Dicas de RPG do Tio Nitro: Preparando Campanhas! (Space Cthulhu, Horror no Século 23)

Atualmente estou preparando uma nova campanha de rpg para o meu grupo, que batizei de “Space Cthulhu”. Será uma campanha de horror e ação, onde os jogadores farão Colonial Marines (Fuzileiros do Espaço) e enfrentarão os horrores cósmicos pelo espaço. Assim pensei em fazer alguns posts sobre essa campanha e o que eu faço para preparar os jogos.

SELECIONANDO O CENÁRIO, ESBOÇANDO A CAMPANHA E SELECIONANDO O SISTEMA

A primeira coisa que faço quando crio uma campanha para meus jogadores é selecionar ou criar um cenário para as aventuras. No caso do Space Chtulhu, eu escolhi o cenário de Cthulhu Rising, uma publicação da Chaosium para aventuras de Call of Cthulhu no século 23. O suplemento tem um site oficial, o http://www.cthulhurising.co.uk/ que também possui muito material gratuito e suplementar do cenário para baixar. Até mesmo a aventura que irei mestrar será uma adaptação da campanha Spaced Marines http://www.cthulhurising.co.uk/downloads.php?page=campaign_sm  mas com muitas modificações que pretendo colocar.

A vantagem de se usar um cenário já pronto é que reduz o meu tempo de preparação, que já é muito pequeno!

Depois de selecionar o cenário, li o Cthulhu Rising e já comecei a anotar o que achei legal e que posso usar na minha campanha. Cthulhu Rising descreve um universo muito parecido com a ambientação dos filmes Alien e Aliens, com megacorporações assumindo o comando da exploração espacial e com guerras entre o governo terrestre (que controla o Sistema Solar) e as Colônias de sistemas estelares vizinhos. O cenário possui viagem interestelar, andróides, naves gigantescas, engenharia genética e inteligência artificial bem avançadas. E é claro, os deuses e monstros dos mundos de Lovecraft (Cthulhu e cia.).

Em seguida, li todas as aventuras da campanha Spaced Marines e comecei a esboçar como seriam as aventuras, já alterando de acordo com o estilo de jogo dos meus jogadores. Como as aventuras originais tinham o horror um pouco controlado, aumentei mais as cenas de horror tremendo e de pancadaria, para seguir a proposta do Space Cthulhu em um esquema mais parecido com o filme Aliens 2. Nessa hora eu começo a imaginar que tipo de personagens os jogadores poderiam fazer e que encaixaria bem nesse tipo de campanha.

Gosto de passar uma estrutura básica de tipos de personagens, principalmente em campanhas de horror, pois isso ajuda muito na condução da aventura e no maior dilema que os mestre de rpgs de horror contemporâneo possuem: como juntar todos os PdJs (Personagens dos Jogadores) e fazer com que eles trabalhem juntos! No caso do Space Cthulhu, decidi que todos os personagens, além de suas especializações (médico, cientista, hacker, etc.) seriam Colonial Mariners, os Fuzileiros Espaciais do Governo Espacial Terrestre que são enviados para resolver encrencas nas colonias espaciais. Assim, além de serem treinados em áreas técnicas, eles também são treinados na pancadaria, e tem seus corpos alterados genéticamente para a porrada! :D É claro que diante de um Deus Ancião de sessenta metros de altura, nada de genética ajuda!

Como sistema de regras vamos usar o +2d6 http://newtonrocha.wordpress.com/sistema-de-rpg-2d6/ é claro! Será a primeira vez que uso o meu sistema em um cenário futurista. Como os Colonial Mariners são feitos para a pancadaria, cada personagem terá +30 PVs extras, ao invés dos +10 que uso para humanos. Além disso, os Colonial Mariners terão Power Armors, armaduras estilo Starcraft-Warhammer que poderão usar em missões no espaço sideral ou em planetas de atmosfera não amigável! Vai ser doidimais!

 

CRIANDO OS PERSONAGENS

Antes de uma campanha mais longa, eu costumo gastar uma sessão de jogo na criação dos personagens dos jogadores. Nessa sessão de jogo, todo mundo participa coletivamente da criação dos personagens, dando sugestões, idéias, históricos etc. O legal disso é que ajuda a criar um grupo de personagens mais coeso, com ligações entre os PdJs  e com os PdMs (Personagens do Mestre) que serão sementes de histórias futuras. Irei gravar a sessão de criação de personagens e em seguida eu posto aqui no NitroDungeon.

Durante a sessão de criação de personagens, faço pelo menos uma cena de interpretação com cada jogador, usando os demais jogadores como personagens coadjuvantes. Essas cenas podem ser eventos no passado ou uma última cena antes do personagem partir na missão. Podem ser cenas de traumas do passado ou segredos terríveis. No caso de Space Cthulhu, disse para os jogadores que eles deveriam criar ou imaginar personagens que tenham segredos terríveis, traumas horrendos no passado. Esses elementos serão explorados durante a campanha Space Cthulhu. Os jogadores saberão dos segredos dos demais personagens, apesar dos seus personagens desconhecerem os segredos. Já mestrei jogos onde os jogadores não sabiam dos segredos dos personagens de outros jogadores, mas na minha experiência funciona melhor com todos os jogadores tendo consciência do da psicologia dos demais PdJs. Isso ajuda a dar mais drama na história e evita confusões.

