Reino do Terror 00 – Introdução da Campanha e Criação dos Personagens (Sessão Gravada!)

Campanha Ustalav, O Reino do Terror (Forgotten Realms)

E agora começamos mais uma campanha de fantasia medieval, agora com o sistema +2d6 na sua versão fantasy (rolando +d20 para os testes básicos e com os demais dados do D&D para o dano, poderes, etc.).

RESUMO DA CAMPANHA:

A campanha se passa no mundo de Faerun, o cenário de Forgotten Realms, no Reino de Ustalav (que não está presente no cenário).

A campanha é uma adaptação da Campanha Carrion Crown, da Paizo para o cenário de Golárion.

Para essa campanha, coloquei o Reino de Ustalav entre as Daelands (Terras dos Vales), Sembia, Moonsea, Impiltur e Damara, onde no mapa está o The Vast.

Como a campanha é toda dentro do reino de Ustalav, não haverá necessidade de modificar mais nada.

A campanha será com o tema de horror gótico, como as aventuras de Ravenloft com toques de terror lovecraftiano! :)

NITROSESSIONS: SESSÕES DE RPG GRAVADAS (DOWNLOAD)

Reino do Terror 00 – Introdução e Criação de Personagens (2 horas e 50 minutos) (50 mb)

Escute Online!

RESUMO DA CAMPANHA:

A campanha se passa no mundo de Faerun, o cenário de Forgotten Realms D&D, no Reino de Ustalav (que não está presente no cenário).

A campanha é uma adaptação da Campanha Carrion Crown, da Paizo para o cenário de Golárion.

Para essa campanha, coloquei o Reino de Ustalav entre as Daelands (Terras dos Vales), Sembia, Moonsea, Impiltur e Damara, onde no mapa está o The Vast.

Como a campanha é toda dentro do reino de Ustalav, não haverá necessidade de modificar mais nada. Usarei o meu Sistema +2d6, na sua versão +Fantasy, onde usamos os dados do D&D ao invés de apenas d6, para dar aquele climão do D&D. :)

A campanha será com o tema de horror gótico, como as aventuras de Ravenloft com toques de terror lovecraftiano! :)

ANO DA CAMPANHA:

Calendário de Forgotten Realms: Ano 1372 DR (O ano de campanha do Forgotten d20) – Ano da Magia Selvagem.

DATA INICIAL: 4 de Alturiak, 1372. Meio da Primavera

Calendário Online de Forgotten Realms: http://www.wizards.com/dnd/fc/index.htm

O REINO DE USTALAV

A história moderna da Ustalav começou por volta de 480 DR, quando inúmeras famílias bárbaras dos Varisian vindas de Narvel resolveram ficar no lugar.

Soividia Ustav unificou os clãs depois de várias guerras em 495 DR e expulsaram os habitantes nativos da região, que foram para as Dalelands. Porém, o reino de Ustalav continuou com guerras entre os clãs.

Em 530 DR, a princesa Carmina Ustav dividiu o país em 16 feudos, divididos entre 16 famílias feudais, todas submetidas ao controle central da rainha ou do rei de Ustalav. Isso causou uma era de prosperidade e desenvolvimento.

A ASCENÇÃO DE TAR-BAPHON, O NECROTIRANO

Em 612 o lich Tar-Baphon entrou em contato com uma entidade cósmica que lhe deu poderes em troca de sua adoração. Tar-Baphon, com o título de Necrotirano, conquistou todo o terrítório de Ustalav e governou por quatrocentos anos, submetendo seus súditos a tirania de Lordes Vampiros, e contando com a ajuda de seu exército de mortos-vivos.

Ele controlou Ustalav por quatrocentos anos aumentando seus exércitos de monstros e mortos vivos, quando iniciou uma campanha de expansão, procurando invadir as Dalelands. Depois de conquistar parte das Dalelands, a resistência de Elminster e os exércitos da Dalelands o forçaram a recuar.

A CRUZADA DA LUZ

Em 1012 os reinos humanos das Dalelans, Cormyr, Sembia se aliaram aos elfos da High Forest em uma jornada para impedir a ameaça de Tar-Baphoom. Eles se uniram a Resistência de Ustalav e derrotaram Tar-Baphon, e exterminaram o Templo Necro e todos os Necromonges.

RECUPERAÇÃO DE USTALAV

Os quatrocentos anos de controle de Tar-Baphon deixaram uma terra cheia de perigos e monstros horrendos. Os nobres de Ustalav entraram em uma guerra civil pelo poder, que deixou a Família Ordranti com a coroa de Ustalav. Nos últimos trezentos anos, duas gerras civis dividiram o país e derrubaram o governo de três dos desesseis condados de Ustalav.

