SpaceCthulhu 02 – Moltaris,a Cidade de Ferro de Styx! (Reporte+Sessão Gravada+Fotos!NitroSessions RPG!)

Finalmente a primeira sessão de Space Cthulhu! :D A sessão foi muito divertida, e os jogadores estão começando a entrar no clima e a acostumarem-se com os personagens.

DOWNLOAD DA SESSÃO GRAVADA!

NitroSessions – Space Cthulhu 02 – Moltaris! (3 horas e 35 minutos! – 98 MB)

O reporte de sessão está logo abaixo, depois dos personagens!

__________________________________

PERSONAGENS E JOGADORES DE SPACE CTHULHU:

Os jogadores são Fuzileiros Coloniais, a força policial da Federação Intergalática Terrestre nos sistemas estelares das Colonias Espaciais e na terra-sem-lei dos Sistemas Exteriores. O ano é 2271 e vários sistemas estelares ao redor do sistema solar estão colonizados e sendo explorados por recursos minerais e energéticos.

Soldado Deepak Bronson (Tuz)

Deepak Bronson (Tuz)

37 anos, ex-capitão dos Black Tortugas, um esquadrão de Fuzileiros Coloniais famoso por sua sanguinolência durante a Guerra das Colônias (uma revolta contra a Federação Terrestre que aconteceu entre 2047 a 2060, 11 anos antes do começo da campanha de Space Cthulhu). Deepak Bronson é de origem indiana, e teve o seu corpo completamente alterado genéticamente para se tornar um super-soldado das Forças Especiais Interplanetárias Operativas (o F.E.I.O). Ele é alto (1m98) e de fortíssimo, capaz de aguentar ferimentos profundos e dotado de uma frieza impressionante. Deepak possui cabelos negros e lisos, nariz quebrado, o rosto e o corpo cheio de cicatrizes e um enorme queixo quadrado. Ele perdeu o cargo de capitão depois de destruir, por acidente, outro esquadrão de Fuzileiros Coloniais (os Silver Cougars). Sua mãe insiste que ele se transforme em um médico. Deepak é originário de Samoa, e foi criado como um Fafafine, acostumado a vestir roupas de mulher e criado para cuidar dos pais.

Perícias: Armas Brancas, Armas de Fogo, Armas de Energia Luta, Estratégia Militar, Atletismo, Pilotar, Computadores, Sobrevivência

Capitão Boris Krakovisky (Anso)

Boris Krakovisky (Anso)

28 anos, capitão dos Grey Wolfs, o nome do esquadrão das Forças Especiais dos Fuzileiros Coloniais da aventura. De origem russa, Boris trabalhou como piloto da Megacorporation Boeing Interespacial e depois de sobreviver a um terrível ataque de piratas espaciais (os Darkvoids), onde perdeu sua tripulação, decidiu entrar para os Fuzileiros Coloniais. Sua grande inteligência e capacidade de liderança fez com que rapidamente subisse na hierarquia militar. Seu maior temor é de perder seus soldados em combate, assim como perdeu sua tripulação em 2266, pelo ataque dos piratas espaciais Darkvoids (piratas inimigos da Federação Interestelar Terrestre). Boris é alto e careca, olhos azuis, e cicatrizes na cara.

Perícias: Armas Brancas, Armas de Fogo, Armas de Energia Luta, Estratégia Militar, Atletismo, Pilotar, Computadores, Comunicações, Reparos (Mecânicos), Treinamento Mental

Hacker e Especialista Cibernética Delta (Paula)

Delta (Paula)

Cérebro de 46 anos em um corpo clonado de 12 anos. A lendária hacker australiana Delta ficou famosa durante as décadas de 2250 a 2060 por invadir os mais poderosos sistemas de computadores das megacorporações da Federação. Porém, após a Guerra das Colônias, Delta invadiu um sistema da Artificial Life Incorporated onde pretendia roubar uma Inteligência Artificial de nivel Alpha (verdadeira vida artificial, A.I. poderosíssimas, como poderes quase divinos dentro da Starnet, a internet interestelar). Ao entrar em contato com a A.I. , uma entidade feminina de pele azul chamada Shivadrive, Delta foi atacada por uma centena de programas de Black Ice, que fritaram o seu corpo. A Autoridade Interestelar Colonial conseguiu chegar a tempo para salvar o seu cérebro e ofereceu a hacker duas opções: morrer ou se alistar com os Fuzileiros Coloniais. Delta aceitou o acordo e pediu para que seu cérebro fosse implantado em um corpo de um clone seu de 12 anos, a fim de escapar da fúria de suas antigas vítimas de ataques de hacker. Delta é uma bela menina de doze anos de idade, com cabelo longo porém raspado apenas de um lado. Apesar de sua aparência infantil, sua personalidade reflete suas experiências de vida no submundo dos hackers e o uso de tecnologia proibida.