 

OUTROS DETALHES

Ao preparar uma campanha gosto também de fazer anotações e pegar inspirações de cenas e eventos que gostaria de ver na aventura. Sempre defendo a idéia que para você improvisar bem tem que se preparar muito (apesar de também ser contra um excesso de preparação, o que também prejudica um jogo). O idela é manter um equilíbrio entre preparação e improvisação. Uma das chaves é abrir espaços para improviso ou deixar elementos importantes da aventura a serem resolvidos, por exemplo, criar momentos onde os jogadores terão que decidir entre se aliar com um ou com outro PdM.

Um diário de campanha e um diário de preparação também são essenciais para dar uma estrutura legal para uma campanha. Em uma sessão, os jogadores tomam várias decisões que tem que gerar consequências e mudar os rumos da história. Por isso eu advogo a preparação de campanhas e aventuras, uma das coisas mais legais do RPG é ver como os jogadores alteram e distorcem a visão da campanha que tive durante a preparação! :D

Assim, em breve, começo a postar aqui a Campanha Space Cthulhu! :) Aguardem!

E vocês, como fazem para preparar uma nova Campanha de RPG?

 

About these ads

12 Respostas para “Dicas de RPG do Tio Nitro: Preparando Campanhas! (Space Cthulhu, Horror no Século 23)

  1. Nossa incrivel! Além de me ajudar a preparar campanhas futuras, me deu ideias para incrementar o jogo Eximius (um cénario que estou criando para o seu sistema, o +2d6).
    Só tenho uma dúvida, nesse caso os pontos de Atributos também aumentam?

  2. Eae Tio Nitro…
    Eu pra me preparar, leio muito sobre o que vou mestrar, assisto filmes, faço anotações de cenas legais para incorporar na aventura…crio alguns Pdms e esboço topicos do que pode acontecer, assim não perco muito tempo com a preparação…já em relação as Pjs eu deixo eles livres para criar, assim enquanto eles criam eu já vou imaginando como junta-los…algumas vezes esse jeito sai um pouco fora do controle, mas consigo junta-los de forma legal e harmonioza…

    Abraço Tio Nitro…espero + dicas doidimais!!!!!!!

  3. Obrigado pelos comentários!

    @lukas – Como na campanha vai ter psiônicos, vou usar o atributo Poder, assim serão 7 atributos, dando 25 pontos de Atributos. Com 25 pontos de Atributos dá para fazer personagens bem durões!

    @khaelos – Valeu! :)

  4. psiônicos! Legal, to afim de usa-los, como serão as regras de psionismo para +2d6? Ah e aproveitando o embalo, ja pensou em escrever um suplemento assim pro +2d6?

  5. Fala Tio Nitro, normalmente eu preparava minhas aventuras apenas pensando no básico do que eu queria para aquela seção de jogo. Tenho sentido uma queda na qualidade dos meus jogos (que na verdade parece ser mais uma percepção melhor da minha parte), por não ter algo bem estruturado. Agora estou tentando preparar melhor as aventuras tentando dar ao meu grupo a qualidade de jogo que eles merecem. Suas dicas estão sendo muito bem vindas e ajudando muito.
    Obrigado!

  6. Pingback: Dicas de RPG do Tio Nitro: Como introduzir novos cenários e jogos de RPG para seus jogadores! « Nitro Dungeon·

  7. Estou com a ideia de narrar algo futurista Cthulhesco desde que vi o video daquela sombra “se alimentando” do sol. Mas tava pensando em algo mais Alien, menos Starcraft.

    Vou dar uma lida nesse Cthulhu rising, valeu pela dica Tio!!

  8. É interessante notar as diferenças de estilo entre mestres, né?

    Coincidentemente, também estou preparando uma campanha espacial de Cthulhu também baseada no Cthulhu Rising. Mas, pelo que posso ver, as minhas inspirações e estilo de preparação são bem diferentes das do Nitro.

    Por exemplo, enquanto o Nitro vai usar como base o Aliens e a ideia de Mariners, eu vou mais para uma linha Alien, Event Horizon e Sunshine (além do sistema, pois o Nitro vai usar o seu +2d6 e eu vou de Call of Cthulhu mesmo).

    Outra diferença bem marcante é a organização. Eu tenho um estilo de improvisação quase total, levo comigo apenas algumas notas esparsas e vagas no meu Evernote, já o Nitro tem todo um esquema de preparação prévia que sou irresponsável demais para ter também.

    No mais, vai ser muito legal ver como as duas campanhas irão de desenvolver.

    Fhtagn para todos aí!

  9. Pingback: Space Cthulhu – Introdução para os Jogadores (Tio Nitro Adventures) « Nitro Dungeon·

  10. @fabiano – Valeu! Na verdade, essa aventura tem uma parte de investigação pesada e uma parte de pancadaria e desespero espacial estilo Aliens 2. :) Fico aguardando os seus reportes de sessão! :D

  11. Respondendo a sua última pergunta, eu crio uma linha de história, exemplo: ponto inicial, momentos importantes e final, claro que tudo pode mudar, mas graças a Deus tenho como ponto forte a criatividade e consigo contornar tudo, o unico problema disso é que acabo levando o jogo para algo mais interpretativo somente deixando um pouco de lado a pancadaria, tenho que me atentar a isso. Faço tudo de cabeça, mas admito que isso as vezes me atrapalha.

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s