EVENTOS RECENTES DE USTALAV

Recentemente, o Rei Valislav Ordranti morreu sem deixar herdeiros (1371), filhos de sua esposa Tarliara Ordranti.

Seu irmão, príncipe Aduard Ordranti III assumiu o trono, porém, a concubina de Valislav, Milaera Caliphaso deu a luz a Reneis Ordanti, o filho bastardo de Valislav.

O atual rei de Ustalav é Anduard Ordranti III.

Reneis Ordandi, agora com doze anos, está sendo criado pela Condessa Carmilla Caliphaso. Existem rumores que dizem que a Condessa pretende exigir os direitos de Reneis, ou até mesmo casar com Reneis para chegar ao trono de Ustalav.

ADMINISTRAÇÃO DO REINO

Cuida da organização e administração do reino. Atualmente o reino de Ustalav é dividido entre 12 condados. Desses doze, nove são governados pelas suas nobres famílias, enquanto outras três são governadas por conselhos eleitos pelos cidadãos. Esses três condados, Lozeri, Canterwall e Vieland são conhecidos como os Palatinatos.

POPULAÇÃO

A população é em sua marioria Varisianos, brancos com cabelos negros e olhos castanhos ou azuis. Existem grandes grupos descendentes de bárbaros utghards que migraram para região a muito tempo atrás, e grupos de vitanis (ciganos) rondando principalmente no sul.

Sembianos, cormyrianos e daelanos são encontrados também nas grandes cidades de Ustalav.

A população é supersticiosa, desconfiada de estranhos e durona, devido às muitas guerras e as memórias dos horrores da época do Necrotirano.

CONDADOS DE USTALAV

Dividido em 12 províncias, cada um dos condados é independente. Todos os governantes dos condados tem que obedecer ao Rei Aduard Ordranti III.

Existem dois tipos de condados, os Soivoda (governados pelas famílias nobres) e os Palatinatos (governados por conselhos de cidadãos). Além desses, existe Virlych, que uma terra de ninguém tomada por mortos-vivos.

GEOGRAFIA

Um território montanhoso e frio, cheio de florestas escuras e densas, e com invernos rigorosos. Névoas são comuns. No sul tem acesso ao Inner Sea.

Ustalav, o Reino do Terror

Ustalav, o Reino do Terror

CONDADOS DE USTALAV

Amaans:

Capital: Kavapesta

Vilas: Eran’s Rest

Terra de vales com névoa, com habitações localizadas nas margens do Lago Kavapesta. Possui poucos habitantes é é governado pelo Conde Lucinean Galdana. Local de grandes florestas e áreas de caça. Foi governada por muitos anos pelo vampiro Visconde Galdyce, do alto do Castelo Galdyce.

Ardeal:

Capital: Ardis

Vilas: Berus

No centro de Ustalav. Contém a antiga capital, a cidade de Ardis, nas margens do Rio Vhatsuntide. É o local de nascimento de Soividia Ustav, fundador do reino de Ustalav. A cidade de Ardis está em declínio, pela mudança da capital para Caliphas. Possui mansões em ruinas e as fazendas estão sendo abandonadas. É governada pela terrível Condessa Solismina Venacdahlia.

Barstoi:

Capital: Vische

Vilas: Sturnidae

Região de colinas e terrenos pedregosos, habitado por pessoas duronas e mal humoradas. Condado mais militarista de Ustalav, com boas fazendas. Governado pelo tirano Conde Neska, com mão de ferro e pena de morte para ladrões. Um dos condados mais ricos de Ustalav.

Caliphas:

Capital: Cidade de Caliphas

Vilas: Anactoria, Grayce, Vauntil, Chateau Douleurs

Condado mais vibrante, e rico. Famoso por vinharias e perfumes. O Rei Anduard governa Caliphas e vive na capital.

Canterwall:

Capital: Ravengro

Vilas: Tamrivena, Marian Leigh

Condado Palatinato, governado por um conselho de cidadãos. Principal produtor de trigo e pão de Ustalav. É uma terra ameaçada por orcs a oeste e mortos-vivos de Virlych ao sul.

Lozeri:

Capital: Corteaud

Vilas: Morcei, Chastel

Condado Palatinato, governado por um conselho de cidadãos. Dedicada ao turismo, entreterimento dos ricos, com campos de caça para a nobreza.

Odranto:

Capital: Castle Odranto

Vilas: Ardagh

Condado cheio de castelos de diversas eras, controlado pelo Conde Conwrest Muralt (que não é conde de verdade). Militarista por causa dos bárbaros do norte.