Perícias: Armas Brancas, Armas de Fogo, Armas de Energia, Luta, Atletismo, Pilotar, Computadores, Sobrevivência, Investigação, Gadgeteer, Robótica, Demolição

Doutor Ramstein Hiedel (Leo)

Ramstein Hiedel (Leo)

43 anos, médico alemão. Um gênio da bionanotecnologia, nanotecnologia aplicada a sistemas biológicos, o Doutor Ramstein tinha uma carreira brilhante no mundo acadêmico. Porém, todo o seu conhecimento foi insuficiente para deter uma rara doença degenerativa que acometeu Olda Hiedel, sua amada esposa. Como uma última tentativa de salvá-la, ele copiou todo o cérebro de olga, junto com suas sinapses nervosas, e colocou em um chip, acoplando-o em seu próprio cérebro. Seus colegas, quando souberam do procedimento, o expulsaram do Centro de Ciência Intergalática da União Européia. A fim de continuar suas pesquisas e encontrar uma forma de dar vida novamente a sua esposa, o Doutor Ramstein ingressou nos Fuzileiros Coloniais, aceitando as modificações genéticas em seu corpo e a sua transformação em um PsyCorp, um soldado com poderes telepáticos criados por meio de nanotecnologia cerebral. Seu objetivo é aproveitar as oportunidades de contato com tecnologias proibidas que as missões militares oferecem para reviver sua esposa. Ele pretende criar um cérebro e um corpo artificial complexos o suficiente para descarregar a imagem eletromagnética das sinapses cerebrais de sua esposa, que guarda em um chipe encrustado em seu cérebro.

Perícias: Armas Brancas, Armas de Fogo, Armas de Energia Luta, Atletismo, Medicina, Psicologia, Ciências Biológicas, Pesquisa, Primeiros Socorros

Sniper Assassina Ayla Brent (Mário)

Ayla Brent (Mário)

Nativa de Wotan-4, uma colônia mineradora de Cristais de Foscolium (Ununoctium, Elemento 118, o combustível para os F-Drives (ou Hugo Fóscolo Drives), os propulsores de Dobra Espacial apra viagem no Hiperespaço) do planeta Eratis que orbita a estrela de Alpha Centauri-A. Ayla nunca aceitou as condições sub-humanas de sobrevivência em Eratis, na Colônia Mineradora Jaula-de-Ferro. Ayla perdeu seus pais em um acidente nas minas de Foscolium, e como filha única, resolveu abandonar a vida de mineradora e usar o dinheiro do seguro da megacorporação Cenargo (a proprietária das diversas colônias de exploração no planeta Eratis) para comprar uma passagem para a Terra e se alistar nos Fuzileiros Coloniais. Durante os treinamentos Ayla se sobressaiu como uma sniper e assassina, apesar de ainda ter pesadelos com a morte de seus pais (ela estava presente quando uma das minas de Foscolium explodiu).

Perícias: Armas Brancas, Armas de Fogo, Armas de Energia, Luta, Atletismo, Sobrevivência, Furtividade, Concentração, Investigação

OUTROS MEMBROS DOS GREY WOLFS

Soldados Fuzileiros Coloniais

Andon Tersell

Atheth Reson

Chrene Evart

Clinton “Piolho” Waite

Conrad Miller

Debra “Tremedeira” Hernes

Debra Rison

Dena Hilly

Dwight Thurston

Emerson Grosvenor

ANDRÓIDE EVE

Andróide Eve

Andróide Eve

Uma andróide Zen-4356-B que serve como apoio aos Grey Wolfs. Ela é alta, loira e muito bonita. Possui inteligência artificial nível beta, é fria e extremamente racional.

ALFRED A.I.

Alfred A.I.

Alfred A.I.

A inteligência artificial da nave. Com uma personalidade de velho britânico, Alfred tem um senso de humor irônico.

_________________________________________

SPACE CTHULHU EP 02 – Perigo em Moltaris!

DOWNLOAD DA SESSÃO GRAVADA!

