.
  • Se ele aprendeu em uma Academia de Magia, como foi sua educação.
  • O sofrimento de se afastar da família para se dedicar aos estudos.
  • Dica de livro: Zanoni, do Edgar Buler Lyton como exemplo de formação de mago e seus sacrifícios
  • A vida na academia arcana, colegas.
  • O Mago Aprendiz e os erros no processo de aprendizado
  • Na academia o mago passa pelas experiências análogas às experiências escolares (amigos, rivais, namoradas, etc.)
  • Exemplo do Harry Potter
  • Exemplo do Wizard of Earthsea.
  • Trauma da separação entre o Mago e sua família, para iniciar os estudos mágicos.
  • O Mago como uma classe social diferente e como são tratados pela sociedade.
  • A relação entre o Mago e seu Mestre.
  • A iniciação na magia, os traumas da iniciação.
  • Exemplo Raistlin Majere, de Dragonlance
  • As memórias da iniciação do mago podem ser criadas durante a aventura
  • O ponto de vista do Mago em relação aos demais seres.
  • O Mago como uma pessoa culta em meio a uma população ignorante.
  • Os Itens dos Magos
  • Seus itens mágicos, sua relação com seu grimório.
  • Crie uma historinha para cada item mágico que seu mago possui.
  • Você pode criar essas histórias ao longo da aventura.
  • A Busca do Conhecimento.
  • A postura do mago como semelhante a de um cientista.
  • Os dilemas morais na busca do conhecimento.
  • A sedução do poder.
  • Os problemas éticos gerados pela magia.
  • A Personalidade de um Mago
  • Como criar um ar misterioso ao mago. Falar por enigmas, combinar com o mestre alguma coisa.
  • O Mago Ecêntrico, agindo de maneira mais caótica e engraçada.
  • O Mago Frio, com o coração gelado, racional e prático.
  • O Mago Aprendiz, desajeitado e indeciso com cuas magias.
  • O Mago Vaidoso, que é meio metido e gosta de exagerar no poder que realmente possui.
  • A tranformação da personalidade do mago ao longo da aventura, dando mais realismo ao personagem.
  • A Nêmesis do mago ou seu rival.
  • O Mago é um dos personagems que tem maior chance de “passar para o lado negro”, isso dá pano para manga.
  • Diga ao mestre do jogo o que você pretende com o seu mago.
  • Pela ligação com a magia, é fácil ligar o mago a uma trama de uma aventura.
  • Improvise, crie magias novas, invente tradições e rituais para o seu mago, dê mais colorido para ele.
  • Recomendação The Wheel of time para descrições.
  • A busca pela iluminação e pelos mistérios do universo, o comportamento do Spock daria um mago dodimais!
  • Conclusão
  • Agradecimentos pelos comentários no NitroDungeon Blog e no Fórum TPK Brasil
  • Recomendação de Podcasts de RPG Brasileiros
  • Le Petit Mort Podcast
  • RPG Planet Podcast
  • Rolando 20 Podcast
  • Irmandade Heróica Podcast
  • RPG Online Podcast
  • Vozes da Terceira Terra Podcast
  • ZB Cast
  • Novas Crônicas Podcast

Abertura:

Tema de Paralax (por Tio Nitro – música e vocal!) :)

Trechos:

Caverna do Dragão: A Cidadela da Sombra

Links:

Podcasts de RPG Brasileiros

Download – NitroCast 11

Escute Online

Fórum do NitroCast

Fórum TPK Brasil (Total Podcast Kill)

Assine o NitroCast (Feeds of RSS do Podcast – Meevio)

Você pode baixar os episódios ou assinar, usando programas como o Itunes da Apple.

Tutorial Animado de como assinar Podcasts usando o Itunes.

