SpaceCthulhu 03 – Aprisionados! Reporte+Sessão Gravada+Fotos! (NitroSessions RPG)

Mais um episódio de Space Cthulhu no ar! Nesse episódio a temperatura esquenta no espaço! Os Fuzileiros Coloniais enfrentam um ataque misterioso de uma nave de mercenários, enquanto a tropa que está no planeta Styx é capturada e levada para o presídio da Corporação Cenargo! Será que conseguirão escapar?

DOWNLOAD DA SESSÃO GRAVADA!

NitroSessions – Space Cthulhu 03 – Aprisionados! (2 horas e 27 minutos! – 67 MB)

O reporte de sessão está logo abaixo, depois dos personagens!

 

PERSONAGENS E JOGADORES DE SPACE CTHULHU:

Os jogadores são Fuzileiros Coloniais, a força policial da Federação Intergalática Terrestre nos sistemas estelares das Colonias Espaciais e na terra-sem-lei dos Sistemas Exteriores. O ano é 2271 e vários sistemas estelares ao redor do sistema solar estão colonizados e sendo explorados por recursos minerais e energéticos.

Soldado Deepak Bronson (Tuz)

Deepak Bronson (Tuz)

37 anos, ex-capitão dos Black Tortugas, um esquadrão de Fuzileiros Coloniais famoso por sua sanguinolência durante a Guerra das Colônias (uma revolta contra a Federação Terrestre que aconteceu entre 2047 a 2060, 11 anos antes do começo da campanha de Space Cthulhu). Deepak Bronson é de origem indiana, e teve o seu corpo completamente alterado genéticamente para se tornar um super-soldado das Forças Especiais Interplanetárias Operativas (o F.E.I.O). Ele é alto (1m98) e de fortíssimo, capaz de aguentar ferimentos profundos e dotado de uma frieza impressionante. Deepak possui cabelos negros e lisos, nariz quebrado, o rosto e o corpo cheio de cicatrizes e um enorme queixo quadrado. Ele perdeu o cargo de capitão depois de destruir, por acidente, outro esquadrão de Fuzileiros Coloniais (os Silver Cougars). Sua mãe insiste que ele se transforme em um médico. Deepak é originário de Samoa, e foi criado como um Fafafine, acostumado a vestir roupas de mulher e criado para cuidar dos pais.

Perícias: Armas Brancas, Armas de Fogo, Armas de Energia Luta, Estratégia Militar, Atletismo, Pilotar, Computadores, Sobrevivência

Capitão Boris Krakovisky (Anso)

Boris Krakovisky (Anso)

28 anos, capitão dos Grey Wolfs, o nome do esquadrão das Forças Especiais dos Fuzileiros Coloniais da aventura. De origem russa, Boris trabalhou como piloto da Megacorporation Boeing Interespacial e depois de sobreviver a um terrível ataque de piratas espaciais (os Darkvoids), onde perdeu sua tripulação, decidiu entrar para os Fuzileiros Coloniais. Sua grande inteligência e capacidade de liderança fez com que rapidamente subisse na hierarquia militar. Seu maior temor é de perder seus soldados em combate, assim como perdeu sua tripulação em 2266, pelo ataque dos piratas espaciais Darkvoids (piratas inimigos da Federação Interestelar Terrestre). Boris é alto e careca, olhos azuis, e cicatrizes na cara.

Perícias: Armas Brancas, Armas de Fogo, Armas de Energia Luta, Estratégia Militar, Atletismo, Pilotar, Computadores, Comunicações, Reparos (Mecânicos), Treinamento Mental

Hacker e Especialista Cibernética Delta (Paula)

Delta (Paula)

Cérebro de 46 anos em um corpo clonado de 12 anos. A lendária hacker australiana Delta ficou famosa durante as décadas de 2250 a 2060 por invadir os mais poderosos sistemas de computadores das megacorporações da Federação. Porém, após a Guerra das Colônias, Delta invadiu um sistema da Artificial Life Incorporated onde pretendia roubar uma Inteligência Artificial de nivel Alpha (verdadeira vida artificial, A.I. poderosíssimas, como poderes quase divinos dentro da Starnet, a internet interestelar). Ao entrar em contato com a A.I. , uma entidade feminina de pele azul chamada Shivadrive, Delta foi atacada por uma centena de programas de Black Ice, que fritaram o seu corpo. A Autoridade Interestelar Colonial conseguiu chegar a tempo para salvar o seu cérebro e ofereceu a hacker duas opções: morrer ou se alistar com os Fuzileiros Coloniais. Delta aceitou o acordo e pediu para que seu cérebro fosse implantado em um corpo de um clone seu de 12 anos, a fim de escapar da fúria de suas antigas vítimas de ataques de hacker. Delta é uma bela menina de doze anos de idade, com cabelo longo porém raspado apenas de um lado. Apesar de sua aparência infantil, sua personalidade reflete suas experiências de vida no submundo dos hackers e o uso de tecnologia proibida.