NitroSessions – Space Cthulhu 02 – Moltaris! (3 horas e 35 minutos! – 98 MB)

Data: 26 de Agosto a 22 de Outubro de 2271

Cena 01: Pancadaria no Bar Blue Velvet (Terra)

Depois de serem dispensados pelo Comandante Caladan Brood, os Grey Wolfs resolveram relaxar no famoso bar de Fuzileiros Coloniais de MegaCity, o Blue Velvet. Lá, depois de algumas bebidas, um grupo de Silver Cougars provocaram Deepak chamando o de “Carrasco de Cygnus”, a batalha da Guerra Colonial onde Deepak, comandando os Tortugas, destruiu por acidente um destacamento dos Silver Cougars.

Deepak estava com um vestido negro feminino, de acordo com sua criação como fafafine em Samoa, o filho mais novo é criado e acostumado a usar roupas de mulher para cuidar dos pais no futuro, apesar do Deepak ter abandonado isso para virar um Fuzileiro Colonial, ele ainda manteve o costume. Ao invés de responder, Deepak sentou porrada nos soldados e uma grande confusão começou no Blue Velvet. O Capitão Bóris conseguiu colocar ordem no local e os PdJs se recolheram.

Cena 02: Embarque na Nave Boreas

No dia seguinte, os Grey Wolfs foram embarcar na Nave Boreas, encontrando-se com Eve, a andróide designada para eles. Eve demonstrou tensão ao lidar com Dela (que costuma invadir sua mente para fazer piada, como forçar a andróide a apenas cantar músicas dos Beatles ao invés de falar), e os PdJs comentaram sobre a última missão em Cavum 4, contra os Piratas Mercenários Dark Voids, onde Deepak exagerou na sanguinolência.

O Dr. Rammstein discutiu com Eve sobre uma de suas bagagens, que contém dispositivos de proteção contra os sensores da nave, fazendo mistério sobre isso. O Capitão Boris liberou a entrada dessa bagagem secreta de Rammstein.

Os PdJs, que são oficiais, encontraram os demais soldados dos Grey Wolfs, dez recrutas recém vindos das tropas de assalto da Autoridade Colonial. Os recrutas são os seguintes:

Soldados Fuzileiros Coloniais membros dos Grey Wolfs

Andon Tersell

Atheth Reson

Chrene Evart

Clinton “Piolho” Waite

Conrad Miller

Debra “Tremedeira” Hernes

Debra Rison

Dena Hilly

Dwight Thurston

Emerson Grosvenor

Em seguida eles partiram para a viagem, onde passariam dois meses em hibernação.

Cena 03: Pesadelos do Hipersono e Chegando ao Sistema de Gamma Leporis

Os heróis, quando estavam próximos a acordar do hipersono começaram a ter pesadelos horrendos. Deepak sonhou que havia entrado em uma universidade de medicina (a obsessão de sua mãe) que se transformou em uma espécie ruínas antigas cobertas de gelo, com algo gigantesco o perseguindo. O Dr. Rammstein sonhou com vermes consumindo milhares de clones de sua esposa falecida, Ayla sonhou com seus pais mortos nas minas de foscolion (o cristal que propulsiona as naves espaciais) gritando algo sobre um “olho no céu”, enquanto Delta sonhou que Eve (a Andróide da nave) a estava programando para em seguida se transformar em um monstro que tentava colocar tentáculos em seu cérebro. E o capitão Bóris sonhou com o Comandante Drake, seu rival, gritando para ele não ir para Gama Leporis, depois de se decompor como se estivesse podre.

Eve acordou todos os fuzileiros e comentou que todos os que estavam no hipersono haviam sofrido com os pesadelos. Em seguida, os oficiais e os soldados, depois de vomitarem bastante após a viagem, foram tomar um desjejum. Os soldados ficaram sob tensão quando Deepak resolveu comer com eles, enquanto Ramnstein brincou com o soldado Clinton, fazendo-o sentir uma coceira nas costas.

Depois de uma cena hilária no banheiro, com os soldados morrendo de medo de Deepak, os Grey Wolfs se prepararam para aterrisar em Moltaris. Eve e o Capitão Boris fazem uma reunião com toda a tripulação da Boreas, explicando a situação.

Moltaris é uma cidade mineradora de Foscolium no Planeta Styx. A cidade possui cerca de cem mil habitantes, é dividida em diversas e gigantescas cúpulas metálicas (o planeta não possui ar respirável) e controlada de perto pela Cenargo. Existia uma rivalidade e conflitos entre os mineiros e o Sindicato dos Mineiros de Moltaris com a Cenargo.

A Cenargo possuía uma base em uma gigantesca pirâmide, chamada de Pirâmide executiva, próxima à cidade de Moltaris. O Capitão Bóris decidiu enviar o Space Pod (uma pequena nave de transporte) da Boreas na área da Cenargo, apesar da Cenargo ter negado o pouso. O Dr. Rammstein decidiu ficar na nave, enquanto os demais, juntos com quatro soldados, desceram até Moltaris. Moltaris fica no Planeta Styx, que possui uma lua chamada Caronte. A Carl Sagan está orbitando a Lua Caronte.

