Iniciativa 4e #19 – A Gangue dos Pivetes Elementais! [NitroDungeon – D&D 4ed]

Nessa 18ª Iniciativa 4e , o projeto de vários blogs para a criação de material para D&D 4e, abordamos o tema “Crianças”! Dessa vez criei uma gangue de pivetes liderada por quatro elementais, que tomam posse de corpos de crianças para comandar uma organização criminosa que possui sua base nos esgotos das áreas mais miseráveis de uma cidade de cenários de fantasia medieval. Abaixo segue a introdução das gangues dos pivetes elementais!

A Gangue dos Pivetes Elementais

As ruas das áreas mais pobres e violentas de grandes centros urbanos sejam capitais dos reinos, cidades portuárias ou centros de comércio, guardam muitos perigos, principalmente nas ruas sujas de suas áreas mais pobres. Nesses locais de miséria, dor, desespero, vício e crime, os menores abandonados aprendem a sobreviver se organizando em gangues de pequenos criminosos, que podem representar um grande perigo para um grupo de aventureiros incautos.

Dentre as diversas gangues de pivetes que abundam nos centros urbanos, uma das mais perigosas é a Gangue dos Quatro, uma organização de crianças criminosas comandada por quatro elementais que usam o corpo de menores abandonados para controlar as ruas das áreas mais miseráveis de um centro urbano.

História

Os Quatro, como costumam ser chamados pelos menores abandonados mais próximos, são criaturas vindas dos quatro planos elementais, terra, fogo, água e ar, e que, para sobreviver, tomam posse do corpo de crianças. Eles foram extraídos de seus respectivos planos de origem por um alquimista imprudente, que pretendia prender as criaturas e forçá-las a imbuírem seu poder Elemental em seus artefatos, e com isso ganhar fama e fortuna. Durante muito tempo, o alquimista conseguira escravizar os quatro elementais, porém, depois de ficar embriagado ao festejar a venda do primeiro dos artefatos que criara com o poder das criaturas, o alquimista inadvertidamente quebrou o vidro da jarra de contenção do Elemental do fogo. A criatura, enraivecida pelos meses de aprisionamento, incinerou o alquimista e em seguida libertou seus companheiros.

Incapazes de retornarem para os seus planos de origem, os Quatro, sentindo a degeneração causada pelas energias do plano material, buscaram corpos humanos para possuírem. Os corpos de adultos, devido a maturação da energia do plano material em sua essência, não conseguiam conter a energia dos Quatro por muito tempo, e o hospedeiro morria em questão de horas, transformado em pedra, água, ar ou fogo. Porém, depois de executarem vários mortais, os Quatro tomaram posse do corpo de crianças, que, devido seus poucos anos no plano material, permite que as energias elementais não transformem imediatamente o corpo, pelo menos por cerca de sete meses. Após esse período, uma simples troca de corpos lhes daria mais tempo no plano material.

Depois de alguns meses alternando corpos, os Quatro começaram a se acostumar com o plano material e a se interessar pelas sensações oferecidas pelos corpos das crianças que utilizavam. Além disso, eles aprenderam a sugar a energia mágica de itens, armas, poções e tudo o mais que pudesse ser encantado. Essa energia mágica sugada está aumentando gradativamente o poder dos Quatro, tornando possível, em um futuro não muito distante, que eles consigam abrir um portal dimensional e retornar aos seus planos de origem. Para atingir esse objetivo, os Quatro criaram uma organização de criminosos infantis, devido a facilidade que tinham em se comunicar com eles, principalmente após tomar posse dos corpos de líderes de gangues de pivetes.

Os Quatro usam de seus poderes e de sua influência para coordenar os ladrões infantis que estão sob seu controle para roubarem o maior número de itens mágicos que conseguirem. Em troca, eles dão comida e proteção aos menores abandonados da região miserável de onde comandam sua legião de pivetes. Os Quatro são Feuer (elemental do fogo), Wasser (elemental da água), Erde (elemental da terra) e Luft (elemental do ar).

A Gangue dos Quatro possui uma base de operações completamente subterrânea, com construções feitas por Erde nas câmaras dos esgotos.

Imagens do PDF:

_________________________________

Download

A Gangue dos Pivetes Elementais – Versão PDF

A Gangue dos Pivetes Elementais  – Versão DOC

_________________________________

Outros Posts da Iniciativa # 19 – Crianças

Aldetoron – A Boneca do Atropal

Quando os Dados Rolam – Crianças!

Tomo 4e – Heróis Alienígenas

Covil – Ser Criança

Red Ninja Press -O Tomo dos Contos de Fada

_________________________________

Posts Legais da Blogosfera do RPG do Brasil selecionados pelo Tio Nitro! (Atualizado diariamente!)

_________________________________

Outros Artigos

7 comentários

  1. Bem legal. Gostei particularmente da profundidade dado aos monstros e ao tema.

    Show!

  2. Pessoal, essa versão saiu com um erro nas fichas do Luft e do Erde, vou postar a revisada amanhã, 13/09!

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s