Perícias: Armas Brancas, Armas de Fogo, Armas de Energia, Luta, Atletismo, Pilotar, Computadores, Sobrevivência, Investigação, Gadgeteer, Robótica, Demolição

Doutor Ramstein Hiedel (Leo)

Ramstein Hiedel (Leo)

43 anos, médico alemão. Um gênio da bionanotecnologia, nanotecnologia aplicada a sistemas biológicos, o Doutor Ramstein tinha uma carreira brilhante no mundo acadêmico. Porém, todo o seu conhecimento foi insuficiente para deter uma rara doença degenerativa que acometeu Olda Hiedel, sua amada esposa. Como uma última tentativa de salvá-la, ele copiou todo o cérebro de olga, junto com suas sinapses nervosas, e colocou em um chip, acoplando-o em seu próprio cérebro. Seus colegas, quando souberam do procedimento, o expulsaram do Centro de Ciência Intergalática da União Européia. A fim de continuar suas pesquisas e encontrar uma forma de dar vida novamente a sua esposa, o Doutor Ramstein ingressou nos Fuzileiros Coloniais, aceitando as modificações genéticas em seu corpo e a sua transformação em um PsyCorp, um soldado com poderes telepáticos criados por meio de nanotecnologia cerebral. Seu objetivo é aproveitar as oportunidades de contato com tecnologias proibidas que as missões militares oferecem para reviver sua esposa. Ele pretende criar um cérebro e um corpo artificial complexos o suficiente para descarregar a imagem eletromagnética das sinapses cerebrais de sua esposa, que guarda em um chipe encrustado em seu cérebro.

Perícias: Armas Brancas, Armas de Fogo, Armas de Energia Luta, Atletismo, Medicina, Psicologia, Ciências Biológicas, Pesquisa, Primeiros Socorros

Sniper Assassina Ayla Brent (Mário)

Ayla Brent (Mário)

Nativa de Wotan-4, uma colônia mineradora de Cristais de Foscolium (Ununoctium, Elemento 118, o combustível para os F-Drives (ou Hugo Fóscolo Drives), os propulsores de Dobra Espacial apra viagem no Hiperespaço) do planeta Eratis que orbita a estrela de Alpha Centauri-A. Ayla nunca aceitou as condições sub-humanas de sobrevivência em Eratis, na Colônia Mineradora Jaula-de-Ferro. Ayla perdeu seus pais em um acidente nas minas de Foscolium, e como filha única, resolveu abandonar a vida de mineradora e usar o dinheiro do seguro da megacorporação Cenargo (a proprietária das diversas colônias de exploração no planeta Eratis) para comprar uma passagem para a Terra e se alistar nos Fuzileiros Coloniais. Durante os treinamentos Ayla se sobressaiu como uma sniper e assassina, apesar de ainda ter pesadelos com a morte de seus pais (ela estava presente quando uma das minas de Foscolium explodiu).

Perícias: Armas Brancas, Armas de Fogo, Armas de Energia, Luta, Atletismo, Sobrevivência, Furtividade, Concentração, Investigação

____________________________________________

SPACE CTHULHU EP 03 – Aprisionados!

Data: 22 e 23 de Outubro de 2271

Cena 01: Combate Espacial!

Enquanto Deepak, Boris, Ayla e Delta estavam em Moltaris, o Dr. Rammstein, assumindo o posto de capitão, recebe o comunicado de uma nave hostil que se aproxima da nave dos Grey Wolfs, a Boreas. O Dr. Rammstein abriu a comunicação e um soldado totalmente vestido de preto e com um capacete negro que escondia sua face exigiu a rendição da Boreas.

O Dr. Rammstein se recusou, e enquanto ganhou tempo conversando com o capitão da misteriosa nave inimiga, ordenou ao restante da tripulação que disparasse os canhões laser! Entretanto, o computador da nave não respondeu! A transmissão da nave inimiga continha um poderoso vírus de computador que travou todos os computadores da Boreas.

A Nave dos Mercenários!

A Nave dos Mercenários!