Via Itunes – itpc://mevio.com/feeds/newtonrocha.xml

Via RSS – http://mevio.com/feeds/newtonrocha.xml

Escute Online

http://newtonrocha.mevio.com/

HD Online com todos os Nitrocast (4Shared)

http://www.4shared.com/dir/9353384/18b6cd28/05-_NitroCast_-_Podcast_de_RPG.html

Download Direto Nitrocast

Download Direto Nitrocast Especial

____________________________________________

Contato

____________________________

Outros Artigos

Anúncios

15 comentários

  1. Valeu pessoal! Muito obrigado!

    Leish, eu sou fã do Legend of the Seeker, a série e estou animando a ler os livros! :)_

  2. Olá,

    Tio Nitro, a série do Goodkind já começoua ser publicada no Brasil tem um tempim. O primeiro livro do mago já tá pra vender faz tempo no Submarino. Eu dei até de presente de aniversário pra uma amiga em outubro. :)

    Bonanças.

    Atenciosamente,
    Leishmaniose

  3. Muito bom! Vou recomendar para o mago do meu grupo! rsrs

    Este tipo de podcast é bastante apreciado pela comunidade “rpgistica” e com adaptações, é possível criar grandes personagens (arcanos ou não).

    Obrigado pelo trabalho, Tio Nitro

  4. Cara muito bom, nada de sistema! Que é o que mais vejo por ai, o que é bom afinal economizo nas contas, rsrsrsrsrsrs, mas a parte de descrição ainda é o que mais gosto e que acho que mais falta!

    Pena que não deu para faalr dos magos como um todo, mas entendo que é um tema muito vasto. Porem com suas dicas e uma orientação sobre o cenário, não medieval acredito que elas podem ser usadas até para cenários futuristas!

  5. Muito legal.

    Tal como o do Guerreiro eu gosto muito destes episódios que tratam apenas de roleplay e menos de regras ou de um sistema específico.

    Sempre que sai um episódio seu eu fico com vontade de assistir. Como eu os escuto na volta do trabalho é curioso por que eu fico ansioso pelo engarrafamento. =P

    Abraços!

  6. Valeu tio nitro, pelo Podcast!

    Já está na lista de coisas essenciais em ouvir!

    Ainda estou na metade, mas o podcast realmente aprofunda o conceito de mago em diversas formas de se pensar em um mago.

    Apesar de guerreiros serem o papel que mais gosto, as vezes um mago pode fazer a diferença. Gostei muito do Winter Witch do Arcana Evolved, um bruxo com poderes de frio, sua relação com a magia era como a do Feiticeiro do D&D 3.x.

    Continue assim, já que tem ávidos leitores esperando por mais material.

    Você é do tipo que gosta de trocar material?

    Abração

  7. Valeu Tabris!

    Bem, eu sempre recomendo adaptar, e, na minha opinião, acho que rola fazer um Constantine em Forgotten, é só dar um ajeitada no personagem. A gente teve um mago tipo Constantine uma vez, o Lachesis, que era tão podrão, irônico e sacana quanto o Constantine. Ele tinha até um Eyeball (filhote de Beholder) como familiar hahahahaha! Ele fazia pactos com demônios e tudo, massavéio demais! :)

    E eu foquei mais na criação e na personalidade do mago, como ele é, que tipo de coisas ele pode ter feito na vida, etc. Esse tipo de detalhe muitas vezes passa desapercebido ou os jogadores nem pensam direito. Em Forgotten, por exemplo, tem academias de magia em todas grandes cidades, o que dá para fazer até um esquema Harry Potter, se o jogador quiser ter como histórico.

    Mas a idéia é inspirar mesmo, fazer com que o pessoal pense e integre a natureza da magia com a personalidade/vida/memórias do seu mago! :)

    Valeu pelo comentário! :)

  8. Cara… tem uma coisa q reparei bem nesse episódio. É muito dificil de falar do mago como papel em geral pq a magia pode ser vista de milhares de formas diferentes. Vc se perde um pouco pq o tipo de magia e o clima dela em Constantine é totalmente diferente da magia em Forgotten Realms. Muitas dicas que vc deu só funcionam para um ou outro tipo de campanha, para alguem que não tivesse muito a capacidade de separar o que é para um e para outro esse podcast poderia ficar bem confuso.

    Mas de qualquer forma é um ótimo trabalho e me deu diversas idéias interessantes.

  9. Muito legal =D

    Agora to esperando duas coisas. O episódio da minha classe favorita (Clérigo) e a continuação do especial de Forgotten Realms.

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s