Cena 04: A Diretora-Chefe da Cenargo-Styx, Fredda Bjork

Ao chegar em Moltaris, os Grey Wolfs foram recebidos por uma tropa de 10 Corpsecs apontando armas para suas cabeças. Comandando os Corpsecs estava Fredda Bjork, a diretora da Cenargo. Hostil, ela exigiu que os Grey Wolfs retornassem imediatamente. Depois de uma negociação tensa, a diretora permitiu que os Grey Wolfs fossem até a Carl Sagan e a resgatassem, desde que não fossem em Moltaris e interferissem nos assuntos da Cenargo.

O grupo conversou entre si e decidiu ir até Moltaris, contrariando Fredda.

Cena 05: Moltaris a Cidade de Ferro e seu líder Farrad Hassam!

Chegando em Moltaris, os Grey Wolfs foram abordados por Prego, o mecânico-chefe das naves dos mineiros. Prego, achando que os Grey Wolfs vieram representando a Autoridade Colonial e estavam ali para acabar com os abusos dos CorpSecs da Cenargo que policiam a cidade, os levou por Moltaris até o bar-arena ilegal Toupeira de Aço. No caminho, os Grey Wolf puderam ver a cidade, dentro de cúpulas gigantescas de metal e com prédios feitos de aço meio enferrujado. Eles passaram por um protesto do Sindicato dos Mineiros em frente à Central Cenargo de Administração, mas não resolveram se aproximar.

Cena 06: O Misterioso Sinal de Rádio vindo da Lua Caronte

Dentro da nave, Dr. Rammstein continuava suas pesquisas para criar um vírus que facilitasse seu contato cerebral com outras pessoas. Eve interrompeu o doutor avisando que estavam captiando um sinal de rádio vindo da Lua Caronte, e que nada havia sido captado da nave Carl Sagan. O Dr. Rammstein foi até a ponte de comando e escutou o sinal, um som estranho. Ao mesmo tempo, tanto o Dr. quanto os demais soldados da tripulação sentiram fortíssimas dores de cabeça, desmaiando logo em seguida. Minutos depois, o Dr. Rammnstein acordou, e após examinar os demais soldados, concluiu que um pulso magnético fortíssimo foi emitido contra a nave Boreas, vindo junto com as ondas de rádio. O pulso causou um pouco de dano cerebral nos soldados, mas ele, com seus nano-robôs neuronais, conseguiu resistir.

Cena 07: Farrad Hassam, o Mineiro-Chefe de Moltaris e seu Filho Bigorna Joe!

Ao chegar no Toupera de Aço, Deepak, Ayla, Delta e Bóris, junto com os soldados Dwight, Clinton, Debra Tremedeira e Emerson viram que era uma espécie de arena clandestina de vale-tudo espacial. Centenas de pessoas se aglomeravam para ver dois brutamontes lutando, um deles com bigornas no lugar de mãos. Prego, o mecânico-chefe de Moltaris, levou o grupo para a mesa de Farrad Hassam, um senhor obeso de feições árabes e com um gigantesco pitbull geneticamente alterado e com maníbulas de aço ao seu lado (o nome do cachorrinho monstro é Focinho).

Farrad se alegrou ao ver os Grey Wolf, achando que tinha ido até Moltaris atentendo um pedido antigo do Sindicado dos Mineiradores. Seu filho Bigorna Joe (um monstro de músculos e genética ilegal de dois metros de altrua), depois que vencera o combate de vale-tudo espacial, foi até mesa e se estressou com Deepak, pois queria saber onde comprar um batom igual ao que Deepak usa. O Capitão Bóris enviou Clinton e Emerson para vigiar a entrada do Toupeira de Aço, e em seguida, os heróis foram até o escritóriod e Farrad.

Cena 08: Emboscada no Toupeira de Aço!

Farrad se estressou ao saber que os Grey Wolfs não estava lá para expulsar os Corpsecs da Cenargo de Moltaris, mas depois de uma negociação, ele concordou em ajudar os Fuzileiros Coloniais a descobrirem o que aconteceu com a nave Carl Sagan. Farrad mencionou que antes da Carl Sagan aparecer, a nave mineradora Estepona estava explorando a Caronte, a lua gelada do planeta Styx. A nave Estepona foi trazida devolta para Styx dias depois que a nave Carl Sagan chegara, mas seus tripulantes não voltaram para Moltaris.