Rammstein pediu para Alfred, a A.I. da nave, que passasse para controle manual, ordenando um dos soldados que fosse até a área de mísseis e disparasse manualmente contra a nave inimiga. A andróide Eve investigou os computadores da nave e começou a trabalhar árduamente para eliminar o vírus. Enquanto isso, Deanna, uma soldada Fuzileira Colonial que Rammstein encarregou de cuidar das comunicações, tentava sem sucesso entrar em contato com a tropa que estava em Moltaris. Havia uma nuvem eletromagnética, lançada na nave Boreas a partir da Pirâmide Executiva do Planeta Styx que isolou a nave dos Fuzileiros Espaciais de qualquer comunicação exterior.

A misteriosa nave inimiga conseguiu causar algum dano na Boreas, e como os problemas nos computadores da nave, Rammstein decidiu realizar um salto para o hiperespaço para colocar a nave atrás da Lua Caronte. Logo depois de conseguir acertar alguns mísseis lançados manualmente na nave inimiga, a andróide Eve desativou o vírus ao mesmo tempo em que Dena entrou em contato com a tropa em Moltaris.

A nave Boreas saltou para o hiperespaço, apesar de sofrer um último ataque de canhões de plasma da nave inimiga. A nave dos Fuzileiros Coloniais saiu no hiperespaço atrás da Lua Caronte, a cerca de cinco quilômetros da nave Carl Sagan. Foi a primeira vez que viram a nave Carl Sagan, que, misteriosamente, parecia abandonada, com nenhuma luz interna acesa.

Cena 02: Capturados em Moltaris!

Em Moltaris, Boris e os demais fugiram do Toupeira de Aço junto com Farrad, Bigorna e Samira. Correndo pelas ruas lotadas, os Fuzileiros Coloniais foram perseguidos por vários CorpSecs que foram ao local atendendo a diversos pedidos de socorro. Quando dos CorpSecs que os estavam perseguindo parou para pedir mais reforços, Ayla acertou sua cabeça com um tiro. Isso deu algum tempo para que o grupo fugisse.

Boris recebeu a comunicação de Rammstein sobre tudo que aconteceu na Boreas e sua atual localização atrás da Lua Caronte.

Farrad comentou com os Fuzileiros Coloniais que eles poderia se esconder no Lixão da cidade, uma área gigantesca de dejetos industriais, cujo acesso se dá por gigantescos canos metálicos próximos às ruelas por onde eles estavam fugindo. Farrada apenas advertiu que, nos últimos meses, uma estranha loucura estava abatendo os cidadãos menos favorecidos de Moltaris. Crimes odiondos, assassinos em série e canibalismo se tornaram situações comuns na cidade, nos últimos cinco meses. Farrad ainda disse que esses tipos de crimes hediondos são uma tradição na colônia, mas normalmente só aconteciam periodicamente, uma meia dúzia de crimes e casos de canibalismo a cada década.

Farrad também sugere aos Fuzileiros que eles visitem e conversem com Deanna Solinka, a Presidente do Sindicato dos Mineiradores de Moltaris, pois ela estava investigando a vários meses o desaparecimento da nave Estepona e do seu marido Ivan Solinka e do seu cunhado Peter Solinka. Farrad explicou que a nave Estepona foi a primeira nave da Cenargo que pousou em Caronte para explorar a luga gelada, e que pouco tempo depois, apareceu a nave Carl Sagan. Farrad comentou que existem rumores de que a Estepona está escondida dentro dos hangares da Pirâmide Executiva, e que seus tripulantes estão prisioneiros  nos laboratórios da Cenargo. Isso é tudo que Farrad sabia até o momento.

Porém quando o grupo estava prestes a escapar pelos túneis, dois Spinsters , carros voadores da Polícia da Cenargo apareceram e deram voz de prisão aos Fuzileiros Coloniais pela morte de um policial (o policial Brandon Sarr) que foi morto por Ayla. Os Fuzileiros resistem mas são capturados com uma Rede Eletromagnética, lançada sobre eles dos Spinsters. Os Fuzileiros perdem os sentidos.

Cena 04: Aprisionados pela Cenargo!

Os Fuzileiros acordaram em celas separadas de alumínio transparente, dentro do Presídio da Cenargo, com dois CorpSecs vigiando-os. Pouco tempo depois, a diretora Fredda Bjork, junto com outros diretores da Cenargo chegou no local e informou aos fuzileiros que eles estavam presos devido a morte de um dos policiais CorpSecs de Moltaris e pelo caos que causaram no Toupeira de Aço. Ela também disse que Farrad, Bigorna e Samira estavam presos por terem se envolvido com os fuzileiros e devido a luta ilegal que estava contecendo no Toupeira de Aço.