Sinaria:

Capital: Karcau

Terra de pântanos, governado pela bela Condessa Sasandra Livgrace. Muitas das plantações de Ustalav vem dessa região. Em Karcau existe a Ópera de Karcau, que atrai muitos visitantes.

Ulcazar:

Capital: Wait’s Span

Terra inóspita, o alto das Montanhas Famintas, controlada pelo Monastério do Véu e pelo Alto Monge Yarsmardin Senir.

Varno:

Capital: Corvischior

Vilas: Redleaf, Cesca

Terra com clima sobrenatural, população fanática de Lathander, controlada pelo tirano Conde Ristomaur Tiriac

Versex:

Capital: Trushmoor

Vilas: Rozenport, Illmarsh, Hyannis, Carrion Hill

Terrenos pedregosos, muitas minas de ferro e plantações. Clima mais úmido no sul, e com pântanos. Governado pelo Conde Haserton Lowls IV, que não liga muito para o governo, dando autonomia para os prefeitos das cidades.

Vieland:

Capital: Lepidstat

Vila ao norte, em meio a monolitos de civilizações antigas. Governada por um conselho de cidadãos,apesar do Conde Caromarc, antigo governante de Vieland, ainda ter grande influência no lugar. Lepidstat possui uma famosa universidade, antiga e tradicional de Ustalav.

Virilych:

Uma terra de mortos-vivos e o local onde o Necrotirano Tar-Baphoom foi derrotado. A energia negativa do lugar é imensa, e monstros rondam por todos os lados. Cavaleiros, magos e ordens religiosas mantém os monstros presos na região, patrulhando as fronteiras.

CRIAÇÃO DE PERSONAGENS

Pode-se criar personagens de qualquer lugar de Forgotten. Porém, personagens com ligações em Ustalav ajudarão mais na campanha. Familiares ou amigos que foram morar em Ustalav podem aparecer e ajudar durante a campanha.

Inicialmente, os heróis serão chamados para a cidade de Ravengro, no condado de Canterwall para atender ao funeral do Professor Lorrimor, um grande intelectual e alquimista da Universidade de Lepidstadt, na cidade de Lepidstadt (Condado de Vieland).

Os PJs tem que ter algum tipo de ligação com o Professor Lorrimor. Ele era um alquimista e explorador, e também trabalhava como um caçador de monstros, viajando por muitos reinos de Forgotten Realms (como o Van Helsing, da lenda do drácula).

Sistema +2d6: 15 pts de Atributos, 20 pts. de Perícias, 5 de Vantagens, 3 de Desvantagens

PERSONAGENS DOS JOGADORES

Val Hellsing – Caçadora de Monstros

Jogadora: Érika Tuz

Descrição:

Roupa de Couro negra com vários detalhes com caveiras, visual ultragótico. Cabelos negros e pele pálida, com uma série de intens mágicos que a deixam capaz de caçar vampiros e outros monstros da noite. Cabelos encaracolados e negros e olhar nervoso.

Possui uma máscara de caveira que a permite ver no escuro. Tem um cinturão com presas de vampiros que curam suas PVs. Ela é perseguida por sua irmã, uma Lorde Vampira.

História:

Quando era pré-adolescente, sua irmã virou vampira e matou sua família. O Professor Lorrimor, da universidade de Lepidstat do norte do Reino de Ustalav a educou para ser uma Caçadora de Monstros, ensinando tudo que ele sabia. Val Hellsing cresceu em Lepidstat depois que foi adotada pelo Professor Lorrimor.

Motivação: Val Hellsing partiu em sua jornada para matar ou salvar sua irmã da maldição vampírica.

Tulissa – Confessor de Tyr

Jogadora: Paula

Descrição:

Branca com cabelos negros, lábios rosa.

Motivação:

Cresceu nas Dalelands (As Terras dos Vales), e entrou no tempo de Tyr quando criança. Recebeu o treinamento para se tornar uma Confessor, uma sacerdotisa capaz de dominar as mentes de outras pessoas. Ela é a primeira das novas guerreiras de Tyr, as Confessor. Tuliça está em treinamento, é uma noviça e foi para Ustalav para se encontrar com o Prof. Lorrimor.

O Prof. Lorrimor trabalha junto com o Templo de Tyr nas Dalelands para evitar que o Necrotirano volte. O Sacerdote Remariz, o superior de Tuliça, está preocupado com as suspeitas de Lorrimor sobre a ascenção das forças das trevas, que deram o poder ao Necrotirano no passado.