Os Soldados de Preto

Os Soldados de Preto

Farrad fala que os Fuzileiros Coloniais deveriam entrar em contato com Deanna Solinka, presidenta do Sindicado dos Mineiradores. Seu marido Ivanov Solinka e seu cunhado Peter Solinka faziam parte da tripulação da Estepona, e desapareceram junto com a nave, há mais de três meses. Deanna Solinka estava investigando o desaparecimento do seu marido e tinha pedido ajuda para Farrad.

Nesse momento Farrad apresentou Samira, sua bela filha, que trouxe chás para os Fuzileiros. Bóris começou a fazer novas perguntas quando uma enorme explosão derrubou a porta de ferro do escritório de Farrad. Soldados de armadura e capacete negros, sem nenhuma identificação, entraram na sala e começaram a atirar nos Fuzileiros Coloniais.

Os Fuzileiros entraram em ação, matando os três soldados que entraram no escritório. Porém ao tentar sair do escritório eles viram, em meio ao caos que tinha tomado o bar Toupeira de Aço, mais dez soldados todos de preto seguindo em direção ao escritório de Farrad. Além disso, eles viram Clinton e Emerson, que haviam ficado na porta, sendo levados presos por CorpSecs.

O combate continuou de maneira violenta, com um dos Soldados de Preto fazendo Samira de refém. Bigorna conseguiu salvar sua irmã, enquanto os Grey Wolfs procuravam uma maneira de sair do Toupeira de Aço!

Epílogo: Ataque à nave Boreas!

Enquanto isso, o Dr. Rammstein foi alertado por Alfred, o computador da nave, que uma nave de guerra não identificada estava rumando em direção à Boreas, com suas armas de plasma carregadas! A nave de guerra saiu do hangar da Pirâmide Executiva da Cenargo!

Próxima sessão!

O que irá acontecer com os Grey Wolfs? Que segredos os aguardam em Moltaris? Quem são os Soldados de Preto? Será que o Dr. Rammstein e seus soldados conseguirão sobreviver ao ataque da misteriosa nave de guerra? Aguardem os próximos capítulos de Spaaaaaace Cthulhuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!

FOTOS

About these ads

10 Respostas para “SpaceCthulhu 02 – Moltaris,a Cidade de Ferro de Styx! (Reporte+Sessão Gravada+Fotos!NitroSessions RPG!)

  1. Que saudade que eu estou da campanha de Supers!!! Pararam ela? Quando terão mais postagens!

  2. Parabéns mais uma vez pelos relatos de campanha, eles são tão bons que se tu escrevesse um livro a partir deles compraria todos!
    Os relatos são tão legais que não são de parabenizar, são de agradecer!

  3. Tio nitro eu gostaria de saber como funciona a questão do tempo na narrativa…como eu posso fazer para calcula-lo…se a uma transformação que dura meia hora ou um dia.
    A velocidade também em kmh no +2d6.se um pdj voa 32 khm como vou usar isso no combate ou narrativa?

    E se pdj faz um dano localizado a no braço-4 cd12.se ele tira 13,posso dizer que ele acertou porque foi mais 12, mas não braços por causa da penalidade de -4?
    E o alcance das armas ou poderes como posso utilizar isso na narrativa ou combate. Poderia explicar me com exemplos…
    Por último uma situação de combate.como eu, caso tivesse poderes das plantas como vantagem ,faria para criar uma planta venosa e atacar o inimigo.
    Peço desculpas…mais perecem coisas complexas para mestres iniciantes. Tudo +2d6

  4. johnata, o melhor é ao invés de gastar tempo calculando, usar o que mais cabe na narrativa, usando o bom senso. Você pode usar as penalidades sugeridas para ter uma noção, mas se o clima da aventura é mais de herói, você pode reduzir. -4 é uma penalidade muito alta, só aplique se for necessário mesmo. No caso de poderes de plantas, apenas role 2d6 + o bônus de ataque (normalmente seria o nível do poderes de plantas + um atributo básico, tipo Int ou Sab) contra um número alvo determinado pelo mestre ou contra 2d6+CON do inimigo. Se tirar maior vc acertou e rola o dano. O dano normalment é o valor da vantagem em d6, se for vantagem nível 3 por exemplo, são 3d6 de danos. Os efeitos extras depende da descrição da vantagem. Espero que tenha ajudado, um abraço!

  5. Cara Parabéns pelo seu trabalho, eu não conhecia o blog mas agora estou usando muito. novamente Parabéns pelo trabalho. …

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s