Bóris e os demais argumentaram contra as acusações, mas Fredda disse que tinha provas em vídeo do ataque contra o policial. Ela informou que eles ficariam na prisão aguardando uma corte marcial, e depois seriam deportados para a Terra.

Nesse momento Bóris tentou atacar mentalmente Fredda, mas fracassou no seu ataque. Fredda, sentindo e reconhecendo o ataque de Bóris por ter tido acesso a sua ficha, declarou que iria colocar mais essa afronta à lista de crimes cometidos pelos fuzileiros. A diretora ordenou um dos guardas a trazer a Doutora Wanda, para neutralizar os nano-robôs cerebrais de Bóris, para depois se retirar com um sorriso nos lábios.

Enquanto esperavam a vinda da enfermeira, os fuzileiros tentavam de alguma forma escapar da cela. As paredes e o chão eram feitos de nanotecnologia, se moldado de acordo com as necessidades do prisioneiro. Delta tentou usar o seu braço cibernético para hackear de alguma forma os nano-robôs da cela, apenas para descobrir que  seu braço havia sido desativado pela segurança dos Corpsecs quando ela estava desacordada.

A enfermeira Wanda chegou junto com dois Corpsecs armados e entrou na cela do Capitão Bóris. Pedindo para ele não reagir, e com os dois Corpsec mirando no capitão, ela se aproximou para injetar algo no fuzileiro. Bóris reagiu e usando Wanda como refém, conseguiu atacar e derrubar os dois soldados. Ele libertou os demais usando a enfermeira (a palma da mão de Wanda abria as celas) no mesmo momento em que um alarme altíssimo soou por todo o presídio!

Cena 05: Fuga do Presídio e os Canibais!

Os Fuzileiros atacaram os primeiros CorpSecs que apareceram na ala de sua prisão, e Delta, hackeando  o painel principal de comando da ala da prisão onde estavam, libertou os diversos prisioneiros do local. Centenas de Canibais enlouquecidos, aprisionados ao longo dos cinco meses anteriores, atacaram as dezenas de Corpsecs que entraram na ala da prisão. Os Fuzileiros lutaram bravamente em meio ao caos criado pelos Canibais e pelos desesperados CorpSecs. Delta, mesmo com um dos braços desativados, consegue entrar no sistema principal da prisão e, usando as plantas digitais do lugar, indica a saída para os demais.

Os Fuzileiros fogem deixando um rastro de corpos pelo chão. Ele conseguem chegar até uma área de depósito de equipamento, onde, de acordo com o computador hackeado por Delta, estavam seus equipamentos de fuzileiros. Enquanto Delta reativava seu braço cibernético, os demais vestiam suas armaduras e discutiam o que deveriam fazer a partir daquele momento.
Delta explicou que eles poderiam usar os tubos de ventilação, cujos planos ela havia baixado para seu cérebro ciborgue para ou sair do presídio, ou ir até o hangar da Cenargo, ou investigar uma certa área da Pirâmide Executiva que estava marcada como “área de segurança máxima” pelo banco de dados.

Nesse momento, no corredor ao lado da sala de depósito onde eles estavam, um enorme Steel-Shark 3TT, um robô de combate enorme com armamento pesado, surgiu, acompanhado por seis corpsecs.

Os Fuzileiros combateram o Steel-Shark com fúria, com Bigorna atravessando o robô com um enorme tubo de aço e Ayla explodindo as pernas do robô com uma granada. Em meio a confusão subsequente, os Fuzileiros escaparam saindo pelos tubos de ventilação da sala de depósito.

Próxima Sessão

No planeta Styx, os Fuzleiros tem que decidir o que farão! Será que eles irão investigar a Área de Segurança da Pirâmide Executiva? Ou será que voltarão para Moltaris? Ou ainda, será que irão até o Hangar da Cenargo para roubar alguma nave? Quem são os misteriosos mercenários que atacaram os Fuzileiros? O que a Cenargo está escondendo sobre as naves Carl Sagan e Estepona? Aguardem novas aventuras de Spaaaaaace Cthulhuuuuuuuuuuu!

_____________________________

FOTOS

Este slideshow necessita de JavaScript.

About these ads

2 Respostas para “SpaceCthulhu 03 – Aprisionados! Reporte+Sessão Gravada+Fotos! (NitroSessions RPG)

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s