Hanz Caneca-de-Pedra – Anão Guerreiro e Elegante, dono de Cervejaria em Leipidstat

Jogador: Tio Nitro

Descrição:

Primo de Oktober Caneca-de-Pedra, Hanz possui uma cervejaria gourmet em Lepidstat, um anão hipster, e tem um monóculo. Anda como um hobbit e não usa barba. É engomadinho. Tem bigodinho, cabelo curto e partido no meio com brilhantina. E tem bigodinho. Tem uma mãe diferente do Oktober.

Motivação:

Se une a Oktober para abrir mais tavernas pelo Reino de Ustalav e o ajudar guiando pelos condados. O Prof. Lorrimor era um grande apreciador das cervejas Caneca-de-Pedra.

Oktober “Fast” Caneca-de-Pedra – Anão Bárbaro e Cervejeiro das Montanhas da Mandíbula do Dragão

Jogador: Anso

Descrição:

Tem cabelos loiros partidos no meio e um bigode pontudo para baixo. É bem corpulento, mas muito ágil no manejo do machado e das canecas de cerveja, o que lhe concedeu o apelido de “Fast”.  Tem uma caneca que transforma água em cerveja e fica furioso se não estiver com ela por perto. O símbolo do seu clã é uma caneca com uma folha de cevada esmagando a cabeça de um orc (caneca de pedra, oras). É do clã Stone Cup (Caneca-dePedra) famoso pelos seus anões mestres cervejeiros.
História:

Cresceu nas montanhas ao norte da Terra dos Vales ouvindo as histórias de que o Necrotirano roubou todo o tesouro dos Anões do Norte de Ustalav e os expulsou do reino. Quer trucidar aqueles que expulsaram o seu clã da região além de tentar reconquistar a confiança do povo de Ustalav levando a cerveja dos Caneca de Pedra para os 4 cantos do reino. Os anciões não gostaram dessa idéia e preferiram manter a produção de cerveja exclusiva para os anões. Sentido-se desonrado Oktober cometeu um ato extremo: cortou com o machado todas as tranças da barba, bigode e dos longos cabelos (tradicionais dentro do clã) e prometeu que deixará o cabelo e a barba crescerem novamente quando tiver reconquistado o tesouro perdido dos anões.

Motivação:

Foi para Ustalav em busca do Professor Lorimor, um amigo dos Caneca-de-Pedra, que teria descoberto uma pista do paradeiro do tesouro roubado dos anões pelo Necrotirano. Conta com a ajuda do primo Hanz Caneca-de-Pedra que mora em Lepidstat e também é um grande apreciador de cerveja. É apaixonado por cerveja e está sempre tentando criar novas receitas e métodos de fermentação da bebida.

Dora – Druida da Shudderwood

Jogador: Leo

Descrição:

Tem cabelos loiros e é toda feliz. Muito bela mas meio caótica. É alegre e faz crescer flores por todos os lados. Ela segue o Deus Silvanus.

História:

Durante uma guerra civil em Ustalav, Dora foi abandonada na Shudderwood, no Norte do Reino de Ustalav. Awar Marivaldi, o Mestre Druida de Shudderwood (e membro da Ordem Palatina) a adotou e a treinou. O Mestre Awar era amigo e aliado do Prof. Lorrimor e ia até a Shudderwood para consultar o Mestre Awar sobre plantas para caçar monstros. Havia uma comunidade de Elfos do Sol em Lorzeri durante a época do Necrotirano. Mestre Awar é um veterano da Cruzada da Luz que derrubou o Necrotirano.

O Mestre Awar esta preocupado com o aumento da atividade dos lobisomens na Shudderwood ( e enviou mensagens para Lorrimor por meio de águias inteligentes), e com um praga negra que está matando as árvores de Shudderwood.

Motivação:

Com o desaparecimento do Prof. Petros Lorrimor, seu Mestre Awar a enviou para Ravengro para investigar o seu desaparecimento.

Taeron Moonstone – Mago Elemental e aspirante a necromante

Jogador: Mário

Descrição:

Um mago estudioso e ambicioso da Universidade de Lepidstat.

História:

É oriundo de Illmarsh e foi para Lepidstat, onde era um dos melhores alunos do Dr. Petros Lorrimor.

PRÓXIMA SESSÃO : O FUNERAL DO PROFESSOR PETROS LORRIMOR

Contato:

About these ads

14 Respostas para “Reino do Terror 00 – Introdução da Campanha e Criação dos Personagens (Sessão Gravada!)

  1. muito bom! estou impressionado com a participação da galera e com a criação dos personagens, imaginação rolando solta, isso sim é uma verdadeira mesa de RPG!
    Oktober “Fast” Caneca-de-Pedra kkkkk mto bom, dei mta risada nessa parte super criativo (:
    Parabéns a todos e estou super ansioso esperando o próximo.
    vou até indicar para os amigos :D

  2. Caraca que loco essa mesa sua Tio Nitro, parabens ficou muito muito loco mesmo, tudo. Só tira uma duvida geografica ai para o rpgista que não tem a pericia geografia: qual o tamanho do territorio deste reino ?

  3. Salve Newton, ou deveria dizer: Sua Benção Don Nitro – beijo na mão -, acompanho seu trabalho desde 2008 ( o site véio me deu muitos risos…), mas devido a minha personalidade mais reservada (leia timidez extrema de nerd loser forever alone lawful-good pure heart ) preferi sempre manter distância e não comentar, recentemente, com mais maturidade, percebi que o feedback é essencial para criadores de conteúdo, ainda mais de nichos tão específicos como o que você todos esses anos mostrou-se capaz de gerar.

    Acho interessante, seu hábito de leitura de livros quase completamente fora do mainstream, me incentiva a sair da zona de conforto. Saindo da rasgação de seda sobre seu trabalho (nos blogs, sei que você se disfarça de professor de inglês passar por humano), e indo para o departamento amigos. Parabéns pelo grupo, escutando as conversas (paralelas ou não) dei muitas risadas das piadas espontâneas que saíram na sessão. A aura de amizade estava, fazendo o rpg ser o que propõe desde o início: divertido!

    Obrigado por todos esses anos de gargalhadas, sustos, tensão (cada livro que você recomenda…) e risos inteligentes, e me desculpe por não ter comentado nada até então. Falo com você alguns anos atrasado mas é isso aí, o grilhão de minha língua (ou seriam meus dedos?) está partido, espero que este seja apenas o começo de muitos outros contatos e respostas.

    Perdono padrino Don nitro non mancano mai !

  4. Olá Tio Nitro, parabéns pela campanha, muito legal a adaptação que você fez para Forgotten. Fico curioso em saber o que você está achando do material das aventuras da Paizo e principalmente sua dificuldade (ou facilidade) em converter para outros sistemas.
    Eu sei que você gosta muito de Forgotten, mas também gostaria de saber o que você achou de Golarion e porque não usa-lo na campanha. Eu sei que são respostas complexas, mas sempre fico curioso em saber a capacidade de penetração da Paizo no mercado brasileiro.
    Obrigado pelo trabalho de compartilhar seu jogo com os fãs, eu bem sei como é difícil.

  5. O meu sistema de rpg +2d6 é facílimo para adaptar de outros sistemas, ele é totalmente customizável e fácil até de improvisar na hora do jogo.

    Eu uso Forgotten porque é o cenário que eu mestre desde 1986, ele é muito familiar para mim, li trocentos romances no cenário e meus jogadores já conhecem o cenário a mais de quinze anos. Eu já não tenho muito tempo e não dá aprender e dominar um novo cenário. Mas Golárion é ótimo, e as aventuras da Paizo são fáceis de adaptar para outros cenários! Valeu pelo comentário, um abraço!

  6. Ola tio nitro.estou começando mestra rpg agora e tenho algumas dúvidas.
    Mas antes quero dizer que achei o seu trabalho muito doidimais.Gostei de ouvir as campanhas.algumas vezes era como se eu participasse.
    Tenho pouca experiêcia em rpg. Por isso ,o seu sistema foi perfeito pra aprender o básico… mais eu tenho serias dúvida sobre o pdms:os ataques especias e habilidades especias.como fucionam?

  7. Simples, role 2d6 e some no bônus de ataque do ataque especial. Depois role o dano. Exemplo: Orc, Machadada Infernal +8 dano 2d6 de fogo. Role 2d6+8 para acertar, se o alvo rolar igual ou abaixo do resultado da rolagem do ataque do orc, ele perdeu. Role o dano e subtraia dos PVs do alvo. Simples. :)

  8. Quero dizer que admiro muito seu trabalho como mestre…
    No futuro quero poder escrever livros de fantasya…por isso acho muito legal aprender a mestrar para somar a experiência.
    Mas como sou novo no assunto eu queria uma dica sua que me ajudasse a ser um mestre tão bom como sr.
    Um dica para guiar na minha jornada como mestre, pq sei que o sr já trilha, a muito tempo, esse caminho.
    Algo que realmente me “”desse uma luz” pq sei muito pouco.

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s